Feliz aos 30! Veja que hábitos cortar para ser mais realizada

Quer chegar aos 30 anos se sentindo uma mulher mais feliz e resolvida? Veja quais hábitos abrir mão para melhorar sua qualidade de vida!

3 764

woman

Já parou pra analisar quantas coisas que valorizamos as 20, 25 anos, se tornam uma verdadeira bobagem com a chegada dos 30? E não é à toa! Conforme vamos envelhecendo descobrimos a real importância de priorizar o “ser” e não o “ter”, a qualidade e não a quantidade…

Se você faz parte do time que está perto dos 30 e quer começar essa nova fase da sua vida se sentindo uma mulher mais feliz e resolvida, dá uma olhada nessa lista de hábitos e atitudes que o site BuzzFeed separou pra você abrir mão já! Com certeza sua vida vai ficar muito mais leve, prática e divertida.

1.Se preocupar demais, conscientemente ou não, com as metas que queremos alcançar até os 30 anos.
Antes dos 30 temos o costume de criar cronogramas para tudo: idade para arranjar o emprego dos sonhos, idade para casar, para ter o primeiro filho… Que tal diminuir as expectativas e viver um dia de casa vez? Quem sabe você não escolhe caminhos que nunca nem imaginou!

2. Fingir orgasmos.
Você merece sentir prazer. De verdade!

3. Pedir desculpas pelo simples ato de expressar sua opinião ou por coisas que não são culpa sua.
Quem foi que disse que a sua opinião vale menos que a dos seus colegas de trabalho, ou parceiro? Sua voz merece ser ouvida. Não tenha medo de dizer o que pensa!

4. Continuar a amar e se importar com pessoas que não retribuem.
A vida é muito curta pra continuar se esforçando por quem não te dá valor. Você merece ser amada, cuidada, mimada. Procure por quem te vê como prioridade e agradece todos os dias por ter você sempre por perto.

5. Tomar sol em excesso.
Além do aparecimento de manchas e aumento no risco de câncer de pele, o excesso de sol pode causar o envelhecimento precoce. Com a chegada dos 30, todo cuidado é pouco. Melhor ter um protetor solar sempre por perto.

6. Ter medo de dizer “não”.
Repita comigo: não, não, NÃO! Você não tem mais idade pra aceitar fazer aquilo que não está com vontade ou não se sente confortável, né?

7. Ou não ter coragem de dizer “sim”.
Agora repita comigo: sim, sim, SIM! Por que a vida é muito curta pra não realizar seus sonhos!

8. Passar despercebida em reuniões de trabalho.
Se você conquistou uma vaga na empresa é porque seu trabalho é valorizado e merece destaque. Não é só porque você é a funcionária mais nova que suas opiniões não têm valor. Exponha já suas ideias!

Você já não é mais jovem e inexperiente. Suas ideias têm tanto valor quanto as dos seus colegas.

9. Se importar demais com o que os outros irão dizer.
Seja quem você quiser ser. Tem coisa melhor do que deitar a cabeça no travesseiro durante a noite e se sentir realizada e feliz simplesmente por assumir seu estilo, gostos, vontades?

10. Continuar um encontro horrível só por educação mesmo quando você sabe desde o início que não vai dar certo.
Seu tempo é precioso! Sentiu que não deu certo? Peça licença, se despeça e vá embora. Seu Netflix e edredom quentinho te esperam. Amanhã você tenta de novo.

11. Ficar desesperada por uma ruga, um cabelo branco ou qualquer outro sinal de envelhecimento… em vez de reconhecer que você está se tornando uma mulher madura e sábia.
Rugas e cabelos brancos não são imperfeições. Elas aparecem para todas nós e mostram todos os caminhos que já trilhamos. Orgulhe-se delas!

12. Odiar seu corpo.
Exercite-se, mexa-se, sinta-se ótima… mas não fique obcecada com isso. Nem todo mundo tem cinturinha de violão, um quilômetro de pernas ou peitões. Você é única e linda. Pode acreditar!

13. Sentir que você deve um sorriso aos outros.
Não é todo dia que a gente acorda se sentindo feliz, animada, confiante. Por isso, esqueça essa ideia de que você tem que sorrir mais e o tempo todo. Tem dias que você simplesmente não está a fim e tudo bem. Acontece com todo mundo!

14. Ser autodepreciativa e crítica demais consigo mesma.
Não dá pra agradar a todo mundo, não importa o quanto você se esforce. Tenha em mente que você deu o seu melhor e que, se não foi o suficiente, amanhã é um novo dia pra você tentar de novo. O importante é não deixar que essas cobranças tomem conta da sua mente e felicidade.

15. Comer porcaria.
Os 30 chegou e está na hora de começar a se cuidar. Que tal trocar o pacote de bolachas por uma fruta durante a tarde? Comidas saudáveis também podem ser muito saborosas!

Imagem relacionada

16. Ignorar seus instintos.
Chegar aos 30 significa adquirir experiência. Nesse ponto da sua vida você será capaz de sentir o que vale a pena e o que é melhor deixar pra lá. Confie em si mesma!

17. Dar valor demais às opiniões dos outros sobre seu estilo de vida, suas crenças, seu corpo ou suas experiências.
As pessoas adoram dar conselhos e todo mundo quer que você saiba o que fariam se fosse você. Mas, olha só, elas não são você e não existe ninguém no mundo que saiba melhor o que te deixa feliz do que seu eu interior.

18. Dizer que “um dia” você ainda quer ir para Báli, Nova York ou Buenos Aires. Em vez disso, comece a planejar essas viagens.
Corte os gastos desnecessários, diminua as idas ao shopping e baladas e comece a economizar para colocar seu plano em prática. O esforço vai valer a pena e você vai viver momentos incríveis na sua viagem, tenho certeza.

19. Tentar atender às expectativas dos seus pais, irmãos, parceiros ou amigos.
Não dá pra ser perfeita em tudo. E não tem problema se você sonha em fazer carreira como arquiteta e não como advogada, como sonhava seu avô. Lembre-se que amar o que se faz é o primeiro passo para um carreira sólida e de sucesso.

20. Pensar em outras mulheres como concorrentes em vez de aliadas.
Nunca se falou tanto em empoderamento feminino. Vamos começar a nos tratar como irmãs e trabalharmos juntas para chegarmos ao topo?

21. Ficar com pessoas que não enriquecem a sua vida só por medo de ficar sozinha.
O provérbio “antes só do que mal acompanhada” nunca fez tanto sentido. Procure por alguém que te acrescente borboletas no estômago e não problemas.

22. Comparar a si mesma com todos ao seu redor. E, sim, isso inclui as pessoas que você segue no Instagram.
Cada um tem sua própria jornada. Todos nós somos diferentes. Nossas crises, histórias, trajetórias tomam rumos diferentes, mas isso não significa que uma seja melhor que a outra.

Resultado de imagem para повысить самооценку

23. Pensar que cada dia conta.
Antes dos 30 temos o costume de viver em um ritmo acelerado, querendo fazer tudo de uma vez só. Com a chegada dos 31 você vai perceber que não tem problema se sentir mais poderosa que a Mulher Maravilha um dia, mas incapaz de sair do sofá no outro. E tudo bem! Permita-se se dar uma pausa de vez em quando.

24. Ser grossa.
Talvez você tenha a sensação de que o mundo te maltratou. Talvez você queira se esconder atrás da grosseria e retribuir o que fizeram com você. Mas não se esqueça de que é melhor tratar os outros como você gostaria de ser tratada. O mundo (ou pelo menos os ambientes que você frequenta!) será um lugar muito mais feliz.

25. Se esquecer dos seus pais.
Ligue pra eles! Pergunte como eles estão, do que eles precisam… Você não tem mais 15 anos. Agora é a sua vez de ter a mesma paciência que eles sempre tiveram com você. Cuide, se preocupe, dê carinho. Eles vão adorar e seu coração vai se sentir muito mais aquecido.

26. Pensar nos 30 como um limite (em vez de só um número qualquer) e não fazer mais as coisas que você ama por ter chegado a certa idade.
Isso se aplica a qualquer coisa: usar shorts se quiser usar shorts, viajar, rir alto, terminar aquele relacionamento que não te faz feliz e, mesmo que você devesse estar “pensando em sossegar e se casar”, fazer aulas de pole dance. Idade não é um limite!

Dicas anotadas? Que tal colocar todos esses conselhos em prática agora mesmo, hein? Seu corpo, coração e alma agradecem!

Bjs,
Fabi Scaranzi

*Fonte: adaptação BuzzFeed

  • RAYKA

    FABIANA EU AMEIII… TODAS AS SUAS DICAS OBRIGADA BEIJÃOOO…

    • Fabiana Scaranzi

      Que bom que você gostou!!
      bjs

    • Fabiana Scaranzi

      Que bom que você gostou!
      bj