WordPress database error: [You have an error in your SQL syntax; check the manual that corresponds to your MySQL server version for the right syntax to use near '' at line 1]
SELECT count(*) FROM pfs_post_like_rate WHERE post_id =

Fabiana Scaranzi

1176 MATÉRIAS 96 comentários

Que tal fazer você mesma aquela escova perfeita e sair de casa com um penteado igual ao feito por um expert?! Aprenda já o passo a passo!


fabi escova salao

Não adianta, toda vez que a gente sai do salão com o cabelo arrumadinho, bate aquela pergunta: por que nunca conseguimos recriar o penteado em casa? Até a escova, que aparentemente não exige tanta técnica, fica sempre melhor e mais arrumadinha quando feita por um expert.

Em seu site, o cabeleireiro das famosas Marco Antônio de Biaggi ensina um passo a passo simples pra você conseguir fazer em casa aquela escova perfeita e parecer que passou pelas mãos de um profissional. Bom, né?! E o melhor: as dicas são super fáceis de colocar em prática. Aprenda já!

1. Acerte na lavagem
A regra é clara: quanto mais limpo estiver seu cabelo, mais tempo vai durar a escova. Por isso, o melhor é passar o shampoo duas vezes, garantindo que toda a sujeira e oleosidade desça pelo ralo. Tenha em mente que a primeira aplicação do shampoo vai servir para limpar e higienizar, enquanto a segunda vai balancear o pH. E não se esqueça de enxaguar bem. Qualquer resíduo pode interferir no acabamento do seu penteado.

2. Pré-secagem
Antes de partir para o secador, não se esqueça de tirar todo o excesso de água com uma toalha e passar uma camada de protetor térmico por todo o cabelo. Se você tiver fios muitos crespos ou resistentes, lembre-se que eles precisam de um pouco de água para pegarem forma durante a escova, então o melhor é dar somente leves batidinhas com a toalha e não remover completamente a água.

3. Acerte na escolha da escova de cabelo
Pouca gente sabe, mas o tamanho do diâmetro da sua escova influencia (e muito!) na modelagem. Enquanto quem gosta de fios bem lisos deve optar pelas redondas e bem grandes, penteados ondulados pedem os modelos redondos, mas um pouco menores. As redondas mais fininhas foram criadas especialmente para quem tem cabelos curtos!escova-redonda4. Jato de ar frio
É verdade que o jato quente do secador ajuda a delinear dos fios mais rapidamente e é essencial na hora de fazer uma escova como a de salão, só não se esqueça que a alta temperatura tem o poder de abrir as cutículas e causar frizz. Por isso, antes de encerrar, passe um último jato, agora de ar frio para fechar as escamas dos fios e deixá-los mais brilhantes. Viu só como o botão de vento frio não está no seu secador à toa?

5. Faça seu penteado durar mais
Não só quer a escova perfeita, mas também precisa que seu penteado dure a noite toda? Não arrume o cabelo no banheiro, principalmente após um banho quente. O motivo? A neblina e umidade acabam com a sua escova, principalmente se seu cabelo for grosso ou ondulado. Penteado pronto, tome cuidado para não passar a mão nos fios o tempo todo, uma vez que isso aumenta a oleosidade e aplique uma leve camada de spray, só para manter os fios mais rebeldes no lugar.

Viu como é simples?

Bjs,
Fabi Scaranzi

0 362

Pensando em conhecer a Rússia e curtir a Copa do Mundo? Veja quais documentos levar, onde ficar e organize uma viagem inesquecível!


moscoujulianmacedo

(Foto: Julian Macedo/Creative Commons)

É fã de futebol e adora viajar? Que tal juntar essas duas paixões e programar uma viagem para a Rússia em 2018? O país é sede da próxima Copa do Mundo e está recheado de atrações para turistas que, além de prestigiar os jogos, também sonham em conhecer outros pontos turísticos e experimentar os costumes da região.

Abaixo, separei o melhor da Rússia para você montar já um roteiro incrível e curtir uma viagem inesquecível.

Planejamento
Diferente do que acontece em outros países europeus, viajar para Rússia exige planejamento, afinal o choque cultural é enorme e as dificuldades com a língua podem ser muito grandes. Mas, atenção para a boa notícia: os russos têm fascínio pelo Brasil! Eles adoram nossas novelas, nosso futebol e tratar os brasileiros muito bem. Por isso, não tenha receio de expor a sua nacionalidade.

Atenção com a documentação
Desde 2010 os brasileiros não precisam mais de visto para ir à Rússia, a não ser que o período de permanência ultrapasse 90 dias. É preciso apenas de passaporte com validade mínima de seis meses, a contar a data de saída da Rússia.

Entretanto, é preciso ficar atenta a algumas exigências burocráticas. Ao entrar no país, as companhias aéreas entregam aos passageiros um Cartão Migratório que deve ser preenchido e guardado por toda a viagem e apresentado na saída do território russo.

Outro detalhe importante é que se você desejar ficar mais de sete dias em uma mesma cidade russa, precisa fazer um Registro Migratório, que é providenciado pelo hotel ou pelo anfitrião que recebe o estrangeiro. Aí, para cada cidade em que você for ficar mais de sete dias, um novo registro precisa ser feito.

É bom também apresentar um seguro saúde de viagem na entrada do país – não é obrigatório, mas altamente recomendável! Você também não precisa se preocupar em tomar nenhuma vacina específica, entretanto, a Embaixada Brasileira em Moscou recomenda tomar a vacina de febre-amarela 10 dias antes da viagem e emitir, ainda no Brasil, o cartão internacional de vacinação.

Tempo de viagem
Agências de viagem recomendam passar pelo menos uma semana na Rússia, uma vez que o país é distante do Brasil e você vai gastar dois dias só entre ida e volta. Dez dias é o tempo ideal para ver os jogos, se deslocar entre as cidades, passear e curtir o melhor que a Rússia tem a oferecer.

russia-1

Custos com a viagem
Na época da Copa do Mundo, uma viagem para Rússia vai custar, em média, US$ 1.500 (cerca de R$ 5.000). Já as tarifas de hotéis e outros serviços aumentar durante o evento, por isso vale a pena se prevenir e programar sua viagem o quanto antes.

Pra se ter uma ideia, no momento um hotel 4 estrelas na Rússia custa, em média, R$ 200 por pessoa em um quarto duplo. Sites de hospedagem mostram que num hotel 3 estrelas em Moscou um quarto duplo varia entre R$ 75 a R$250 por pessoa/dia durante o período da Copa.

Apesar de ainda não estarem definidas as cidades sedes dos jogos, uma simulação feita pela operadora de turismo Slavian de oito dias cobrindo o período da Copa e incluindo as cidades de Moscou e São Petersburgo, com traslados, viagem em trem rápido entre as duas cidades, passeios com vistas panorâmicas e hospedagens chega a custar US$ 3.525 (R$ 11.500) sem passagem aérea.

Ah, outra dica: companhias de viagem recomendam levar dólares ou euros e trocar por rublos (moeda do país) quando já estiver lá. Reais brasileiros não são aceitos nas casas de câmbio russas.

Como comprar seu ingresso para a Copa do Mundo
A compra de ingressos para os jogos é pessoal e só pode ser feita no site da Fifa. À venda desde 12 de outubro, a segunda fase de inscrições para o sorteio eletrônico começa dia 5 de dezembro, logo após o sorteio das chaves, quando serão conhecidos os adversários e locais de cada jogo. Um ingresso para o jogo de abertura custa entre R$ 735 a R$1.840. Já para o jogo final, custa o dobro.

Apesar das agências de viagem em geral não estarem autorizadas a negociar ingressos, oferecendo apenas voos, hospedagens, traslados e passeios, pacotes VIP, vendidos por algumas agências brasileiras credenciadas pela Fifa, como Agaxtur, Ambiental, Honour, MMT Gapnet e Stella Barros incluem no pacote ingressos para um único jogo, seja abertura, final ou alguma fase específica.

estadio-luzhniki

Arena Luzhniki, em Moscou, principal estádio da Copa do Mundo da Rússia em 2018 (Foto: Iliya Pitalev/Sputnik )

Escolha sua companhia aérea
Infelizmente, não há voos diretos do Brasil para a Rússia, entretanto várias companhias aéreas fazem esse tipo de percurso com escalas em países europeus ou no Emirados Árabes Unidos. Levando em conta a espera na conexão, uma viagem para Rússia pode levar de 17 a 35 horas. Preparada?

Os melhores meios de transporte
Quem mora na Rússia garante: não existe meio melhor de locomoção do que os trens! Bem estruturados e para todo tipo de orçamento, você pode escolher viajar de uma cidade para outra em opções econômicas até nas mais confortáveis. As viagens são rápidas e com muitas opções de horários e destinos.

Já, dentro de uma cidade, para visitar pontos turísticos ou se dirigir até os jogos, a melhor escolha são os metrôs. Aliás, as estações de metrô russas são tão lindas e bem equipadas que, para muitos turistas, são consideradas verdadeiros pontos turísticos. Ônibus também funcionam bem e as paradas têm as rotas e itinerários de cada linha, assim fica fácil programar seu roteiro sem se perder. Miniônibus ou marshrutkas são populares em várias cidades russas e podem parar em qualquer lugar que o passageiro pedir. Bom, né?!

Quem prefere taxi, vale a pena pedir pelo aplicativo, já que eles calculam o preço da viagem. Uber e aluguel de carro também são serviços disponíveis.

trem2

(Foto: Simon Pielow/Creative Commons)

Acerte na língua
Apesar de algumas modificações serem esperadas durante a Copa do Mundo, a comunicação ainda é, sem dúvidas, o maior desafio do país, uma vez que poucos russos falam inglês e quase nenhuma sinalização de rua ou transporte público tem tradução para a língua universal. Por isso, vale a pena tirar alguns minutos do seu dia para aprender pelo menos as letras do alfabeto cirílico, além de palavras simples como “obrigado” e “por favor”.

O clima durante a Copa do Mundo
Engana-se quem pensa que na Rússia é sempre frio! Durante a Copa do Mundo a temperatura média em junho e julho em Moscou fica entre 20°C a 25°C a máxima e 12°C a 15°C a mínima – temperaturas parecidas com o nosso inverno aqui no Brasil. Por isso, fazer mala não deve ser um desafio. Mesmo nos dias mais quentes leve na bolsa um casaquinho, já que a noite os ventos fortes podem incomodar.

Atrativos das cidades-sede
Além de Moscou e São Petersburgo, outras nove cidades vão sediar a Copa do Mundo: Ekaterinburgo, Kazan, Samara, Volgogrado, Nizhny Novgorody, Saransk, Rostov-on-Don, Kaliningrado e Sochi. Veja abaixo alguns pontos turísticos que você precisa conhecer:

Moscou: a Praça Vermelha, a Catedral de São Basílio e o Teatro Bolshoi

Volgogrado: monumentos e museus contam a história da mais soviética cidade russa.

Sochi: o mar e suas paisagens naturais são de tirar o fôlego.

Ekaterimburgo: a Igreja do Sangue Derramado, construída em 2003 onde foram executados os últimos membros da dinastia Romanov.

São Petersburgo: Museu Hermitage (um dos maiores do mundo), o centro histórico patrimônio da Unesco, a Fortaleza de Pedro e Paulo e a Catedral de São Isaac.

catedral

A catedral Smolny, em São Petersburgo (Foto: Alexxx Malev/Creative Commons)

Kazan: conhecida como a Istambul do rio Volga, vale a pena conhecer a mesquita de Kul Sharif e o Kremlin, considerado um Patrimônio da Humanidade.

Rostov-on-Don: cidade cosmopolita, é perfeita para fazer um passeio de barco pelo rio Don.

Nizhny Novgorody: tradicional cidade da Rússia, conta com um rico patrimônio arquitetônico, como as paredes fortificadas do Kremlin, monastérios e igrejas antigas.

Samara: um monumento de 20 toneladas em homenagem à nave Soyuz, além de um bunker de 37 metros de profundidade construído para Stalin, mas nunca usado.

Saransk: a Igreja de São João Evangelista e festivais folclóricos.

Kaliningrado: praias e reservas naturais de Kurshskaya Spit, patrimônio da Unesco.

Ufa, quanta coisa, né?! Viu só como a Rússia é um país para se desbravar com calma? Com muito planejamento, tenho certeza que você vai curtir essa viagem e vibrar muito com os jogos da Copa.

Bjs,
Fabi Scaranzi

*Fonte: G1 Viagens

 

 

 

 

0 840

As bolsas coloridas nunca estiveram tão em alta! Veja como usar essa peça de maneira equilibrada e ainda combinar cores diferentes sem erro


fabi bolsa 3

Se tem um truque de moda que eu gosto (e muito!) é criar um look mais sóbrio e deixar para a bolsa ou sapato a missão de dar um toque de cor na produção. E engana-se quem pensa que a bolsa e o sapato precisam estar sempre combinando, viu?! Essa regrinha de estilo ficou para trás e, em alguns casos, eles podem ser de cores completamente diferentes.

A moda está sempre se reinventando, as tendências mudaram e, pra nossa sorte, as bolsas coloridas ganharam um lugar definitivo no guarda-roupa das fashionistas. De várias cores, formatos e tamanhos, as bolsas coloridas são perfeitas para qualquer ocasião.

Pra tirar todas as suas dúvidas, vamos mostrar como usar suas bolsas coloridas com estilo. Confira!

Bolsas coloridas: um verdadeiro curinga!
Minha primeira dica é que você veja sua bolsa como um toque especial ao seu look. Tenha em mente que ela será o elemento principal e precisa ser equilibrada com peças clássicas e cores sóbrias. O preto, branco, marinho, cinza e marrom são sempre escolhas seguras. Que tal um look monocromático? Uma produção total black com uma bolsa verde, por exemplo, fica elegante e super feminina. Depois, é só combinar as joias ou bijuterias, de preferência com um maxi brinco ou maxi colar. Eu mesma sou fã dessa dupla e já usei algumas vezes. Olha só!

fabi bolsa 1

fabi bolsa 8

A cor da bolsa fica a seu critério! Vermelho, vinho, azul e amarelo estão super em alta!! Já, quando o assunto é o tamanho da bolsa, tudo depende da ocasião. A clutch, como a minha, é perfeita para festas, baladas ou jantares mais formais uma vez que só permitem que você leve apenas o necessário. Agora, se você vai fazer um curso, pegar um avião, ou tem uma reunião de negócio ou almoço com as amigas, a bolsa saco ou shopper é ideal, uma vez que são maiores e capazes de carregar praticamente tudo!

fabi bolsa 6

Vale lembrar que as bolsas coloridas também combinam muito bem com jeans, independentemente da lavagem. Seja um look total denim, ou apenas uma calça, camisa ou jaqueta, elas tiram o look do óbvio e deixam a produção bem mais divertida.

fabi bolsa 7

Bolsas coloridas com roupas estampadas: como combinar!
Esse, talvez, seja o maior desafio das bolsas coloridas: combiná-las com uma peça estampada e igualmente chamativa. Mas, veja a oportunidade como uma forma de mostrar seu estilo e personalidade. Aí, você tem duas opções. A primeira é escolher a cor mais forte (a mais predominante!) da estampa e apostar numa bolsa na mesma cor, mas em outra tonalidade. Quer um exemplo? Se você está usando uma camisa estampada em que a cor principal (normalmente a cor de fundo) é verde, aposte numa bolsa verde, num tom mais claro ou mais escuro que o do tecido. Essa variação de cor fica elegante e não deixa o look exagerado.

fabi bolsa 4

Outra opção é combinar a cor da sua bolsa com o tom dos detalhes mais discretos da sua estampa. No caso de um vestido florido, por exemplo, se o fundo for amarelo e as flores em cor de laranja, combine o look com uma bolsa laranja, de preferência que se assemelhe ao desenho.

Bolsas coloridas + roupas coloridas: pode?
Não só pode, como deve desde que você esteja por dentro da tabela de cores que se complementam. A regra básica para acertar na combinação é buscar sempre o equilíbrio.

fabi bolsa 9

Abaixo, uma tabela super simples mostra quais cores casam perfeitamente como outras. Tudo que você precisa é combinar as duas cores que estão de frente pra outra. Por exemplo: o roxo com o amarelo, o azul com o laranja, o vermelho com o verde… simples, né?!

complementar-circulo

O colorido está na moda. Aposte sem medo!
Com a chegada do verão, algumas extravagâncias estão liberadas. Se você faz a linha ousada e não tem medo de chamar atenção, um vestido amarelo forte com uma bolsa rosa choque pode ficar interessante. Para ter certeza que duas cores não vão chocar demais o visual, passe um minuto se olhando no espelho. Se as duas tonalidades, lado a lado, começarem a te incomodar, confie no seu bom senso e troque o look.

Agora, se a insegurança for uma questão de falta de costume, comece apostando em tons fechados, como marinho, vinho e verde oliva. Não vai demorar até que você se sinta mais confiante para criar combinações mais ousadas.

Gostou das dicas? Agora é só escolher, dentre as infinitas opções de bolsas coloridas por aí, a que mais combina com você e arrasar na produção.

Bjs,
Fabi Scaranzi

0 830

É natural ter algumas dúvidas na hora de escolher entre o BB Cream, primer ou base! Entenda para que serve cada um e quando usar todos eles!


make-corretivo-rita_heroina

O universo da beauté lança tantos produtinhos todos os anos que fica difícil se manter por dentro de todas as novidades. Por exemplo, quem aí nunca se viu confusa ao se deparar com BB Cream, primer e base, todos numa mesma prateleira? Complicado, né?!

Sabendo que essa é uma dúvida constante das leitoras aqui do site, separei abaixo um manual prático e super fácil pra você entender de uma vez por todas para que serve cada um deles e qual o melhor momento de usá-los. Aprenda já!

Primer
1primer
O que é: o primer nada mais é do que o produto que antecede a base. Ele possui uma textura translúcida e desaparece quando espalhado pelo rosto.

Para que serve: seu principal objetivo é preparar o rosto para receber a maquiagem, igualando e iluminando a pele, deixando-a mais lisa e uniforme. Ele também disfarça imperfeições, como linhas finas e poros dilatados.

Como usar: o primer deve ser aplicado em pequenas quantidades, com batidinhas leves com os dedos. Usado após o filtro solar e antes da base, ele ainda tem o poder de fazer sua make durar mais.

BB Creambb creamO que é: abreviação de beauty balm, o BB Cream além de hidratar e proteger a pele (inclusive dos raios solares), une as funções do primer e da base, já que possui pigmentos capazes de deixar o tom do rosto uniforme.

Para que serve: ideal para quem precisa de uma pele com aspecto saudável e com um toque de cor, mas não gosta da alta cobertura da base. O BB Cream apresenta um resultado mais leve, perfeito para ser usado durante o dia e criar um visual mais natural.

Como usar:  Por possuir uma fórmula completa, ele deve ser usado sobre o rosto limpo e totalmente “cru”, sem nenhum produto antecedente. Se precisar, passe um pouco de corretivo por cima nas possíveis manchas ainda aparentes.

Base
base
O que é: em bastão, creme ou líquida, a base, apesar de não dispensar o uso de outros cosméticos (hidratante e protetor solar), é o produto mais eficaz na hora de esconder manchas, espinhas, olheiras e poros dilatados.

Pra que serve: a base funciona somente como uma “máscara” sobre a pele, camuflando problemas comuns, como acne, manchas e descamações. Seu pigmento mais concentrado acaba fazendo da base o produto perfeito para uma maquiagem mais formal e elaborada.

Como usar: a base deve ser aplicada com pincéis de diferentes formatos, cada um com a intenção de esfumar ou concentrar o produto em áreas específicas do rosto. Se sua pele for mais oleosa, procure uma base com fórmula oil-free e efeito matte, o que diminui aquele aspecto brilhante na pele.

Fim das dúvidas? Agora que você já sabe quando usar o BB Cream, o primer e a base, com certeza vai ficar mais fácil de criar makes cada vez mais lindas. Go, girl!

Bjs,
Fabi Scaranzi

0 827

O striptease pode ser uma boa forma de pôr fogo na relação, sem precisar de muito esforço. Veja já como fazer. Tenho certeza que ele vai adorar!


1b

Não é só porque você está em um relacionamento há anos que vocês precisam entrar na rotina. Alguns truques ajudam (e muito!) a apimentar a relação: seja uma boa massagem, fantasias, brinquedos eróticos, uma lingerie diferente e, porque não, um striptease!

De acordo com a sensual coach Dayane Abreu, o primeiro passo é não tem vergonha e entrar na brincadeira. Afinal, seu parceiro só vai aproveitar se sentir que você também está curtindo o momento.  Se a vergonha falar mais alto, vale até representar uma personagem. “Ao assumir uma postura que foge dos traços da sua personalidade e encarar o momento como se fosse uma outra pessoa, fica mais fácil levar o striptease a diante. Vale até pedir que ele te chame por um outro nome previamente escolhido por você”, diz.

É importante também levar em consideração o dia do parceiro. Se ele tiver passado por problemas no trabalho e chegar em casa cansado, talvez seja melhor reconsiderar e adiar a brincadeira.

Acerte no ambiente: uma iluminação mais branda ou à base de velas incentiva o romantismo e a sensualidade. A escolha da música também é muito importante. Ela não pode ser lenta, nem rápida demais. No Spotify você encontra várias playlists com músicas propícias para esses momentos a dois.

Capriche nas comidinhas: muita gente gosta de incluir algumas frutas e docinhos nesses momentos mais românticos. Se você faz parte desse time, prepare uma bandeja com frutas vermelhas, chocolates e champanhe. Que tal fazer alguns movimentos de dança enquanto saboreia a bebida na frente dele?

Arrase no visual: salto alto é fundamental e não deve ser tirado em momento nenhum. Já, a escolha da roupa, vai do seu estilo, só não se esqueça de estar com uma lingerie maravilhosa por baixo. “Homens amam rendas e calcinhas fio dental, especialmente nas cores preta, vermelha e branca”, diz Dayane.

Atice a curiosidade dele: nada de pressa! Para que seu striptease surta efeito, tire cada peça bem devagar e de uma maneira bem sensual. Desabotoe camisas e saias de cima para baixo, tendo certeza que seu parceiro está atento a todos os seus movimentos.

Acerte no passo a passo: dê o play na música e comece a danças como se a vontade tivesse surgido naquele momento. Mova os quadris lentamente, enquanto toca o seu corpo lentamente, olhando diretamente para ele. Vá tirando as peças de roupa devagar, mas cuidado com o tempo. A performance não pode durar mais do que uma música de quatro minutos, senão fica difícil manter o foco unicamente em você. “Se quiser ousar ainda mais, use um lenço ou uma gravata para amarrar as mãos do parceiro, deixando o jogo da sedução ainda mais interessante”, finaliza.

Preparada para arrasar na striptease?

Bjs e divirtam-se,
Fabi Scaranzi

 

0 580

Vegetarianos, atenção: excluir a carne do cardápio não significa ter uma saúde de ferro. Cientistas provaram que essa dieta também exige alguns cuidados


25-1

Buscando saúde e qualidade de vida, muita gente resolve tirar de vez a carne do cardápio ou até mesmo outros itens de origem animal, como leite, queijo e ovo. Como novos hábitos na rotina, os vegetarianos passam a acreditar que estão com a saúde de ferro e o organismo blindado de qualquer doença. Mas será que é verdade?

Um estudo recente da Universidade Harvard, nos Estados Unidos garante que não é bem assim. A pesquisa, publicada no periódico científico Journal of the American College of Cardiology em julho de 2017, explica que dependendo de como fica a alimentação dos vegetarianos com a nova dieta, o risco de doenças cardíacas pode aumentar.

Entenda a pesquisa
O trabalho foi feito com mais de 200 mil pessoas que, ao longo de 20 anos, responderam questionários sobre estilo de vida, cuidados com a saúde e histórico familiar. Os participantes que tiveram problemas no coração, derrame ou câncer foram excluídos já no início da investigação.

Divididos em grupos, os voluntários seguiram três dietas diferentes: a primeira não eliminava itens de origem animal, mas priorizava alimentos vegetais; a segunda era vegetariana e focava principalmente em grãos integrais, frutas e verduras; e a terceira não incluía carnes, mas priorizava alimentos industrializados não saudáveis.

Depois de duas décadas de observação, os cientistas de Harvard perceberam que, no geral, adotar um cardápio livre de carne vermelha, frango ou peixe ajuda a prevenir males cardiovasculares. Quem seguiu menus cheios de frutas, verduras e cereais integrais apresentavam bem menos risco de sofrer ataques do coração. O mesmo vale para os que consumiram pouca carne e muitos alimentos frescos.

Atenção para a novidade
O que chamou a atenção dos experts foi que os vegetarianos que abusaram de grãos refinados, refrigerantes e que comeram muito carboidrato se mostraram mais propensos a desenvolver problemas no coração. “É evidente que há muita variação na qualidade nutricional de dietas vegetarianas”, observa Ambika Satija, líder do estudo.

Os pesquisadores acreditam que os vegetarianos precisam reforçar o cardápio com alimentos nutritivos, principalmente aqueles adotaram esse estilo de vida há pouco tempo. E se você está pensando em eliminar os alimentos de origem animal da sua dieta, comece de maneira gradativa. “Assim como acontece com a atividade física, fazer pequenas alterações na dieta, em vez mudanças radicais, pode ser mais motivador e sustentável”, propõe Kim Allan Williamns, um dos autores do estudo.

Deu pra ver que, como tudo na vida, nossa alimentação também pede equilíbrio e moderação. Nossa saúde agradece!

Bjs,
Fabi Scaranzi

0 905

O olho esfumado faz toda a diferença na maquiagem. Aprenda já três tutoriais fáceis (e atemporais!) pra você copiar em casa


fabi olho esfumado

Não existe maquiagem mais poderosa do que um belo olho esfumado, né?! Eu adoro!! Ainda mais porque esse truque de make pode ser usado a qualquer hora do dia e ocasião, o importante é saber dosar a quantidade e pigmentação da sombra. Deu pra ver que eu aposto no olho esfumado inclusive durante o dia, né?!

Pra muita gente, entretanto, fazer um olho esfumado em casa ainda é um grande desafio. Pensando nisso, separei três passo a passos bem simples pra você copiar sozinha e virar uma expert nessa técnica de beauté! Escolha seu preferido e mãos à obra.

Olho esfumado preto
O olho esfumado preto é aquele clássico de todas as horas, Jennifer Lopez sabe bem. Usado principalmente a noite, ele tem o poder de criar a ilusão de olhos maiores e, de quebra, deixa qualquer maquiagem mais sensual.Jennifer+Lopez+Makeup+Smoky+Eyes+DquD4TwPHIKxComo fazer:
1. Espalhe sombra cremosa com um pincel redondo por toda a pálpebra móvel.
2. Aplique um lápis preto na linha d´água, na raiz superior e inferior dos cílios.
3. Esfume bem a sombra em pó mate na pálpebra móvel, ultrapassando o côncavo, chegando quase na sobrancelha.
4. Espalhe a mesma sombra na raiz inferior dos cílios, fundindo com a sombra cremosa e o lápis.
5. Ilumine o canto interno com sombra grafite e finalize com muita máscara para cílios.

Olho esfumado colorido/metalizado
Os tons vibrantes (de preferência o marsala ou o roxo) continuam com tudo em 2018 e se forem metalizados, então, ainda melhor. Essa make é perfeita para quem é mais ousada e não tem medo de chamar a atenção, como a it-girl Kylie Jenner. Só cuidado: com um olho esfumado tão marcante, o melhor é apostar num batom mais discreto ou da mesma cor do olho.
kylieComo fazer:
1. Com um pincel redondo, aplique sombra colorida colorida ou metalizada no côncavo, da parte externa para a interna.
2. Esfume bem, levando a cor em direção à pálpebra superior, sombreando até chegar próximo à sobrancelha e dando um acabamento arredondado na parte externa do olho.
3. Espalhe sombra marrom clarinha por toda a pálpebra móvel, de fora para dentro e de baixo para cima, até misturar com o metalizado.
4. Com um pincel fino, esfume sombra metalizada na parte inferior do olho. Para dar um efeito dégradê, aplique lápis marrom nas raízes superior e inferior dos cílios. Esfume para fundir com a colorida.
5. Finalize passando várias camadas de máscara nos cílios e um pouco de iluminador dourado no canto interno dos olhos.

Olho esfumado marrom
O olho esfumado marrom é, sem dúvida, a opção perfeita para quem ainda não tem muita prática com maquiagem ou que sai de casa logo de manhã e emenda um compromisso atrás do outro. A cor é atemporal, cai bem em qualquer tom de pele e pode ser usada tanto numa reunião de trabalho, quanto num jantar mais formal. Natalie Portman arrasou com essa make clássica.
npComo fazer:
1. Prepare a pálpebra móvel com um pouco de corretivo e pó.
2. Com uma sombra marrom opaca, aplique o produto na pálpebra, de dentro para fora.
3. Faça um traço bem rente aos cílios com um lápis preto de longa duração.
4. Esfume o traçado.
5. Escolha uma sombra marrom um tom mais escuro do que o usado anteriormente. Com um pincel, esfume em direção ao começo dos olhos.
6. Com o mesmo pincel, trace uma linha logo abaixo dos cílios inferiores.
7. Coloque um pouco de sombra dourada iluminada no canto interno dos olhos.
8. Finalize com muita máscara nos cílios.

Viu como é fácil? Seguindo essas dicas, deixar sua make ainda mais bonita vai ficar muito mais fácil.

Bjs,
Fabi Scaranzi

0 1663

Confira três dicas de quem entende do assunto pra você se sentir sexy e confiante independentemente da idade ou tipo de corpo. E o melhor: usando suas roupas preferidas!


angelica

Não é só porque você passou dos 35 que não pode sair de casa com um look de parar o quarteirão. Pelo contrário, seja qual foi a sua idade ou tipo de corpo, você merece se sentir sexy e arrasar por aí com estilo e confiança.

Agora, se tem faltado coragem para mostrar um pouco mais suas curvas, está na hora de mudar! A stylist americana Micaela Erlanger, responsável por vestir celebridades como Lupita Nyong’o e Jennifer Hudson, revelou ao “WhoWhatWear” seus três melhores truques para ficar sexy, sensual e elegante em qualquer fase da vida. Quer aprender? Anote já as dicas dessa consultora de moda poderosa!

Não abra mão do conforto
Engana-se quem pensa que sensualidade é sinônimo de roupas justas (e super desconfortáveis!) A regra número um da especialista é só usar aquilo que te deixe 100% confortável – seja um vestido justinho, ou um jeans do dia-a-dia. “Não existe idade certa para nada – é uma questão de confiança e se sentir confortável na sua seleção”, completa. E está certíssima, né?!

Reconheça os pontos fortes do seu corpo
“É fundamental encontrar um estilo que fica bom na sua figura, não importa se isso significa optar por uma peça de ombro de fora ou um vestido que bate abaixo do joelho. É importante achar o que funciona para você”, aponta. Por isso, gaste alguns minutos na frente do espelho e não tenha medo de experimentar diferentes peças até encontrar aquela que valorize seus pontos fortes ou aquelas capazes de esconder gordurinhas indesejáveis ou pequenos defeitinhos. E não se esqueça: algumas peças apresentam diferença nas modelagens, até mesmo as mais justas ou curtas. Por isso, na hora da compra, preste atenção nos cortes, costuras e modelagens.

Cris-Vianna

Cris Vianna aposta nos recortes estratégicos para realçar o colo e no body preto para criar a impressão de tronco e ombros mais estreitos

Lingeries modeladoras: suas maiores aliadas
Seja você magérrima, cheia de curvas ou um pouco mais cheinha, Micaela Erlanger explica que as lingeries modeladoras (como cintas, bodies e até calcinhas ais altas) são armas fundamentais na hora de usar blusas, saias ou vestidos mais reveladores. “Esse tipo de peça ajuda a dar uma textura mais bacana para a pele, disfarçando celulites e deixando tudo lisinho, além de esconder possíveis dobrinhas e gordurinhas que você não quer mostrar”, explica.

Unindo conforto com peças que revelem seus pontos fortes e lingeries capazes de modelar o seu corpo e deixar a pele mais uniforme, você vai se sentir mais linda, sexy, confiante e vai ser sua autoestima ir lá pra cima, independentemente da idade. E aí, preparada para conquistar o mundo?

Bjs,
Fabi Scaranzi