WordPress database error: [You have an error in your SQL syntax; check the manual that corresponds to your MySQL server version for the right syntax to use near '' at line 1]
SELECT count(*) FROM pfs_post_like_rate WHERE post_id =

Beleza

2 704

A dermatologista americana Christie Kidd é muito famosa nos Estados Unidos e não é à toa! Com nomes importantes em seu currículo, como o das irmãs Kendall e Kylie Jenner e o da atriz Dianne Keaton, é ela a grande

2 834

Se você não rói unha, com certeza conhece alguém que não consegue abrir mão desse hábito. Pesquisas revelam que 30% das crianças, 45% dos adolescentes, 24% dos jovens adultos e 5% dos adultos mais velhos têm a mania de roer

1 997

Quem me acompanha aqui no site ou no meu Instagram e no meu Facebook sabe como adoro essas diquinhas rápidas e práticas, mas que facilitam muito a nossa vida e, por que não, deixam a gente ainda mais bonita! Pensando nisso,

0 924

Sabia que a maioria das brasileiras tem pele mista? Aquela que costuma ser mais seca na região das bochechas e bem oleosa no queixo, nariz e testa – região também conhecida como zona T.  Por isso é tão importante passar

2 1343

Assim como nas roupas, os tons escuros na maquiagem continuam sendo as grandes apostas para a estação mais gelada do ano. E se você for fã das versões metálicas, pode comemorar. O batom sóbrio metálico é o #musthave dessa estação,

0 915

O inverno chegou, mas não é por isso que você precisa assumir aquela aparência pálida, de quem não toma sol há meses. Mesmo nas estações mais frias, você não só pode, como deve investir no bronzer, no strobbing e nos

1 596

Mais uma pesquisa muito bacana foi divulgada e eu faço questão de dividir com vocês! A ROC, marca de dermocosmético da Johnson&Johnson, realizou um estudo clínico ao longo de um ano para avaliar a eficácia do uso constante do protetor

1 2197

Todas as estruturas do nosso corpo sofrem processos constantes de desgastes e envelhecimento provocados por fatores internos e externos. E os principais vilões do tão temido “envelhecimento precoce” continuam sendo velhos conhecidos: fatores genéticos, hábitos de vida nada saudáveis, alimentação