WordPress database error: [You have an error in your SQL syntax; check the manual that corresponds to your MySQL server version for the right syntax to use near '' at line 1]
SELECT count(*) FROM pfs_post_like_rate WHERE post_id =

Fabiana Scaranzi

891 MATÉRIAS 61 comentários

1 654

Pensando em aproveitar o feriado da Semana Santa para viajar? Dá uma olhada nesses quatro destinos: além de maravilhosos, os preços estão super em conta


Mal passou o Carnaval, já está na hora de planejar sua próxima viagem! A Semana Santa conta com três dias pra você curtir e relaxar e no Brasil é que não faltam destinos lindos pra você aproveitar. Só não dá pra perder tempo: veja algumas opções de lugares com preços em conta e planeje já sua viagem!

Gramado (RS)
Quanto você vai gastar: Em média R$ 1.200
Porque vale a pena: Não é a primeira vez que recomendo uma viagem à Gramado! Destino mais procurado no Brasil, a cidade conta com construções em estilo europeu e tem atrações para todos os dias, além de ótimos vinhos e paisagens lindas. Como destaque, o Mundo do Chocolate (primeiro parque temático do gênero nas Américas)! São mais de 200 peças, desde estátuas a réplicas de monumentos famosos (como a Torre Eiffel), todos feitos com a delícia. Hummm..

gramado

Florianópolis (SC)
Quanto você vai gastar: Aproximadamente R$ 950
Porque vale a pena: Se você não despensa uma boa praia, Florianópolis é a sua escolha. A cidade é o maior sossego, contando com 42 praias pouco urbanizadas. Algumas são, inclusive, antigas colônias de pescadores. Bacana, né? Que tal então aproveitar a Semana Santa para fazer uma road trip pelo sul da ilha? Você vai se maravilhar com o cenário, relaxar e tirar fotos lindas.

florianopolis

Chapada Diamantina (BA)
Quanto você vai gastar: Em torno de R$ 1.000
Porque vale a pena:  Quem não gosta de ficar parado, pode fazer as malas já pra Chapada Diamantina. O motivo? A cidade é perfeita para quem adora uma aventura e adrenalina, já que conta com uma infinidade de caminhadas e trilhas que podem durar algumas horas ou até uma semana inteira. Amantes da natureza poderão passar a noite no meio da mata e, de quebra, se deliciarem em cachoeiras de 300 m e cânions de tirar o fôlego. Vai encarar?

chapada

Ouro Preto (MG)
Quanto você vai gastar: Em média, R$ 900
Porque vale a pena: A cidade é uma verdadeira aula de história! Os exemplares barrocos de Aleijadinho, inclusive, fizeram com que a cidade fosse considerada Patrimônio Histórico-Cultural do Brasil pela UNESCO. Imagina então a quantidade de passeios cheios de cultura que dá pra fazer por lá. Num cenário cheio de ladeiras e arquitetura colonial, a vida noturna de Ouro Preto também é bem agitada. É diversão o dia todo!

ouro preto

Que tal? Animada para curtir sua Semana Santa? Corre que ainda dá tempo!

Bjs,
Fabi Scaranzi

*Preços pesquisados em março/2017 pela momondo (buscador de passagens aéreas e reservas de hotéis), levando em conta a saída por São Paulo e cotando hotéis de 1 a 3 estrelas, mas sempre bem avaliados pelo público.

0 788

Tingir o cabelo em casa e conseguir aquele efeito de salão é mais fácil do que você imagina. Copie já os truques e dicas abaixo!


white_hair_001

Não é todo mês que a gente consegue correr até o cabeleireiro para tingir o cabelo. Seja por falta de tempo, ou pra dar aquela segurada nos gastos, as vezes pintar e dar aquele trato nos fios em casa é inevitável. Mas porque será que é tão difícil criar aquele efeito igual ao dos salões?

A boa notícia é que esse desafio está se tornando cada vez mais possível. Sabia que hoje em dia existem algumas fórmulas com ativos hidratantes específicas, inclusive, para fios cacheados e até produtos que prometem desbotar menos e não amarelar?

Abaixo, ajudo você a escolher a tinta certa pra você tingir o cabelo em casa e os truques certeiros para você ficar com os fios lindos e hidratados, como se tivesse saído do salão.

Acerte na escolha
Na hora de comprar sua tintura, não basta apenas escolher aquele tom dos seus sonhos, é preciso levar em conta também o histórico do seu cabelo. Por isso, preste atenção se você:

1. Tem alguma química, como formal da escova progressiva!
Aí, o melhor é investir nos tonalizantes. O motivo? Eles são livres de amônia e, por isso, agridem menos o cabelo que já está sensível.

2. Quer mudar de cor!
Uma dica básica de todo cabeleireiro é que é muito mais fácil escurecer os fios que do clareá-los. Portanto, se a intenção é mudar a cor do cabelo radicalmente, opte sempre pela tonalidade mais clara. Se não gostar do resultado, é só ir escurecendo aos poucos.

3. Precisa esconder os fios brancos
Grossos, os fios brancos são mais fortes e, consequentemente, vai difíceis de cobrir. Por isso, na hora de tingir o cabelo em casa, opte pela coloração permanente ao tonalizante.

cabelo-tintura-sme-13664

 Melhor prevenir
Lendo assim, parece óbvio, mas essas três dicas ajudam e muito quem costuma tingir o cabelo em casa e não gosta de ser pega de surpresa.

* Tinturas de cabelo tendem a agredir bastante o cabelo, por isso o melhor é fortalecer os fios usando uma máscara reconstrutora alguns dias antes de aplicar o produto. Só cuidado com aquelas ampolas de vitamina. Misturadas à tinta, elas podem causar uma reação química.

** Pra não correr o risco de ficar sem tinta no meio da aplicação, lembre-se de sempre levar em conta o comprimento e a quantidade do seu cabelo. Será que não é melhor pecar pelo excesso e comprar duas caixinhas? Melhor do que faltar, né?

*** Antes de tingir o cabelo, organize sobre a pia tudo o que você vai precisar: luvas, pincel, um potinho para misturar o produto… Depois, divida o cabelo em algumas partes, passe hidratante na testa, pescoço e orelhas para não manchar a pele e só então misture a tinta à emulsão reveladora e à água oxigenada. E não demore para aplicar o produto, hein? A amônia tem um pico de ação e, aos poucos, perde sua potência.

Pra não errar mais
É preciso prática para tingir o cabelo em casa e não deixar fios manchados ou quebradiços. Cinco dicas, entretanto, vão ajudar você a não cometer mais nenhum deslize.

Não lave o cabelo um dia antes de aplicar a tinta, nem aplique nenhum tipo de leave-in, já que os produtos podem deixar resíduos que vão atrapalhar na penetração da tinta.

Comece a aplicação da tinta sempre pelos fios brancos.

Se a intenção é apenas retocar a raiz, passe uma grande quantidade de produto nos fios brancos e, quando faltarem 15 minutos para finalizar o processo, aí então passe o restante da tintura no cabelo. Esse truque evita diferenças na tonalidade.

Procure sempre usar produtos para cabelos coloridos de uma mesma linha, sendo o shampoo, o condicionador e a máscara hidratante da mesma marca.

Mesmo com a presença de produtos específicos, como toucas e aplicadores, fazer luzes em casa (ou até mesmo californianas ou ombré hair) não é tão simples. No salão, o expert vai saber avaliar a melhor escolha de cor para alcançar o tom desejado. Ao tingir o cabelo em casa, você corre o risco de ficar com mechas alaranjadas quando sonhava com um belo tom de dourado. Aí, né?

Fim das dúvidas?

Bjs,
Fabi Scaranzi

0 1903

A sobreposição de colares dá um ar mais feminino e delicado ao look. Aprenda já como fazer diferentes combinações sem deixar o visual carregado


IMG_2840Uma moda que voltou com tudo e eu adorei foi a sobreposição de colares! Na maioria das vezes mais delicados e bem compridos, a ideia de juntas dois (ou mais!) colares de tamanhos diferentes, mas com o mesmo estilo em um mesmo look, deixa a produção moderna e impecável, além de super feminina.

Sempre acreditei que os acessórios são as peças que dão vida ao look. Já notou com a combinação simples de calça jeans e regata branca ganha outros ares quando combinadas com um um maxi brinco ou até um cinto diferente? Eu adoro! Poder criar vários looks só trocando os acessórios é uma jogada fashion incrível, além de ser super econômica.

E é exatamente isso a sobreposição de colares faz: nos dá possibilidades infinitas para combiná-los e criar looks mais casuais para um domingo à tarde, mais formais para o trabalho e mais estilosos para um jantar ou balada.

Quer aprender a fazer essa sobreposição de colares sem exagerar, nem errar nas combinações? Então dá uma olhada nessas cinco maneiras infalíveis de mixá-los sempre de forma harmoniosa e cheia de estilo.

1. A ideia de combinar um colar mais “agressivo”, como a choker dourada, com um mais delicado, além de ficar super delicado, cria equilíbrio no conjunto e quebra o visual mais pesado do look.

1

2. Muita gente torce o nariz, mas eu adoro a ideia de criar a sobreposição de colares com metalizados em tons diferentes. Seja prata com dourado, dourado com rosê, prata com grafite… tudo funciona muito bem. Pode apostar sem medo!

2

3. Faz a linha boho? Então tudo o que você precisa é combinar várias correntes fininhas de diferentes comprimentos, mas sempre com vários detalhes para criar uma produção nessa pegada. Só tome cuidado porque colares mais finos tendem a se enroscarem uns nos outros.

3

4. Sobrepor correntes em um mesmo tom, mas de tamanhos diferentes, além de dar harmonia ao look é perfeito para quem tem um estilo mais romântico. Eu adoro!

4

5. Outra proposta bem bacana é investir em um visual mais clean e combinar uma choker e uma corrente bem fininhas. O resultado? Um look minimalista, chic e cheio de estilo.

5

Para se inspirar
Quer mais? Separei algumas outras ideias de sobreposição de colares (inclusive com alguns bem grandes!) pra você aprender diferentes combinações e criar as suas sem erro. Espia só!

7 8 9 11 126 131014 15

Um conjunto mais lindo que o outro né? Eu adorei!
E você? Vai se jogar nessa tendência? Conte pra mim nos comentários.

Bjs,
Fabi Scaranzi

    0 631

    Veja o que é possível deduzir do seu Imposto de Renda e diminuir o impacto no seu orçamento


    shutterstock_348759857-min-780x640

    Sabia que prazo para a entrega da declaração de Imposto de Renda 2017 vai até o dia 28 de abril? Tempo de sobra você tem e nada melhor do que se preparar com antecedência, né? Porém, vale a pena ficar de olho também nas deduções, assim você diminui o impacto do imposto sobre o seu orçamento.

    Se você não sabe muito bem o que são as chamadas despesas dedutíveis, eu explico: elas são gastos que ajudam a reduzir a base de cálculo do Imposto de Renda, fazendo com que você pague menos importo ou tenha direito a restituição.

    Teve poucos gastos dedutíveis em 2016? Então o melhor é optar pela declaração simplificada e ter direito a uma dedução de 20% do total dos rendimentos tributáveis. Agora, se no ano passado você teve gastos altos, principalmente com saúde, educação e dependentes, o melhor é optar pela declaração completa e abater o máximo que puder.

    Dá uma olhada nos principais itens que devem ser abatidos do seu Imposto de Renda:

    1. Dependentes (veja no site da Receita Federal quem faz parte dessa lista)
    Tem filhos, enteados ou é responsável por pessoa completamente incapaz? Eles devem ser incluídos na declaração para reduzir o valor pago. O limite de dedução com dependentes é de R$ 2.275,08 para cada um. O que se você incluir além desse valor são outras despesas, como instrução e saúde, que são lançadas no sistema em outras “fichas” do programa. Vale lembrar também que a partir de 2017 obrigatória a apresentação do CPF para a declaração de dependentes menores de 12 anos.

    2. Pensão alimentícia
    Dá para deduzir os valores pagos em pensão alimentícia se você tiver guardado os documentos relativos à fixação da obrigação, os dados do beneficiário e como deve ser satisfeita a obrigação. Ao pagar a pensão alimentícia, se você tiver registro em carteira, o desconto será feito em folha de pagamento e a informação aparecerá no informe de rendimento fornecido pela empresa.

    3. Educação
    Também é possível deduzir do Imposto de Renda as despesas com educação tanto suas, quanto dos seus dependentes. Nesse quesito, sem encaixam: ensino infantil, fundamental, médio, profissional (técnico e tecnológico) e superior (graduação e pós-graduação). Se a despesa com educação for superior ao limite antes indicado (conforme o pagamento da mensalidade e anuidade escolar), o sistema só levará em conta o valor limite. Mas nada de lançar o valor errado, hein? Informe o valor correto, assim se a despesa com instrução for de R$ 6 mil, por exemplo, essa importância deve ser lançada na declaração.

    imagens_10420151549240

    4. Despesas médicas
    Gastos com saúde também podem ser deduzidos integralmente do seu Imposto de Renda quando relacionados a tratamentos próprios e de dependentes. Para fazer valer a dedução, é preciso comprovar o gasto através de recibo ou nota fiscal, ou pedir aos profissionais de saúde a DEMED (Declaração de serviços e atividades médicas e correlatos). Podem ser consideradas despesas médicas ou de hospitalização qualquer pagamento feito a médicos, dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, hospitais e despesas com exames laboratoriais, serviços radiológicos, aparelhos ortopédicos, próteses ortopédicas e dentárias.

    5. INSS de empregado doméstico
    O empregador também pode deduzir a contribuição patrona paga em 2016 à Previdência Social. Nesse ano, o limite é de R$ 1.093, 77.

    6. Contribuições à Previdência Social e Complementar
    Contribuições feitas à Previdência Social, descontadas de rendimentos isentos ou recolhidas na condição de autônima, podem ser deduzidas sem limites. No caso da Previdência Complementar, estão autorizadas deduções das contribuições realizadas por meio de plano PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e Fapi (Fundo de Aposentadoria Programada Individual).

    7. Doações a programas incentivados
    Sabia que doações realizadas a programas incentivados também podem ser abatidas do Imposto de Renda? Fazem parte dessas deduções contribuições relativas ao Estatuto da Criança, Fundos do Idoso, Incentivo à Cultura, Audiovisual e Esporte. A dedução fica limitada ao máximo de 6% do imposto de devido. Para saber mais, acesse o site DeduzIR.me

    Fim das dúvidas?

    Bjs,
    Fabi Scaranzi

    **Fontes: Receita Federal e financasfemininas.uol.com.br

     

    0 774

    Já notou como os casamentos têm acabado cada vez mais cedo? Entenda os motivos e como fazer para blindar a sua relação


    Q8NF5YB-1500x750

    Você já deve ter passado por isso: durante uma conversa com amigas alguém solta: “Sabia que fulana e ciclano já separaram? O casamento não durou nem dois anos”.

    Pensando um pouco sobre o assunto, fica impossível não se perguntar: por que será que os casamentos atuais têm durado tão pouco, principalmente quando comparamos com a relação duradoura de nossos pais e avós?

    Conversando com a terapeuta de casal e familiar, Lana Harari (SP), descobri que muitas pessoas veem no casamento dos pais uma relação idealizada, mas que, apesar de serem cúmplices, muitos passaram por dificuldades no começo da relação e ainda assim decidiram continuar juntos. “Ninguém sabe se atualmente esses casais de longa data são realmente felizes e estão satisfeitos, ou se a escolha de estarem junto é feita todos os dias. Muitos, inclusive, deixam de lado a relação conjugal, aquela que inclui o sexo e a cumplicidade, para viverem apenas a relação familiar, colocando à frente a felicidade dos filhos”, explica.

    Primeiro, de acordo com a terapeuta, é preciso ter em mente que um casamento duradouro não significa necessariamente um casamento feliz. É aí que vem a pergunta: prefiro viver uma relação infernal ou viver sozinha? Lembre-se que vínculos afetivos sempre vêm acompanhados de conflitos. Os valores, expectativas, sonhos e hábitos podem ser diferentes e nem sempre esses vínculos comportam os conflitos e as incompatibilidades.

    Os casamentos no século XXI
    Talvez, a principal diferença entre os casamentos antigos com os de atualmente é que o casal já não é mais dependente um do outro financeiramente. Pelo contrário! “Já faz anos que a idade conjugal não define mais a mulher, mas sim se ela trabalha, se tem recursos próprios para se sustentar e liberdade para tomar as decisões que desejar”, explica Lana.

    E se hoje, graças ao empoderamento feminino (aliás, sabia que a palavra “empoderamento” foi a mais procurada nos dicionários online em 2016?), as diferenças de gênero vem aos poucos diminuindo não apenas no ambiente de trabalho, mas também dentro de casa – quem disse que o homem não pode cozinhar enquanto a mulher cuida das finanças? – fica mais fácil tomar coragem para jogar tudo pro alto e priorizar a liberdade de ir atrás de suas metas, focos e sonhos sem ter alguém podando seus atos e te colocando limites.

    Sthepany Brito e Alexandre Pato: casamento só durou um ano

    Sthepany Brito e Alexandre Pato: casamento só durou um ano

    Namoro x casamento: duas realidades bem diferentes
    Como é comum ouvir casos de pessoas que namoraram há 7, 10 anos e não conseguiram ficar nem um ano casados. Por que será? Lana Harari explica: no casamento aumentamos nosso grau de expectativa sobre o outro e aquela atenção seletiva do começo do namoro vai dando espaço às características reais”.

    Já ouviu falar em atenção seletiva? É ela quem te cega lá no comecinho do relacionamento e faz você só enxergar as qualidades do parceiro. Para a terapeuta, entretanto, essa atenção seletiva é extremamente necessária, senão, se tivéssemos uma visão realista do parceiro desde o começo, jamais formaríamos esse vínculo tão necessário para a relação.

    É com a chegada do casamento que vem as expectativas, sejam elas conscientes ou inconscientes. Por exemplo: enquanto algumas mulheres afirmam que querem crescer na carreira e formar com o marido um casal poderoso, inconscientemente elas desejam que o homem seja o provedor e assuma a maioria das responsabilidades da casa. No caso dos homens, enquanto muitos desejam uma relação fraternal com a esposa (ser cuidado e zelado diariamente), inconscientemente ele espera que a mulher seja independente e não recorra a ele sempre que surgir um problema. Difícil, né? E tem mais!

    Além desses desejos conscientes e inconscientes (que variam de pessoa pra pessoa), é no casamento que se descobre as pequenas diferenças, seja na divisão de tarefas domésticas, nos hábitos, valores e até na divisão do espaço – onde fumar, qual canal de televisão assistir, se a luz deve ou não ficar acesa na hora de dormir… “Essa co-habitação pode gerar conflitos entre os diferentes jeitos de ser e nem sempre o casal tem maturidade para relevar manias e ceder vontades”, diz Lana.

    bonner-fatima21

    Já William Bonner e Fátima Bernardes ficaram juntos por 26 anos

    Casamentos em crise! Atenção para as dicas da especialista
    Casou há poucos anos e já vê sinais de uma crise conjugal se aproximando? Calma! Talvez vocês só estejam passando por uma fase de adaptação. “A fase de estranhamento pode demorar bastante. Já vi casos de crises que duraram mais de 10 anos. É preciso entender que isso é natural em qualquer novo casamento e que, para fazer a relação dar certo os dois precisam se redescobrir e redefinirem o que querem e no que se transformaram, dentro e fora do relacionamento”, diz Lana. Com as novas metas e vontades determinadas, chegou a hora de firmar um novo “contrato de casamento” – conversa franca sobre o que querem um do outro e como vão fazer, para juntos, alcançarem suas metas como casal.

    Lana Harari cita ainda uma lista de pequenas atitudes indicadas por especialistas que ajudam (e muito!) a manter os casamentos saudáveis e felizes. Dá uma olhada:

    Melhorar a comunicação de forma que ela seja clara e livre de ofensas
    Se esforçar para melhorar a vida sexual
    Esclarecer, através do diálogo, as expectativas iniciais e construírem juntos projetos comuns
    Focar na individualidade e separar projetos pessoas dos conjugais
    Saber ceder e fazer concessões
    Se esforçar para cultivar a vida social
    Ter paciência para lidar com a rotina
    Dar ao outro gestos de atenção constantes (desde elogios até palavras de encorajamento)
    Harmonizar as tomadas de decisão conforme as aptidões de cada um (quem é melhor em finanças cuida das contas da casa, enquanto o outro, mais criativo, planeja as viagens e eventos sociais)
    Estar sempre consciente de que a vida está cheia de imprevistos e que é preciso estar reinventar seu casamento constantemente com base nesse conhecimento.

    Quando vale a pena procurar terapia?
    “O mais rápido possível”, garante Lana Harari, afinal, quando acaba a atenção seletiva, fica difícil fazer o casamento ir pra frente. E não pense você que uma hora de terapia apenas resolve? O trabalho precisa ser constante, principalmente dentro de casa. “Só depois de casados é que você descobre que é impossível não ter conflitos e que filho não conserta uma relação com problemas”, ressalta a terapeuta. Por isso a importante de se redescobrir todos os dias, não apenas como mulher, mas como esposa, companheira e melhor amiga.

    Bjs,
    Fabi Scaranzi

    0 868

    Algumas mulheres, mesmo depois de anos de relação, ainda sentem dor durante a relação sexual. Saiba já os motivos do desconforto e como amenizar o problema


    dor-relacao

    Sabia que sentir dor durante a relação sexual é mais comum do que se imagina? Pesquisas revelam que 1 em cada 5 mulheres sentem dor no momento da penetração. Bastante, né? Aí, aquele momento que tinha tudo pra ser de total prazer, acaba se tornando um “sacrifício”.

    De acordo com a ginecologista de São Paulo, Eloísa Nogueira, esse incômodo tem nome: dispareunia. “A dispareunia é aquela dor persistente no genitais, seja antes, durante ou depois das relações sexuais”, explica.

    Conheça as causas mais comuns para as dores durante a relação sexual
    O desconforto durante o sexo pode ser causado por inúmeros motivos. Conheça alguns deles citados pela especialista.

    Falta de lubrificação causada pelo pouco estímulo ou preliminares insuficientes ou até por alterações hormonais, principalmente com a chegada da menopausa.

    Irritação vaginal causada pelo uso de absorventes internos e sabonetes perfumados.

    Dor proveniente de inflamações ou infecções urinária ou vaginal, ou até infecção nas trompas de Falópio, que faz com que a penetração seja dolorosa.

    Reação alérgica a certos contraceptivos, como espermicidas ou até pelo látex de alguns preservativos.

    Doença inflamatória pélvica (DIP) ou até mesmo um prolapso uterino – condição anatômica que faz com que o útero seja um pouco inclinado para trás.

    Casos de infecção por herpes ou presença de hemorroidas.

    Relação sexual realizada pouco tempo após uma cirurgia na região pélvica e genital.

    Fatores emocionais ou psicológicos, além de certas posições sexuais que podem ocasionar dor.

    Beautiful young couple

    Sinto dor durante a relação sexual. O que posso fazer e como me tratar?
    Se você faz parte do time de mulheres que sente dor durante a relação sexual, o primeiro passo é não deixar que isso afete seu psicológico. “Muitas mulheres acabam se afastando do parceiro por insegurança, autoestima baixa e até medo de se sentirem incapazes de sentirem e darem prazer”, diz dra. Eloísa. Muitas, ainda, acabam perdendo o desejo sexual uma vez que passam a associar o sexo com dor.

    Mas calma, a dispareunia tem tratamento. O primeiro passo é conversar abertamente com seu parceiro e ginecologista para juntos identificarem as causas do desconforto e, então criarem um melhor método de tratamento. “Se as causas forem uma infecção, é mais fácil de tratar”, explica a ginecologista. Agora, se a dor persistir, uma boa opção é partir para tratamentos alternativos, como a fisioterapia uroginecológica.

    Só não aceite a dor durante a relação sexual como algo normal. Pelo contrário. O incomodo tem tratamento e o melhor: normalmente é feito de forma rápida e bem simples. Depois disso, é só prazer!

    Bjs,
    Fabi Scaranzi

    0 1335

    Helô, personagem de Claudia Abreu, adota o estilo básico, mas cheio de classe para cuidar da galeria de arte da qual é dona. Copia já seus looks!


    claudia-abreu

    Quem acompanha a novela “A Lei do Amor”, sabe que a galerista Helô, interpretada por Claudia Abreu, é uma mulher moderna e cheia de estilo. O mais bacana é que Helô não precisa de muito para criar looks chiques e sofisticados e é exatamente por isso que seu figurino tem chamado tanto a atenção.

    Fã de acessórios marcantes, maxi colares, echarpes, óculos de sol e bolsas não podem faltar no look da personagem e é isso que dá vida às suas produções mais clássicas. Dá uma olhada em alguns exemplos abaixo.

    3

    A pantacourt é uma peça que não pode faltar no figurino da empresária e basta acompanhar alguns capítulos da novela para notar como Helô tem várias delas. Em diferentes cores, das mais escuras, aos modelos em tons pastéis, a galerista normalmente fecha o look com blusas e malha e sapatos com saltos mais pesados. É ou não é a opção perfeita para quem trabalha fora?

    5

    O corte de cabelo curtinho de Helô fica ainda mais charmoso quando combinado com acessórios mais modernos, como chapéus e echarpes. Aliás, a galerista acertou em cheio ao escolher o lenço em tom de laranja ou até mais terrosos. O motivo? Por ser loira e mais branquinha, esses acessórios em cores mais vibrantes deram vida ao visual. Adorei!

    2

    Fã de macacões e vestidos midi, Helô traz essa tendência passa a novela apostando peças com corte de alfaiataria, o que deixa o look mais sério e profissional. Outro toque bacana no estilo da personagem é a brincadeira nas proporções. A personagem vira e mexe usa macacões com a barra da calça mais curta, deixando aparecer as canelas. Fica lindo.

    4

    Lembra quando eu disse que Helô é adapta aos maxi acessórios? Dá uma olhada em como eles acrescentam um ponto focal ao visual. A escolha por peças em formatos mais modernos chama a atenção para o colo e valorizam até mesmo os looks mais básicos, além de dar um toque de glamour às produções monocromáticas.

    Linda, né? Adoro o estilo da personagem. E você, o que achou?

    Bjs,
    Fabi Scaranzi

    *Imagens: Globo/Divulgação

    0 1005

    Aprenda como escolher o batom marrom perfeito para o seu tom de pele e saiba como criar makes lindas com essa tendência que vai reinar absoluta durante todo o ano


    fabi batom marrom

    Desde 2016 uma tendência de beleza tem se mostrado presente tanto nas passarelas, quanto nos red carpets e street style: o batom marrom! E parece que ele vai continuar firme e forte durante todo o ano de 2017 – algumas marcas, como M.A.C e Nars, inclusive, já anunciaram que vem lançamentos quentíssimos de batom marrom por aí!

    Desde que Kylie Jenner apareceu desfilando por aí com os lábios marrons, confesso que eu fiquei de olho nessa tendência e passei a inclui-la nos meus looks. E não demorou para que o batom marrom virasse tendência absoluta e desse um ar mais chic e sofisticado às makes. Essa foto abaixo é um exemplo clássico desse tom de batom usado com sofisticação: o brilho por cima do batom marrom claro deixou a maquiagem natural e elegante sem o menor esforço. Adorei!

    batom-marrom-inspiracao-13

    E se depois de ler essa matéria, você vai trouxer o batom marrom para os seus looks, aqui vai minha dica: deixe que ele seja o destaque da sua maquiagem. Com os olhos em tons mais neutros e uma pele mais “quente”, você vai conseguir um resultado incrível!

    Ah, um detalhe bacana sobre o batom marrom é que ele ultrapassa estações e pode ser usado sem medo o ano todo. Em tons mais claros no verão e mais fechado no inverno, ele cai em bem em qualquer tom de pele e tudo indica que essa moda veio mesmo pra ficar.

    (Imagem: E aí beleza)

    (Imagem: E aí beleza)

    Escolhendo o batom marrom ideal pra você
    Sim, o batom marrom pode ser usado a qualquer hora e lugar por qualquer uma de nós, mas sempre tem aquele tom que combina melhor com a nossa pele. Espia só!

    Pele negra
    O batom marrom cai super bem para as mulheres negras, realçando ainda mais a beleza desse tom de pele.
    Para dar ainda mais vida à make, escolha um batom marrom mais escuro (em tons de chocolate e café) e passe uma fina camada de gloss labial sem cor por cima.
    O batom marrom em efeito matte deixa o look mais sofisticado e deve ser usado principalmente à noite, aplicando uma boa dose de iluminador na área dos olhos.
    O batom marrom com fundo vinho tem uma tonalidade interessante e fica ainda mais bonito em mulheres de pele escura. Pode apostar sem medo!

    batom-marrom-negras

    Pele morena
    Mulheres de pele morena devem optar principalmente pelos batons marrons em tons mais fechados.
    Na hora de escolher seu batom marrom, lembre-se que ele deve sempre realçar seu rosto e não apagá-lo. Tons muito próximos ao da sua pele, podem criar a falsa ilusão de pele pálida e sem vida.
    Use um delineador de boca um tom mais escuro do que o batom escolhido para criar um efeito degradê. Além de lindo, esse truque cria a impressão de lábios maiores.

    batom-marrom-inspiracao-11

    Pele oliva
    Sortuda! Todos os tons de batom marrom caem bem em você, então fique à vontade pra escolher a cor que mais lhe agradar. A dica, entretanto, é sempre dar preferência aos tons mais quentes e corais, que se destacam mais.
    Para o dia-a-dia, aposte numa pegada mais clara, dando preferência para os batons cremosos, assim você não corre o risco de deixar sua make apagadinha.

    AP_656259249012

    Pele clara
    Mulheres mais branquinhas precisam de atenção redobrada na hora de escolher seu batom. Para não chocar demais, precisa os tons mais puxados para o nude, sempre em tons rosados.
    Se preferir um batom marrom mais forte, não se esqueça de carregar a maquiagem no blush. Assim você ilumina o rosto sem destacar apenas a região dos lábios.
    Batons marrons com fundo cinza não são indicados para o seu tom de pele? O motivo, eu explico: por você ser mais clarinha, ele pode deixar sua make apagada e sem vida.

    batom-marrom-inspiracao-4

    E aí, já está a procura de um batom marrom pra chamar de seu?

    Bjs,
    Fabi Scaranzi

    *Imagens: Pinterest