WordPress database error: [You have an error in your SQL syntax; check the manual that corresponds to your MySQL server version for the right syntax to use near '' at line 1]
SELECT count(*) FROM pfs_post_like_rate WHERE post_id =

Fabiana Scaranzi

880 MATÉRIAS 59 comentários

    0 584

    Veja o que é possível deduzir do seu Imposto de Renda e diminuir o impacto no seu orçamento


    shutterstock_348759857-min-780x640

    Sabia que prazo para a entrega da declaração de Imposto de Renda 2017 vai até o dia 28 de abril? Tempo de sobra você tem e nada melhor do que se preparar com antecedência, né? Porém, vale a pena ficar de olho também nas deduções, assim você diminui o impacto do imposto sobre o seu orçamento.

    Se você não sabe muito bem o que são as chamadas despesas dedutíveis, eu explico: elas são gastos que ajudam a reduzir a base de cálculo do Imposto de Renda, fazendo com que você pague menos importo ou tenha direito a restituição.

    Teve poucos gastos dedutíveis em 2016? Então o melhor é optar pela declaração simplificada e ter direito a uma dedução de 20% do total dos rendimentos tributáveis. Agora, se no ano passado você teve gastos altos, principalmente com saúde, educação e dependentes, o melhor é optar pela declaração completa e abater o máximo que puder.

    Dá uma olhada nos principais itens que devem ser abatidos do seu Imposto de Renda:

    1. Dependentes (veja no site da Receita Federal quem faz parte dessa lista)
    Tem filhos, enteados ou é responsável por pessoa completamente incapaz? Eles devem ser incluídos na declaração para reduzir o valor pago. O limite de dedução com dependentes é de R$ 2.275,08 para cada um. O que se você incluir além desse valor são outras despesas, como instrução e saúde, que são lançadas no sistema em outras “fichas” do programa. Vale lembrar também que a partir de 2017 obrigatória a apresentação do CPF para a declaração de dependentes menores de 12 anos.

    2. Pensão alimentícia
    Dá para deduzir os valores pagos em pensão alimentícia se você tiver guardado os documentos relativos à fixação da obrigação, os dados do beneficiário e como deve ser satisfeita a obrigação. Ao pagar a pensão alimentícia, se você tiver registro em carteira, o desconto será feito em folha de pagamento e a informação aparecerá no informe de rendimento fornecido pela empresa.

    3. Educação
    Também é possível deduzir do Imposto de Renda as despesas com educação tanto suas, quanto dos seus dependentes. Nesse quesito, sem encaixam: ensino infantil, fundamental, médio, profissional (técnico e tecnológico) e superior (graduação e pós-graduação). Se a despesa com educação for superior ao limite antes indicado (conforme o pagamento da mensalidade e anuidade escolar), o sistema só levará em conta o valor limite. Mas nada de lançar o valor errado, hein? Informe o valor correto, assim se a despesa com instrução for de R$ 6 mil, por exemplo, essa importância deve ser lançada na declaração.

    imagens_10420151549240

    4. Despesas médicas
    Gastos com saúde também podem ser deduzidos integralmente do seu Imposto de Renda quando relacionados a tratamentos próprios e de dependentes. Para fazer valer a dedução, é preciso comprovar o gasto através de recibo ou nota fiscal, ou pedir aos profissionais de saúde a DEMED (Declaração de serviços e atividades médicas e correlatos). Podem ser consideradas despesas médicas ou de hospitalização qualquer pagamento feito a médicos, dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, hospitais e despesas com exames laboratoriais, serviços radiológicos, aparelhos ortopédicos, próteses ortopédicas e dentárias.

    5. INSS de empregado doméstico
    O empregador também pode deduzir a contribuição patrona paga em 2016 à Previdência Social. Nesse ano, o limite é de R$ 1.093, 77.

    6. Contribuições à Previdência Social e Complementar
    Contribuições feitas à Previdência Social, descontadas de rendimentos isentos ou recolhidas na condição de autônima, podem ser deduzidas sem limites. No caso da Previdência Complementar, estão autorizadas deduções das contribuições realizadas por meio de plano PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e Fapi (Fundo de Aposentadoria Programada Individual).

    7. Doações a programas incentivados
    Sabia que doações realizadas a programas incentivados também podem ser abatidas do Imposto de Renda? Fazem parte dessas deduções contribuições relativas ao Estatuto da Criança, Fundos do Idoso, Incentivo à Cultura, Audiovisual e Esporte. A dedução fica limitada ao máximo de 6% do imposto de devido. Para saber mais, acesse o site DeduzIR.me

    Fim das dúvidas?

    Bjs,
    Fabi Scaranzi

    **Fontes: Receita Federal e financasfemininas.uol.com.br

     

    0 736

    Já notou como os casamentos têm acabado cada vez mais cedo? Entenda os motivos e como fazer para blindar a sua relação


    Q8NF5YB-1500x750

    Você já deve ter passado por isso: durante uma conversa com amigas alguém solta: “Sabia que fulana e ciclano já separaram? O casamento não durou nem dois anos”.

    Pensando um pouco sobre o assunto, fica impossível não se perguntar: por que será que os casamentos atuais têm durado tão pouco, principalmente quando comparamos com a relação duradoura de nossos pais e avós?

    Conversando com a terapeuta de casal e familiar, Lana Harari (SP), descobri que muitas pessoas veem no casamento dos pais uma relação idealizada, mas que, apesar de serem cúmplices, muitos passaram por dificuldades no começo da relação e ainda assim decidiram continuar juntos. “Ninguém sabe se atualmente esses casais de longa data são realmente felizes e estão satisfeitos, ou se a escolha de estarem junto é feita todos os dias. Muitos, inclusive, deixam de lado a relação conjugal, aquela que inclui o sexo e a cumplicidade, para viverem apenas a relação familiar, colocando à frente a felicidade dos filhos”, explica.

    Primeiro, de acordo com a terapeuta, é preciso ter em mente que um casamento duradouro não significa necessariamente um casamento feliz. É aí que vem a pergunta: prefiro viver uma relação infernal ou viver sozinha? Lembre-se que vínculos afetivos sempre vêm acompanhados de conflitos. Os valores, expectativas, sonhos e hábitos podem ser diferentes e nem sempre esses vínculos comportam os conflitos e as incompatibilidades.

    Os casamentos no século XXI
    Talvez, a principal diferença entre os casamentos antigos com os de atualmente é que o casal já não é mais dependente um do outro financeiramente. Pelo contrário! “Já faz anos que a idade conjugal não define mais a mulher, mas sim se ela trabalha, se tem recursos próprios para se sustentar e liberdade para tomar as decisões que desejar”, explica Lana.

    E se hoje, graças ao empoderamento feminino (aliás, sabia que a palavra “empoderamento” foi a mais procurada nos dicionários online em 2016?), as diferenças de gênero vem aos poucos diminuindo não apenas no ambiente de trabalho, mas também dentro de casa – quem disse que o homem não pode cozinhar enquanto a mulher cuida das finanças? – fica mais fácil tomar coragem para jogar tudo pro alto e priorizar a liberdade de ir atrás de suas metas, focos e sonhos sem ter alguém podando seus atos e te colocando limites.

    Sthepany Brito e Alexandre Pato: casamento só durou um ano

    Sthepany Brito e Alexandre Pato: casamento só durou um ano

    Namoro x casamento: duas realidades bem diferentes
    Como é comum ouvir casos de pessoas que namoraram há 7, 10 anos e não conseguiram ficar nem um ano casados. Por que será? Lana Harari explica: no casamento aumentamos nosso grau de expectativa sobre o outro e aquela atenção seletiva do começo do namoro vai dando espaço às características reais”.

    Já ouviu falar em atenção seletiva? É ela quem te cega lá no comecinho do relacionamento e faz você só enxergar as qualidades do parceiro. Para a terapeuta, entretanto, essa atenção seletiva é extremamente necessária, senão, se tivéssemos uma visão realista do parceiro desde o começo, jamais formaríamos esse vínculo tão necessário para a relação.

    É com a chegada do casamento que vem as expectativas, sejam elas conscientes ou inconscientes. Por exemplo: enquanto algumas mulheres afirmam que querem crescer na carreira e formar com o marido um casal poderoso, inconscientemente elas desejam que o homem seja o provedor e assuma a maioria das responsabilidades da casa. No caso dos homens, enquanto muitos desejam uma relação fraternal com a esposa (ser cuidado e zelado diariamente), inconscientemente ele espera que a mulher seja independente e não recorra a ele sempre que surgir um problema. Difícil, né? E tem mais!

    Além desses desejos conscientes e inconscientes (que variam de pessoa pra pessoa), é no casamento que se descobre as pequenas diferenças, seja na divisão de tarefas domésticas, nos hábitos, valores e até na divisão do espaço – onde fumar, qual canal de televisão assistir, se a luz deve ou não ficar acesa na hora de dormir… “Essa co-habitação pode gerar conflitos entre os diferentes jeitos de ser e nem sempre o casal tem maturidade para relevar manias e ceder vontades”, diz Lana.

    bonner-fatima21

    Já William Bonner e Fátima Bernardes ficaram juntos por 26 anos

    Casamentos em crise! Atenção para as dicas da especialista
    Casou há poucos anos e já vê sinais de uma crise conjugal se aproximando? Calma! Talvez vocês só estejam passando por uma fase de adaptação. “A fase de estranhamento pode demorar bastante. Já vi casos de crises que duraram mais de 10 anos. É preciso entender que isso é natural em qualquer novo casamento e que, para fazer a relação dar certo os dois precisam se redescobrir e redefinirem o que querem e no que se transformaram, dentro e fora do relacionamento”, diz Lana. Com as novas metas e vontades determinadas, chegou a hora de firmar um novo “contrato de casamento” – conversa franca sobre o que querem um do outro e como vão fazer, para juntos, alcançarem suas metas como casal.

    Lana Harari cita ainda uma lista de pequenas atitudes indicadas por especialistas que ajudam (e muito!) a manter os casamentos saudáveis e felizes. Dá uma olhada:

    Melhorar a comunicação de forma que ela seja clara e livre de ofensas
    Se esforçar para melhorar a vida sexual
    Esclarecer, através do diálogo, as expectativas iniciais e construírem juntos projetos comuns
    Focar na individualidade e separar projetos pessoas dos conjugais
    Saber ceder e fazer concessões
    Se esforçar para cultivar a vida social
    Ter paciência para lidar com a rotina
    Dar ao outro gestos de atenção constantes (desde elogios até palavras de encorajamento)
    Harmonizar as tomadas de decisão conforme as aptidões de cada um (quem é melhor em finanças cuida das contas da casa, enquanto o outro, mais criativo, planeja as viagens e eventos sociais)
    Estar sempre consciente de que a vida está cheia de imprevistos e que é preciso estar reinventar seu casamento constantemente com base nesse conhecimento.

    Quando vale a pena procurar terapia?
    “O mais rápido possível”, garante Lana Harari, afinal, quando acaba a atenção seletiva, fica difícil fazer o casamento ir pra frente. E não pense você que uma hora de terapia apenas resolve? O trabalho precisa ser constante, principalmente dentro de casa. “Só depois de casados é que você descobre que é impossível não ter conflitos e que filho não conserta uma relação com problemas”, ressalta a terapeuta. Por isso a importante de se redescobrir todos os dias, não apenas como mulher, mas como esposa, companheira e melhor amiga.

    Bjs,
    Fabi Scaranzi

    0 689

    Algumas mulheres, mesmo depois de anos de relação, ainda sentem dor durante a relação sexual. Saiba já os motivos do desconforto e como amenizar o problema


    dor-relacao

    Sabia que sentir dor durante a relação sexual é mais comum do que se imagina? Pesquisas revelam que 1 em cada 5 mulheres sentem dor no momento da penetração. Bastante, né? Aí, aquele momento que tinha tudo pra ser de total prazer, acaba se tornando um “sacrifício”.

    De acordo com a ginecologista de São Paulo, Eloísa Nogueira, esse incômodo tem nome: dispareunia. “A dispareunia é aquela dor persistente no genitais, seja antes, durante ou depois das relações sexuais”, explica.

    Conheça as causas mais comuns para as dores durante a relação sexual
    O desconforto durante o sexo pode ser causado por inúmeros motivos. Conheça alguns deles citados pela especialista.

    Falta de lubrificação causada pelo pouco estímulo ou preliminares insuficientes ou até por alterações hormonais, principalmente com a chegada da menopausa.

    Irritação vaginal causada pelo uso de absorventes internos e sabonetes perfumados.

    Dor proveniente de inflamações ou infecções urinária ou vaginal, ou até infecção nas trompas de Falópio, que faz com que a penetração seja dolorosa.

    Reação alérgica a certos contraceptivos, como espermicidas ou até pelo látex de alguns preservativos.

    Doença inflamatória pélvica (DIP) ou até mesmo um prolapso uterino – condição anatômica que faz com que o útero seja um pouco inclinado para trás.

    Casos de infecção por herpes ou presença de hemorroidas.

    Relação sexual realizada pouco tempo após uma cirurgia na região pélvica e genital.

    Fatores emocionais ou psicológicos, além de certas posições sexuais que podem ocasionar dor.

    Beautiful young couple

    Sinto dor durante a relação sexual. O que posso fazer e como me tratar?
    Se você faz parte do time de mulheres que sente dor durante a relação sexual, o primeiro passo é não deixar que isso afete seu psicológico. “Muitas mulheres acabam se afastando do parceiro por insegurança, autoestima baixa e até medo de se sentirem incapazes de sentirem e darem prazer”, diz dra. Eloísa. Muitas, ainda, acabam perdendo o desejo sexual uma vez que passam a associar o sexo com dor.

    Mas calma, a dispareunia tem tratamento. O primeiro passo é conversar abertamente com seu parceiro e ginecologista para juntos identificarem as causas do desconforto e, então criarem um melhor método de tratamento. “Se as causas forem uma infecção, é mais fácil de tratar”, explica a ginecologista. Agora, se a dor persistir, uma boa opção é partir para tratamentos alternativos, como a fisioterapia uroginecológica.

    Só não aceite a dor durante a relação sexual como algo normal. Pelo contrário. O incomodo tem tratamento e o melhor: normalmente é feito de forma rápida e bem simples. Depois disso, é só prazer!

    Bjs,
    Fabi Scaranzi

    0 1231

    Helô, personagem de Claudia Abreu, adota o estilo básico, mas cheio de classe para cuidar da galeria de arte da qual é dona. Copia já seus looks!


    claudia-abreu

    Quem acompanha a novela “A Lei do Amor”, sabe que a galerista Helô, interpretada por Claudia Abreu, é uma mulher moderna e cheia de estilo. O mais bacana é que Helô não precisa de muito para criar looks chiques e sofisticados e é exatamente por isso que seu figurino tem chamado tanto a atenção.

    Fã de acessórios marcantes, maxi colares, echarpes, óculos de sol e bolsas não podem faltar no look da personagem e é isso que dá vida às suas produções mais clássicas. Dá uma olhada em alguns exemplos abaixo.

    3

    A pantacourt é uma peça que não pode faltar no figurino da empresária e basta acompanhar alguns capítulos da novela para notar como Helô tem várias delas. Em diferentes cores, das mais escuras, aos modelos em tons pastéis, a galerista normalmente fecha o look com blusas e malha e sapatos com saltos mais pesados. É ou não é a opção perfeita para quem trabalha fora?

    5

    O corte de cabelo curtinho de Helô fica ainda mais charmoso quando combinado com acessórios mais modernos, como chapéus e echarpes. Aliás, a galerista acertou em cheio ao escolher o lenço em tom de laranja ou até mais terrosos. O motivo? Por ser loira e mais branquinha, esses acessórios em cores mais vibrantes deram vida ao visual. Adorei!

    2

    Fã de macacões e vestidos midi, Helô traz essa tendência passa a novela apostando peças com corte de alfaiataria, o que deixa o look mais sério e profissional. Outro toque bacana no estilo da personagem é a brincadeira nas proporções. A personagem vira e mexe usa macacões com a barra da calça mais curta, deixando aparecer as canelas. Fica lindo.

    4

    Lembra quando eu disse que Helô é adapta aos maxi acessórios? Dá uma olhada em como eles acrescentam um ponto focal ao visual. A escolha por peças em formatos mais modernos chama a atenção para o colo e valorizam até mesmo os looks mais básicos, além de dar um toque de glamour às produções monocromáticas.

    Linda, né? Adoro o estilo da personagem. E você, o que achou?

    Bjs,
    Fabi Scaranzi

    *Imagens: Globo/Divulgação

    0 933

    Aprenda como escolher o batom marrom perfeito para o seu tom de pele e saiba como criar makes lindas com essa tendência que vai reinar absoluta durante todo o ano


    fabi batom marrom

    Desde 2016 uma tendência de beleza tem se mostrado presente tanto nas passarelas, quanto nos red carpets e street style: o batom marrom! E parece que ele vai continuar firme e forte durante todo o ano de 2017 – algumas marcas, como M.A.C e Nars, inclusive, já anunciaram que vem lançamentos quentíssimos de batom marrom por aí!

    Desde que Kylie Jenner apareceu desfilando por aí com os lábios marrons, confesso que eu fiquei de olho nessa tendência e passei a inclui-la nos meus looks. E não demorou para que o batom marrom virasse tendência absoluta e desse um ar mais chic e sofisticado às makes. Essa foto abaixo é um exemplo clássico desse tom de batom usado com sofisticação: o brilho por cima do batom marrom claro deixou a maquiagem natural e elegante sem o menor esforço. Adorei!

    batom-marrom-inspiracao-13

    E se depois de ler essa matéria, você vai trouxer o batom marrom para os seus looks, aqui vai minha dica: deixe que ele seja o destaque da sua maquiagem. Com os olhos em tons mais neutros e uma pele mais “quente”, você vai conseguir um resultado incrível!

    Ah, um detalhe bacana sobre o batom marrom é que ele ultrapassa estações e pode ser usado sem medo o ano todo. Em tons mais claros no verão e mais fechado no inverno, ele cai em bem em qualquer tom de pele e tudo indica que essa moda veio mesmo pra ficar.

    (Imagem: E aí beleza)

    (Imagem: E aí beleza)

    Escolhendo o batom marrom ideal pra você
    Sim, o batom marrom pode ser usado a qualquer hora e lugar por qualquer uma de nós, mas sempre tem aquele tom que combina melhor com a nossa pele. Espia só!

    Pele negra
    O batom marrom cai super bem para as mulheres negras, realçando ainda mais a beleza desse tom de pele.
    Para dar ainda mais vida à make, escolha um batom marrom mais escuro (em tons de chocolate e café) e passe uma fina camada de gloss labial sem cor por cima.
    O batom marrom em efeito matte deixa o look mais sofisticado e deve ser usado principalmente à noite, aplicando uma boa dose de iluminador na área dos olhos.
    O batom marrom com fundo vinho tem uma tonalidade interessante e fica ainda mais bonito em mulheres de pele escura. Pode apostar sem medo!

    batom-marrom-negras

    Pele morena
    Mulheres de pele morena devem optar principalmente pelos batons marrons em tons mais fechados.
    Na hora de escolher seu batom marrom, lembre-se que ele deve sempre realçar seu rosto e não apagá-lo. Tons muito próximos ao da sua pele, podem criar a falsa ilusão de pele pálida e sem vida.
    Use um delineador de boca um tom mais escuro do que o batom escolhido para criar um efeito degradê. Além de lindo, esse truque cria a impressão de lábios maiores.

    batom-marrom-inspiracao-11

    Pele oliva
    Sortuda! Todos os tons de batom marrom caem bem em você, então fique à vontade pra escolher a cor que mais lhe agradar. A dica, entretanto, é sempre dar preferência aos tons mais quentes e corais, que se destacam mais.
    Para o dia-a-dia, aposte numa pegada mais clara, dando preferência para os batons cremosos, assim você não corre o risco de deixar sua make apagadinha.

    AP_656259249012

    Pele clara
    Mulheres mais branquinhas precisam de atenção redobrada na hora de escolher seu batom. Para não chocar demais, precisa os tons mais puxados para o nude, sempre em tons rosados.
    Se preferir um batom marrom mais forte, não se esqueça de carregar a maquiagem no blush. Assim você ilumina o rosto sem destacar apenas a região dos lábios.
    Batons marrons com fundo cinza não são indicados para o seu tom de pele? O motivo, eu explico: por você ser mais clarinha, ele pode deixar sua make apagada e sem vida.

    batom-marrom-inspiracao-4

    E aí, já está a procura de um batom marrom pra chamar de seu?

    Bjs,
    Fabi Scaranzi

    *Imagens: Pinterest

    Café, gordura, batom... aprenda receitas caseiras - e infalíveis - para tirar até os mais difíceis tipos de manchas


    Haftpflichtversicherung-Header

    Eu adoro todo tipo de truque caseiro para deixar nossa vida mais prática. É por isso que hoje fui atrás daquelas receitinhas infalíveis para tirar vários tipos de mancha sem usar aqueles produtos industrializados que, de tão fortes, acabam agredindo a qualidade do tecido.

    Abaixo, separei uma lista rápida dos tipos de manchas mais comuns. Basta procurar aquela que se tornou um problemão pra você, copiar minhas dicas e remove-las rapidinho. Espia só!

    Manchas de batom
    Sujou sua roupa preferida de batom na hora de tirar o vestido ou camisa? Sem pânico! Basta aplicar removedor não inflamável (tipo benzina) no avesso do tecido. Mas não se esqueça de colocar toalhas de papel embaixo da mancha, assim você protege a área ainda limpa. Se a mancha permanecer, esfregue a área com detergente líquido incolor – aqueles de lavar louça – e lave com água morna.

    Manchas de gordura
    Manteiga, banha (ou outras manchas mais difíceis, como graxa ou cera) podem ser removidas colocando a parte manchada entre dois mata-borrões e passando o ferro quente por cima. Em seguida, limpe o local da mancha com benzina, éter, talco ou água quente com sabão. Outra ideia é colocar, no local manchado, uma gema dissolvida em um pouco de água. Bora tentar?

    Manchas de ferrugem
    Para remover esse tipo de mancha coloque sal sobre o local, pingue algumas gotas de limão, deixe secar diretamente ao sol e depois lave abundantemente.

    Manchas escuras de meias gastas
    Sabe aquelas meias que acabam ficando escuras e manchadas com o tempo por causa do uso? O segredo é fervê-las por alguns minutos com água e algumas fatias de limão. Depois, escorra, esfregue bem o local manchado com sabão e esfregue.

    Manchas de café
    Derramou café na roupa ou na toalha de mesa? Calma! Você só precisa passar rapidamente sobre o local uma pedra de gelo e depois enxaguar com uma toalha. Simples, né?

    Manchas de tinta
    Manchas de tintas podem ser mesmo bem difíceis de tirar. Mas com um pouco de leite sobre o tecido você recupera a peça rapidinho.

    1457859810614

    Manchas e chiclete grudados em tecidos
    Esbarrou num chiclete e agora ele não quer sair? Coloque sobre ele uma folha de papel e passe um ferro bem quente. Assim, o chiclete se soltará facilmente e você não precisará esfregar o tecido.

    Manchas amarelas em cozinhas e banheiros
    Ao notar que as pias do banheiro e cozinha está enferrujando, embeba um chumaço de algodão em água oxigenada e passe suavemente sobre a área manchada. Aos poucos, elas irão sumindo. Pode apostar!

    Manchas de caneta
    Sujou a roupa, toalha ou mochila e estojo com tinta de caneta? Simples! Deixe o tecido de molho em leite cru. Em algumas horas a mancha terá desaparecido por completo. Outra opção é umedecer o local manchado com um pano embebido em vinagre e deixe de molho. Depois, é só enxaguar com movimentos leves.

    Manchas de iodo
    Para tirar manchas de iodo, aplique álcool em um pano embebido em leite e lave com água fria e sabão. Anotou?

    Manchas de frutas
    Uma solução infalível pra tirar manchas de frutas é colocar um pouco de leite fervescente no tecido e esperar algumas horas. Ou então, aplicar a mistura de água morna, leite azedo, limão ou vinagre branco. Tiro e queda!

    Simples, né? São dicas pra levar pra vida!

    Bjs,
    Fabi Scaranzi

    *Fonte: “Dicas de Quase Tudo”

    0 614

    Está montando seu roteiro para Itália? Então inclua já seis restaurantes deliciosos (e bem em conta!) que você não pode deixar de conhecer em Roma


    roma

    Uma delícia passear pelas ruas de Roma e ainda fazer uma pausa para um bom almoço

    Não é de hoje que a Itália é conhecida como o país da gastronomia. E eu sou suspeita pra falar…sou descendente de italianos e cada vez que vou pra lá me acabo de comer (rs). Afinal, é tanta massa e pizza boa, que fica difícil não concordar, né? Roma, então, nem se fala! Quando o assunto é qualidade, variedade e quantidade, a capital italiana surpreende até os mais exigentes.

    Com uma infinidade de trattorias (uma por metro quadrado!), Roma reúne os principais chefs de cozinha do mundo, mesclando a gastronomia tradicional à pratos gourmets mais sofisticados, sanduícherias, bistrôs, quiosques e, lógico, pizzarias. São restaurantes incríveis para todos os gostos. Eu sou fã!

    Procurando sempre usar os ingredientes locais e principalmente orgânicos, Roma é o destino perfeito para quem é fã de da alta gastronomia e faz questão de comer bem – inclusive gastando pouco. Abaixo, seis opções de restaurantes na capital da Itália que combinam com diferentes orçamentos. Escolha já quais farão parte do seu roteiro de viagem.

    Tram Depot
    tram-depot
    Preço médio: entre 30 e 40 euros por pessoa
    Horário de funcionamento: das 8h às 2h da manhã

    Considerado a grande novidade do último verão romano, o Tram Depot fica no cruzamento entre a Via Galvani, Via Marmorata e Via Manlio Gelsomini, no bairro de Testaccio. Esse quiosque sobre trilhos, projetado especialmente para imitar um dos antigos bondes elétricos de Roma, é a opção perfeita para quem adora um street food de qualidade, seja para tomar um café, fazer um happy hour ou até para quem não quer gastar muito tempo em restaurantes e continuar o tour pela cidade. No cardápio, sanduíches, coquetéis, smoothies e a clássica grattachecca, versão italiana da nossa raspadinha.

    Lanificio Cucina
    lanificio
    Preço médio: 35 euros por pessoa (sem bebida)
    Horário de funcionamento: das 11h às 23h

    Se a intensão é muito mais do que se alimentar bem, mas também curtir uma tarde em um ambiente belíssimo, apreciando a rotina dos moradores locais de Roma, o Lanificio Cucina é a opção perfeita pra você. O local é uma espécie de loft de cimento, vidro e metal decorado com móveis vintage (como uma bicicleta, uma banheira, espelhos antigos…) fazendo do restaurante um dos pontos turísticos mais cult da Roma underground. No menu, pratos como peito de pato com molho de laranjas, rigatoni com brócolis e roquefort ou pudim de cebola e queijo pecorino. Nos finais de semana, o Lanificio Cucina também oferece um brunch por 20 euros.

    Rosso (Eat, Drink, Stay)
    rosso
    Preço médio: entre 30 e 40 euros por pessoa
    Horário de funcionamento: das 7h à 1h da manhã

    Inaugurado ressentimento no bairro de Aventino, o Rosso conta com 400 metros quadrados divididos em restaurante, bar e loft garden. Com decoração delicada o local fica aberto durante todo o dia, oferecendo café da manhã, até um cardápio leve para quem precisa fazer uma refeição tarde da noite após sair de uma balada ou casa de espetáculos. O cardápio conta com clássicos do cardápio romano, como maccheroni all’amatriciana, com tomate e bacon (11 euros) ou tonnarelli cacio e pepe, com molho de queijo de ovelhas Pecorino Romano e pimenta preta (9 euros), além de opções variadas de queijos italianos, carnes ou doces. Minha sugestão: um pão preparado com fermento natural combinado com nozes e azeite orgânico.

    Caffè Propaganda
    Italy - Latium
    Preço médio: 55 euros
    Horário de funcionamento: das 12h às 2h da manhã

    Localizado próximo ao Coliseu, o Caffè Propaganda é famoso por seus pratos mais finos, com aromas e sabores mais amenos e delicados, lembrando bastante a atmosfera parisiense. Para o almoço, recomendo o tartare de salmão por 13 euros, o ravióli com anchovas por 14 euros ou o fettuccine com tomate e manjericão por 10 euros. Se fizer uma parada por lá no fim da tarde, sugiro um coquetel ou um vinho orgânico, acompanhado por um creme brulèe com frutas vermelhas de comer rezando.

    Majestic – Massimo Riccioli Ristorante Bistrot
    majestic
    Preço médio: entre 70 e 80 euros
    Horário de funcionamento: 12:00 – 15:00 / 19:00 – 23:00

    Quem não abre mão de ter em Roma pelo menos um jantar mais chic, vai amar o Majestic. Localizado no luxuoso hotel cinco estrelas com vista para a famosa Via Veneto, o restaurante é famoso principalmente por seu cardápio à base de peixe e por receitas com alimentos orgânicos, unindo nutrição e paladar. Algum dos pedidos mais famosos do Majestic são o bacalhau com alecrim e purê de batatas e abóbora, salada com vieiras, peras, uvas e queijo pecorino ou fettuccine de farinha de grão de bico com lula e cogumelos tipo porcini.

    La Pergola – Rome Cavalieri Walford Astoria Hotels & Resorts
    roma
    Preço médio: 200 euros
    Horário de funcionamento: das 19h30 às 23h30

    Só de vive uma vez e se o seu sonho é jantar no restaurante mais famoso de Roma, com o La Pergola não tem pra ninguém! Premiado mais de uma vez como um dos melhores chefs do mundo e aclamado com três estrelas Michelin, Heinz Beck é o grande nome por trás da alta gastronomia do restaurante. E se você ainda está pensando se vale a pena investir 210 euros em um jantar, aqui vai alguns bons motivos: além de experimentar nove pratos de menu degustação, você saboria delícias como o emincé de lagosta com purê de damascos, filé de vitela com cogumelos e até trufas de verão com batatas. Com um clima de conto de fadas, os clientes ainda são mimados com charutos, destilados, carta de vinhos completa, azeites e café. A experiência é única e inesquecível!

    Dicas anotadas e roteiro completo?

    Bjs,
    Fabi Scaranzi

    *Fonte: UOL Viagens

    0 626

    Além de contar seus truques para cuidar do corpo durante a gravidez, Carol Castro usou o Dia Internacional da Mulher para comentar no Instagram a importância de dar à luz a uma menina


    carol-castro1

    Mais uma celebridade passou a fazer parte do time das mamães! Aos 32 anos, Carol Castro descobriu que está grávida de seu primeiro bebê, uma menina que já recebeu o nome de Nina.

    E foi nos bastidores das gravações do programa “Altas Horas” que Carol Castro revelou ao GShow que tem sofrido com os primeiros sinais da gestação, como dores de cabeça, enjoos, fome e sensibilidade. “É uma montanha-russa de emoções, você chora por qualquer coisa, tem ataque de riso de chorar, é uma loucura”.

    Sobre as mudanças no corpo, a atriz conta que seus seios estão muito inchados e doloridos, já as unhas ficaram mais fortes e os cabelos estão crescendo. “A pele, no começo, ficou meio ressecada e agora está mais viçosa”.

    Os cuidados de Carol Castro com a beleza durante a gestação
    Tomando todos os cuidados com a chegada da primogênita, a atriz adotou algumas medidas não apenas com a saúde, mas também com a beleza da pele. Carol Castro revelou também que tem praticado ioga e musculação para manter a boa forma e tomado sol todas as manhãs no mamilo “para não ter rachadura, nem sentir dor”.

    Quanto ao parto, a atriz optou pela via natural. “Quero muito parto normal e vou tentar o natural, que é sem anestesia, sem nenhum tipo de medicamento”, explica a atriz. “Ficarei horas tentando se necessário”. Que venha com muita saúde!

    Homenagem Dia Internacional da Mulher
    Nesse dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, Carol Castro aproveitou a data para postar uma foto linda no Instagram onde aparece com as mãos na barriga e fez uma declaração sobre a importância e maravilhas de ser mulher. Confira na íntegra:

    Carol Castro (Foto: Reprodução/Instagram)

    Carol Castro (Foto: Reprodução/Instagram)

    “Sim. Carrego uma mulher no meu ventre. Que honra! Que bênção… Que responsabilidade. E não a educarei para ser uma princesa. Isso, ela já é por natureza. Afinal, somos todas rainhas… A ensinarei sim, a ser uma guerreira. O que ela, também, já é por natureza. Mas isso sim, não pode jamais ser esquecido. Ou ser deixado de lado. Essa garra…a coragem, o amor como princípio… A lutar. Sem passar por cima de ninguém. Sem perder a ternura. Mas com a força feminina que, só nós mulheres, sabemos o que é. Nosso corpo sabe. Ele nos lembra todo mês.
    Com as luas e marés. Com A Natureza nos fazendo sangrar. Pra nunca esquecer que podemos criar e o que podemos suportar. Isso é o que nos difere dos homens. O nosso corpo. Nosso templo sagrado. Esse centro energético de criação. Esse núcleo de Vida e da Vida. Nas tarefas mundanas, no trabalho, na vida lá fora…somos iguais, sim. E merecemos essa igualdade. Esse respeito. Esse reconhecimento. Pelo o que somos, pelo o que representamos e pelo o que lutamos. Sem radicalismos. Sem separatismo. Vamos juntas e juntos. Homens e mulheres. Ensinemos isso para nossas crianças. Esse caminhar junto. Diferentes, sim, no corpo, mas iguais nos direitos e deveres. Com a força da delicadeza, tudo dá certo. E que assim seja… São todos os dias. Todas as horas. Todos os segundos.”, escreveu a atriz.

    É isso aí, Carol! Está certíssima.

    Bjs pra futura mamãe e pra todas nós, mulheres!
    Fabi Scaranzi