Conheça todos os benefícios da banana

A banana é muito mais do que aquela fruta deliciosa que, além de nos dar energia, ajuda a matar a fome rapidinho. Além de curar e prevenir doenças, ela é fundamental no cardápio de quem quer manter uma dieta saudável.

0 2972

banana

Não é à toa que a banana faz parte das refeições diárias dos atletas e está presente no cardápio da maioria dos brasileiros. Eu mesma adoro e como a fruta todos os dias no café da manhãs!  A banana é tão rica em nutrientes importantes ao organismo, que é capaz de curar doenças e melhorar nossa condição física. Ela é uma rica fonte de potássio, nutriente capaz de minimizar o aparecimento de câimbras musculares, por isso está sempre à mão de atletas e frequentadores de academias. E seus benefícios não param por aí. Listei abaixo como a fruta pode melhorar nosso corpo e mente. A partir de agora, não faltarão motivos para você incluir a fruta na alimentação de toda a família.

Benefícios para o corpo

– Reduz a pressão arterial: Quem sofre de pressão alta pode (e deve!) ter uma banana sempre à mão. O motivo? O alto teor de potássio presente na fruta auxilia no equilíbrio da pressão arterial. Sua capacidade de redução da pressão é tão grande que o órgão governamental dos Estados Unidos, Food and Drug Administration autorizou as indústrias a divulgarem oficialmente a fruta como forma de tratamento para doenças como infarto e outros problemas cardíacos.

– Combate a anemia: Por conter muito ferro, a banana é fundamental para estimular a produção de hemoglobina no sangue, combatendo quadros de anemia. No caso da anemia megaloblástica, as alterações na produção de células vermelhas ocorrem principalmente por carência de vitamina B9, também chamada de ácido fólico e que, por ser riquíssima nessa substância, a banana tem se tornado um poderoso tratamento contra a doença. Bom, né?

– Alivia constipações: A banana nanica e a prata são ricas em fibras naturais e por isso são consideradas alimentos laxativos, ou seja, ajudam a normalizar as funções intestinais, auxiliando na formação do bolo fecal e na sua movimentação dentro do intestino. Por isso, muito cuidado na hora da compra. A banana maçã, por exemplo, é considerada um alimento constipante e pode piorar o quadro ao invés de resolvê-lo.

– Melhora problemas de azia: Graças ao seu efeito antiácido natural, a banana pode ser coadjuvante no tratamento de problemas intestinais como a azia e má digestão. Mas, atenção: a banana causa apenas um alívio imediato e não deve ser usada como tratamento absoluto para o problema.

– Reduz o aparecimento de úlceras: A banana tem o poder de neutralizar a acidez e reduz a irritação, protegendo as paredes do estômago e intestino, por isso é a única fruta que pode ser comida sem desgaste em casos de úlcera crônica.

banana (1)

Benefícios para a mente

– Cura a depressão: Além da saúde física, a banana é fundamental para curar problemas mentais e emocionais, como a depressão. Graças à forte presença do triptofano, a fruta auxilia na produção de serotonina, um neurotransmissor que causa a sensação de felicidade e bem-estar”. Anote aí: Cada 100g de banana contém 18mg da substância.

– Acalma o sistema nervoso: O excesso de trabalho e a rotina corrida estão te enlouquecendo? Então faça uma pausa e coma uma banana! Ricas em vitamina B a fruta ajuda a acalmar o sistema nervoso, mais uma vez graças ao triptofano, que também age como efeito calmante. Santa substância!

– Blinda o cérebro: Duzentos estudantes de uma escolha na Inglaterra tiveram uma ajuda extra nos exames este ano: eles comeram bananas no café da manhã, lanche e almoço na tentativa de elevar sua capacidade mental. O resultado? O elevado teor de potássio presente na fruta ajudou os estudantes a manterem o foco e a atenção durante as aulas, melhorando o nível de aprendizagem.

Bom, né? E você, já comeu uma banana hoje?

Bjs

Formada na USP e Pós Graduada na Fapes em Nutrição - Radicais livres e Antioxidantes, é nutricionista, sócia da Nutri & Consult, assessoria e consultoria em nutrição em São Paulo. Trabalha na linha funcional, indicando uma reeducação alimentar personalizada para cada paciente, se preocupando com cada caso individualmente.