Paralisia facial: a doença que afetou Angelina Jolie!

Em entrevista, Angelina Jolie contou que foi diagnosticada com uma inflamação no nervo facial que paralisa parte do rosto. O problema é temporário e tem tratamento

2 1134

angelina-jolie

No dia 26 de julho, Angelina Jolie revelou, durante uma entrevista à revista americana Vanity Fair, que em 2016 foi diagnosticada com a paralisia de Bell – paralisia facial em que se perde temporariamente os movimentos de metade do rosto. Imagina o susto? Uma vez com a paralisia de Bell, a pessoa não consegue piscar um dos olhos, franzir a testa, nem sorrir de um dos lados da boca. “Às vezes, as mulheres da família se colocam em último lugar, até que isso se manifesta na saúde delas”, disse a atriz.

Muito semelhantes aos sintomas de um derrame cerebral, a paralisia de Bell é causada, na verdade, por uma inflamação no nervo facial. Ela acontece a partir da reativação de um vírus já presente no organismo – normalmente o vírus da herpes. O que diferencia a paralisia sofrida por Angelina Jolie de um acidente vascular cerebral (AVC), é que a paralisia de Bell não apresenta nenhuma alteração neurológica, atingindo apenas o nervo facial localizado desde o ouvido, até nariz olhos e boca.

David Simpston, médico e diretor do setor de neuromusculatura da Escola de Medicina do Mount Sinai em Nova York disse à revista Health que não há uma causa específica para a paralisia de Bell. “Na maioria dos casos, não identificamos uma causa específica, mas os médicos acreditam que está associada a uma infecção viral”, explica. A doença, entretanto, se mostra mais comum em mulheres grávidas, em pessoas que estão gripadas e em diabéticos.

Diagnóstico e tratamento
O primeiro passo para o diagnóstico da paralisia de Bell é passar por um exame clínico, onde o paciente deve relatar a perda das sensações e do controle das expressões faciais de um dos lados do rosto. Esses sintomas podem vir acompanhados de dores de cabeça, fraqueza muscular, baba, olhos e cantos da boca inchados e espasmos. Em seguida, os médicos podem pedir exames de sangue para identificar as possíveis causas, como diabetes ou tumores se acharem necessário.

O tratamento da paralisia de Bell não exige muito esforço e a maioria das pessoas se recuperam completamente, com pouca ou nenhuma sequela. O processo de recuperação, entretanto, pode ser um pouco demorado, levando até três meses para o desaparecimento total dos sintomas.

Vale lembrar que não existe um tratamento específico para a doença que acometeu Angelina Jolie! Especialistas recomendam o uso de corticoides e medicamento antivirais para reduzir a inflamação, e afirmam que os pacientes costumam melhorar em sete a dez dias. Além disso, medidas preventivas – como o uso de colírio ou pomada específica para evitar o ressecamento e feridas nos olhos – podem ajudar a amenizar os prejuízos causados por alguns sintomas.

Em casos mais intensos, a fisioterapia pode ajudar a estimular o retorno dos movimentos. Angelina contou à Vanity Fair que está completamente curada e que a acupuntura foi sua principal aliada na busca por uma recuperação total. Entretanto, ainda não há nenhuma comprovação científica de que tratamentos alternativos como acupuntura, relaxamento ou ingestão de vitaminas ajudem na cura da paralisia facial.

Como se prevenir
A paralisia facial que atingiu Angelina Jolie é uma doença simples, comum e que pode atingir qualquer pessoa, independentemente da faixa etária. A Sociedade Brasileira de Dermatologia aposta que provavelmente 90% dos brasileiros têm o vírus da herpes simples em estado latente, isto é, escondido, encoberto. E que é a queda na imunidade o principal motivo para fazer com que o vírus entre em ação e inflame o nervo da face.

Além de manter uma alimentação saudável e balanceada, praticar exercícios físicos e ter boas horas de sono, tome cuidado também com mudanças bruscas de temperatura, como sair de um banho muito quente para o ar frio, principalmente neste inverno. Esses cuidados, aliados a uma vida sem stress, vão te ajudar (e muito!) a manter sua saúde em dia e impedir o surgimento de problemas como esses.

Bjs,
Fabi Scaranzi