WordPress database error: [You have an error in your SQL syntax; check the manual that corresponds to your MySQL server version for the right syntax to use near '' at line 1]
SELECT count(*) FROM pfs_post_like_rate WHERE post_id =

Fabiana Scaranzi

962 MATÉRIAS 75 comentários

0 1506

Alguns cremes são poderosos na hora de tratar o bigode chinês – primeiro sinal de envelhecimento facial. Dá uma olhada nas minhas dicas e sugestões


Beauty Concept Skin Aging. Anti-aging Procedures, Rejuvenation, Lifting, Tightening Of Facial Skin

Assim como as rugas ao redor dos olhos, as linhas de expressão em volta dos lábios até a altura do nariz, com o tempo também passam a ficar mais pronunciadas. São essas marcas mais visíveis que chamamos de “bigode chinês”. O pior é que elas são difíceis de controlar uma vez que aparecem principalmente por conta do excesso do movimento muscular nessa região ao comermos, falarmos e sorrirmos, além do envelhecimento natural da pele que leva à perda de firmeza.

Se você faz parte do time das fumantes, atenção: o bigode chinês tende a aparecer muito mais rápido. Por que? Simples, as rugas verticais localizadas no contorno do lábio superior ficam muito mais pronunciadas uma vez que você repete várias e várias vezes o movimento de juntar os lábios para tragar e segurar o cigarro. É por isso que tantas mulheres fumantes aparentam ter um “código de barras” entre o nariz e a boca. Feio, né? Mais um motivo pra você parar de fumar!!

Mas, calma! O bigode chinês tem tratamento, desde os mais invasivos até aqueles feitos em casa. Se você é daquelas que prefere resolver os “probleminhas estéticos” de forma prática e rápida, recomenda-se a cirurgia plástica ou até os fios de sustentação para erguer a região das bochechas e, consequentemente, esticar e firmar a área próxima aos lábios. Agora, se você percebeu que o nível do seu bigode chinês ainda é leve, uma boa alternativa é apostar nos cremes para contorno de lábios ou até creme para os olhos, já que eles têm praticamente o mesmo efeito e ingredientes parecidos para dar volume, suavizar e prevenir as indesejáveis linhas. A verdade é que a pele dos lábios é tão delicada quanto a do contorno dos olhos e os dois são pontos onde as rugas costumam aparecer logo de cara já que neles não existem glândulas sebáceas que mantém o resto do rosto hidratado.

Bigode chinês: veja quais cremes investir
Seja para os olhos, especificamente para os lábios ou até multifuncionais (fique de olho na embalagem!), dá uma olhada nessas sugestões de cremes para bigode chinês. Eles funcionam mesmo e, se forem usados regularmente, vão mostrar efeito em poucas semanas.

cremes anti-idade

(Avène R$ 76 / Caudalie R$ 89 / Natura R$ 96 / Lèvres de Esthederm R$ 122)

Aplicando o creme sem erro
Para aplicar o creme no seu bigode chinês, não tem erro. Basta colocar uma pequena quantidade no dedo indicador e dar leves batidinhas por toda a extremidade do lábio inferior de baixo para cima, até a direção do nariz. Depois, aplique o excesso que estiver no seu dedo no contorno do lábio de cima, sempre com movimentos leves.

Bjs,
Fabi Scaranzi

Como é bom passar o Dia das Mães do ladinho da nossa, né? Para curtir a data, separei uma lista de filmes imperdíveis para você abraçadinha com a mãe!


Tem coisa mais gostosa do que, depois de um almoço caprichado, passar o Dia das Mães abraçadinha com a nossa mãe no sofá curtindo o domingo? É uma delícia, né?

Pensando nisso, separei uma lista de grandes filmes que mostram essa relação entre mães e filhas pra vocês assistirem juntinhas. E tem para todos os gostos: cinema brasileiro, drama, comédia, musical… Prepare a pipoca e o cobertor, chame sua mãe e curtam esse momento especial na companhia uma da outra. Com certeza seu Dia das Mães vai ser inesquecível!

– O Que Esperar Quando Você Está Esperando
Em diferentes histórias paralelas, o filme mostra a vida de vários casais durante a gestação e conta, de maneira bem engraçada, as dores e as delícias de ser mãe pela primeira vez.
filmes-dia-das-maes_3

– Um Sonho Possível
O filme ensina a verdadeira lição de que mãe é sem cria e não quem, de fato coloca no mundo. O filme conta a história de Michael Oher (Quinton Aaron), um jovem abandonado que foi adorado pela família de Anne Tuohy (Sandra Bullock). A partir daí sua vida muda para sempre.
filmes-dia-das-maes_0

– Lado a Lado
Quem adora um bom drama não pode deixar de assistir Lado a Lado. O filme mostra dois lados da maternidade, quando Julia se torna madrasta dos filhos de Susan. Além das crianças não aceitarem bem a separação dos pais, Susan descobre que está com câncer terminal e precisa aprender a confiar na nova esposa do ex-marido para cuidar de seus filhos. Prepare o lencinho que muitas lágrimas vem por aí!
filmes-dia-das-maes_9

– Minha Mãe Quer Que eu Case
Quem tem aquela mãe que não vê a hora de desencalhar a filha com o homem dos sonhos dela, vai se identificar com esse filme! Se a ideia é relaxar e dar algumas risadas, esse filme é a escolha certa. Vocês vão se divertir muito juntas.
filmes-dia-das-maes_5

– Minha Mãe é Uma Peça (um e dois!)
Como falar de Dia das Mães sem lembrar da famosa Dona Hermínia? O filme que levou o ator Paulo Gustavo ao topo rende uma risada atrás da outra ao mostrar a vida da dona de casa separada com dois filhos. Além de ver o ex com uma mulher bem mais nova, ela surta ao descobrir que seus filhos a acham chata!! No segundo filme da trama, Dona Hermínia se vê no frágil momento em que seus filhos saem de casa e vão morar em outra cidade, mostrando a relação de amor incondicional entre mãe e filho, mas sempre com muito bom humor e situações do dia-a-dia.
20170117190519461861e

– Mama Mia
Fãs de musicais, essa é pra vocês! Antes de se casar Sophie (Amanda Seyfried) resolve descobrir qual dos antigos amores da vida de sua mãe é realmente seu pai. Para isso, ela arma o plano de reunir todos eles em uma ilha, despertando emoções (e paixões!) antigas. Um filme lindo e emocionante, todo com a trilha sonora da banca sueca Abba!
filmes-dia-das-maes_8

– Erin Brockovich – Uma Mulher de Talento
Mãe de três filhos, Erin Brockovich (Julia Roberts) se vê em uma situação difícil quando se envolve em um acidente de carro do qual não teve culpa, Erin pede ao seu advogado para contratá-la para trabalhar em seu escritório de advocacia, onde descobre que a água em uma comunidade local está causando doenças devastadoras entre os seus residentes. Baseado em uma história real, a interpretação rendeu à Julia Roberts um Oscar de melhor atriz.
filmes-dia-das-maes_10

Sugestões anotadas? E aí, quais desses filmes você vai assistir primeiro nesse Dia das Mães?

Bjs,
Fabi Scaranzi

 

À convite da Tricae - loja de produtos infantis - conversei com três mamães sobre os dramas e as delícias da maternidade


foto tricae

Fabi Scaranzi com as mamães Aline Vicente, Carol “Tchulim” e Gabi

Na semana do Dia das Mães, fui moderadora de um bate-papo gostoso e descontraído com três mães incríveis sobre as maiores delícias e desafios sobre a maternidade.

Oferecido pela Tricae – loja especializada em produtos infantis – a live contou com a presença de Gabi, do site Tiago & Gabi, Carol “Tchulim” Rocha e Aline Vicente, do Dia a Dia de Mamãe. Elas não só abriram o jogo sobre as mudanças sofridas na rotina com a chegada do primeiro filho, como também discutiram assuntos delicados, como amamentação, a escolha do parto e até a volta ao trabalho.

Apesar dos estilos e personalidades diferentes, as três concordaram que a cartilha seguida à risca com o nascimento do primeiro filho perde força com a chegada do caçula, afinal, nada melhor do que uma primeira gravidez para ensinar na prática como educar e tirar de letra qualquer desafio da maternidade. “Não sou a favor de palpite, mas alguns conselhos podem ser bons porque você ouve alguém que está fora da situação. O chato é quando as pessoas questionam algo que foi uma decisão sua”, comentou Aline.

Conselhos filtrados e cobranças reduzidas, a gente aprende a intuição materna e não a se tornar vítima das  próprias escolhas. Bom, né? E, sim, é possível conciliar a vida profissional,  a social e a afetiva com a chegada dos pequenos, sem perder os momentos mágicos da maternidade, nem abrir mão de suas responsabilidades e prazeres.

Aperte o play para conferir na íntegra nosso bate-papo.

E aí, gostou? Conte pra mim nos comentários qual é o seu maior desafio como mãe e que outros assuntos voltados à maternidade você gostaria de ver aqui no site.

Bjs e Feliz Dia das Mães,
Fabi Scaranzi

1 657

Apaixonada por viagens a atriz Letícia Spiller conta que é na Toscana, região da Itália, que ela guarda algumas de suas memórias favoritas. Descubra porquê!


leticia spiller

Você já deve ter reparado que, bastou acabar uma novela para os famosos partirem em merecidas férias!! A atriz Leticia Spiller é uma das atrizes que merecidamente procura encaixar uma viagem entre um trabalho e outro.

E, como ela mesma diz, a atriz está aberta a qualquer tipo de viagem, desde paisagens histórias europeias até alguns dias de compras por grandes cidades americanas. O que importa é mesmo é experimentar outras vivências e, de quebra, conhecer outras culturas, gastronomias, ponto turístico… “Para mim, tudo que é novidade é válido para curtir”, disse ela ao UOL. E está certíssima, né?

Mesmo já tendo conhecido diversos lugares pelo mundo, Letícia Spiller confessa que a Itália é uma de suas eternas paixões. É na Toscana, aliás, que a atriz guarda uma de suas memórias favoritas.

Letícia Spiller esteve na região em 2003 e pode conhecer um pouco mais sobre os pratos típicos da Toscana, além de curtir de pertinho o clima tranquilo e, porque não, romântico dessa parte da Itália. “Visitei um lugar onde se produz vinho e comi uma massa recheada de trufa maravilhosa. Lá é uma delícia. Nunca me esqueci. É um destino romântico. Foi uma viagem tranquila, gastronômica, para conhecer”, conta.

É verdade que a Toscana tem um ar mais convidativo para curtir a dois, mas são tantos passeios e pontos turístico, praias, montanhas e paisagens extraordinárias para visitar que mesmo viajando com a família ou amigos você vai aproveitar ao máximo e vai embora já sentindo vontade de voltar.

Compartilhe-sua-viagem-itália-toscana

E se você não sabe por onde começar seu roteiro pela Toscana, anote aí sete lugares que você não pode deixar de visitar:

– Florença, cheia de museus e bairros históricos.
– Siena, com visita imperdível ao Palácio Público e a Torre de Mangia.
– Chianti, onde você deve reservar um tempo para fazer uma caminhada ao ar livre pelo Castelo de Verrazzano.
– San Gimignano, destino perfeito para quem adora a era medieval.
– Pisa, para conhecer a famosa Torre de Pisa e a Praça dos Milagres.
– Arezzo, com diversas catedrais espalhadas pela cidade, cidade perfeita para quem gosta de arquitetura.
– Livorno, para conhecer o Porto de Livorno, que além de lindo tem grande valor comercial e industrial.

Letícia Spiller conta ainda que deixa a pressa em casa quando viaja, só assim consegue aproveitar ao máximo seus passeios e curtir tudo aquilo que a cidade tem para oferecer. Vaidosa que só, ela ainda reserva pelo menos um dia para conhecer as lojas e shoppings da região e procura sempre trazer para casa peças e artigos difíceis de encontrar aqui no Brasil. “Não sou de viajar para comprar. Não sou uma pessoa muito consumista. Amo ver as roupas, os sapatos, os vestidos lindos, mas só compro porque estava procurando mesmo”. Viajar, para ela, é outra coisa. “Gosto de curtir, conhecer mesmo cada lugar”.

Dicas anotadas?

Bjs,
Fabi Scaranzi

1 1390

Confira quais são as cinco estampas que você pode usar e abusar o ano todo. Coringas, elas são sinônimo de estilo, elegância e praticidade!


Melhor do que apostar em novas tendências é se sentir linda e segura com aquelas peças que você já tem em casa. E se você, assim como eu, adora um pouco de cor nas suas produções, independentemente da época do ano, aqui vai uma boa notícia: existe, sim, cinco estampas que nunca saem de moda e estão liberadas para serem usadas a qualquer hora e ocasião. Bom, né?

Seja em vestidos ou como peça única, essas cinco estampas caem super bem quanto combinadas com outras peças mais clássicas e basiquinhas e, para quem adora inovar, rola até fazer um mix bem diferente.

Se ao pensar nessas cinco estampas atemporais você chutou floral, poá, animal print, listra e xadrez, acertou em cheio! Entra ano e sai ano, elas continuam firmes e fortes não só nas principais passarelas de moda de todo o mundo, como também no street style de grandes capitais. Abaixo, separei algumas fotos pra você se inspirar e aprender como usar essas cinco estampas o ano todo. Espia só!

Animal print
Mais ousada e divertida, a estampa de bichos (principalmente a de oncinha!) exige cuidados especiais. Por ser mais exagerada e dramática, o melhor é sempre combiná-la com peças e cores básicas, como camisetas brancas, calça jeans e sapato preto. No caso dos vestidos ou das saias, prefira um top sóbrio (preto, branco ou caramelo) e sandálias, bolsas e acessórios no mesmo tom.estampa 4

Poás
Uma das estampas que eu mais gosto, o poá é perfeito para dar um toque a mais num look clássico. Ideal para quem faz a linha mais discreta o poá pode ser usado tanto em camisas, quanto em saias, calças, blazers, vestidos e macacões. As bolinhas podem aparecer em diferentes tamanhos e estão liberadas para serem combinadas com pontos de luz (num casaco, bolsa ou sapato) e com acessórios mais ousados, como maxi colares e chokers dourados.
estampa 2

Listras
Tem estampa mais linda que as listras? Eu adoro, ainda mais quando a ideia é criar um look navy – aquela mistura linda de azul marinho, branco e vermelho, remetendo ao náutico! Liberadas para serem usadas em qualquer tipo de peça (de vestidos à suéteres), é preciso prestar atenção à uma regrinha básica: listras verticais alongam a região, enquanto as horizontais aumentam e alargam. Por isso, cuidado! Se a ideia é diminuir o quadril, por exemplo, prefira listras verticais. Agora, se quer aumentar a região do busto, uma camisa com listras horizontais é uma boa pedida!estampa 1

Floral
Eu gosto tanto da estampa floral que até já dediquei um post todinho pra ela! O motivo é simples: ela é perfeita para quem adora aquele ar mais romântico e bem feminino. Os vestidos floridos são coringas no guarda-roupa de quem tem uma rotina corrida e precisa de peças-chaves para compor looks incríveis. Já as camisas e calças florais podem ser usadas inclusive no inverno, com peças mais pesadas, como camisas de veludo, suéteres oversized ou calças de couro ou suede. Finalize o look com um belo scarpin, botas (de cano baixo ou over the knee) ou tênis branco e voilá. Você está pronta e, claro, cheia de estilo!

estampa 3

 Xadrez
Já notou como a estampa xadrez faz a gente pensar automaticamente em dias mais frios? O desenho passa a impressão de um tecido mais quentinho e aconchegante. O bom do xadrez é que, principalmente nos casacos, ele finaliza o look sem o menor esforço. E como faz diferença, né? Qualquer produção fica mais moderna e despojada com um casaco xadrez por cima. O mesmo vale para os maxi coletes nessa estampa, que não só podem, como devem ser usados o ano todo. E se você faz parte do time que não tem medo de ousar, que tal combinar num mesmo look dois tipos de xadrez? O segredo é equilibrar um xadrez maior em uma peça, com quadrados menores na outra. Anotou?estampa 5

E aí, gostou das dicas? Que tal colocar essas cinco estampas pra jogo a partir de agora, hein? Você com certeza vai acertar em cheio!

Bjs,
Fabi Scaranzi

*Imagens: Pinterest

1 1624

O batom nude e o rímel colorido são as principais tendências de maquiagem nessa primeira fase de “A Força do Querer”, novela das 21h da Globo


(Foto: Fábio Rocha/Gshow)

O batom nude claro combina com o estilo mais clássico da personagem Joyce (Foto: Fábio Rocha/Gshow)

Já deu pra notar que a mulherada de “A Força do Querer”, novela das 21h da Rede Globo monta um time feminino cheio de garra, força e personalidade, mas sem deixar a elegância e a delicadeza de lado. E apesar de viverem histórias (bem!) diferentes, todas elas têm algo em comum: a preferência por um look mais leve e natural quando o assunto é maquiagem.

Foi partindo dessa ideia de um visual mais clássico que a caracterizadora Valéria Toth escolheu a cartela de cores da maquiagem de grandes personagens como Ritinha (Isis Valverde), Jeiza (Paolla Oliveira), Bibi (Juliana Paes), Cibele (Bruna Linzmeyer), Silvana (Lilia Cabral), Joyce (Maria Fernanda Cândido), Simone (Juliana Paiva) e Irene (Débora Falabella). Em entrevista ao GShow, Valéria explicou que foi pensando nesses universos e diversidades de pessoas e culturas do nosso país que elegeram a “beleza natural” para todos os personagens. Bacana, né?

(Foto: Raphael Dias e Fábio Rocha / Gshow)

Os batons nude de Bibi (Juliana Paes) e Ritinha (Isis Valverde) serão tendência! (Foto: Raphael Dias e Fábio Rocha / Gshow)

(Foto: Raphael Dias e Fábio Rocha / Gshow)

(Foto: Raphael Dias e Fábio Rocha / Gshow)

Não é à toa então que o os nudes são os tons de batons que mais aparecem na boca das atrizes. A caracterizadora revela, entretanto que, ao longo da novela os espectadores verão uma gama maior de cor. “Trouxemos cores também com batons vermelhos e rosas mais fortes para homenagear a cultura do Norte e as personagens mais sensuais”.

Juliana Paiva retoca a maquiagem da sua personagem Simone nos intervalos das gravações (Foto: Fábio Rocha / Gshow)

Juliana Paiva retoca a maquiagem da sua personagem Simone nos intervalos das gravações (Foto: Fábio Rocha / Gshow)

Silvana, personagem de Lilia Cabral também é fã dos nudes! (Foto: TV Globo)

Silvana, personagem de Lilia Cabral também é fã dos nudes! (Foto: TV Globo)

E se no começo da trama é o nude quem reina absoluto, a personagem de Débora Falabella, a vilã Irene foge do padrão. Para mostrar a que veio a ardilosa arquiteta aparece desde o comecinho da trama com olhos bem marcados e lábios vermelhos, caracterizando o lado negativo da trama. A verdade é que, como vilã ou não, Débora Falabella está linda e com uma maquiagem impecável!!

O batom vermelho dá o tom sensual para a vilã Irene, vivida por Débora Falabella  (Foto: TV Globo)

O batom vermelho dá o tom sensual para a vilã Irene, vivida por Débora Falabella (Foto: TV Globo)

Uma make que tem feito sucesso desde os primeiros capítulos de “A Força do Querer”, segundo Valéria é a da moderninha Cibele. “A máscara de cílios usada pela personagem de Bruna Linzmeyer, um ‘marrom vermelho’ realça muito o visual dela, vai ser muito admirado”, disse ao GShow. A caracterizadora promete ainda que essa aposta vai aparecer (e muito!) nas festas e eventos da trama, não apenas em Cibele, mas em várias outras personagens, afinal, seja nas telenovelas ou na vida real, eventos assim pedem um toque de ousadia, né? Tendência pra ficar de olho!

Cibele, personagem de Bruna Linzmeyer com máscara de cílios marrom (Foto: TV Globo)

Cibele, personagem de Bruna Linzmeyer com máscara de cílios marrom (Foto: TV Globo)

E aí, gostou? Quem aí está acompanhando “A Força do Querer”? Conte pra mim nos comentários qual é a sua personagem favorita da novela. Quem sabe não rola uma matéria sobre o estilo dela aqui no site!

Bjs,
Fabi Scaranzi

    1 522

    Antes de abrir o próprio negócio dá uma olhada nessas dicas para você começar a empreender com segurança e cautela


    8114ed2eaab0b6028c776e9ad806d5ee

    Sabia que hoje, segundo dado da PNAD e do relatório GEM Brasil 2014, dos 130,7 milhões de brasileiros entre 18 a 64 anos, 45 milhões são empreendedores? Bastante, né? E a pesquisa mostra ainda que a taxa de sucesso de quem se prepara antes de abrir um negócio próprio é bem superior à de quem não toma as medidas necessárias antes de abrir uma empresa por necessidade.

    A verdade é que abrir um negócio próprio sempre é motivo para ansiedade, euforia… e medo! Afinal, se aventurar em um universo totalmente novo gera uma certa insegurança. Para não pisar em um campo minado e começar a empreender se sentindo segura e confiante, antes de tudo é preciso muito planejamento. Por isso, nada de ser impulsiva! Confira algumas dicas oferecidas pela Small Business Trends para começar a empreender com cautela e cuidado.

    1. Comece criando um plano de negócio, estabelecendo, inclusive seu público-alvo e área necessária para montar seu estabelecimento. Depois, pesquise a situação do mercado atual e se o seu plano de negócio se encaixa nessa oferta e procura.

    2. Avalie os custos. É preciso lembrar que leva tempo até que sua empresa passe a dar lucros. No começo, além do pagamento mensal dos funcionários, é preciso tentar recuperar todo o dinheiro investido no negócio e ainda pagar taxas comerciais, como a emissão do alvará, por exemplo. E elas não são nada baratas!

    3. Aprenda a economizar. Quem está começando a empreender vai ter que aceitar a fazer pequenos cortes, seja nos gastos com funcionários ou até mesmo na quantidade de material de escritório. Para isso, a melhor saída é dividir seus gastos compartilhando o escritório com estabelecimentos, unificando as despesas.

    4. Aumente sua rede de contados. Lembra do famoso ditado: “quem é visto sempre aparece”? Só com muita propaganda e visibilidade para fazer seu negócio crescer. Crie perfis nas redes sociais (Instagram, Facebook, Twitter), amplie a rede de contatos e, principalmente no começo, invista em uma boa jogada de marketing, como um site ou anúncios no rádio e televisão.

    5. Faça cursos de capacitação. Quanto mais você estudar, melhores serão suas chances na hora de fazer contatos ou consultar especialistas. A boa notícia é que você não precisa gastar nada com isso, já que atualmente existem várias plataformas que oferecem cursos gratuitos para quem quer começar a empreender. Disponíveis tanto em inglês, quanto em português, vale a pena dar uma olhada no coursera.org, FGV online, edx.org e endeavor.org.br e começar sempre com cursos básicos. Assim que você tiver as primeiras noções de empreendedorismo bem embasadas, parta para estratégia e plano de negócios, inovação, vendas e marketing, inclusive a digital.

    Business-woman

    6. Aprenda com os profissionais da área. Procure quem já tem seu negócio estabelecido ou é um expert no assunto e não tenha medo de pedir dicas e conselhos. Escute as dicas com cuidado e tente identificar pontos em comum com o seu negócio. Pergunte sobre seus erros e acertos, o que faria de diferente e quais as principais dificuldades existentes no mercado atual. Se necessário, anote as dicas e lembre-se delas antes de tomar qualquer decisão futura.

    7. Frequente encontros e palestras sobre o assunto. Sabia que muitas escolas de negócios e até universidades têm centro de empreendedorismo que oferecem encontros e palestras gratuitos? Essa pode ser uma ótima maneira de aprender como empreender ouvindo conceitos e dicas práticas, além de aumentar seu leque de empreendedores conhecidos que, porque não, podem vir a se tornar futuros parceiros. É preciso ter em mente que um negócio só vai pra frente se você fizer um networking com pessoas do meio antes mesmo do momento da inauguração do seu estabelecimento.

    8. Invista em uma consultoria especializada. Depois de usufruir tudo o que puder do planejamento que criou por conta própria e começar o colher os frutos do seu investimento, vale a pena começar a considerar os serviços de consultoria, que servem para alavancar seu negócio com jogadas de marketing um pouco mais diferentes. Só não se esqueça que esses serviços normalmente custam caro e só devem ser requeridos se você tiver uma reserva segura de lucro para gastar, afinal, no mundo dos negócios nós estamos sempre aprendendo.

    Bjs e boa sorte!
    Fabi Scaranzi

    0 398

    Vocês passam mais tempo no celular do que conversando e se divertindo juntos? Algo está errado! Aprenda como fazer um detox digital na família e recuperar seus momentos de qualidade


    42-46094647

    Não tem problema gostar de comentar nas fotos das suas amigas no Instagram, ou jogar algumas partidas de Candy Crush no seu tempo livre, mas será que tanto você, quanto seus filhos e marido não estão se desligando da família para passar mais tempo do que deveriam nas redes sociais?

    Como tudo na vida, o uso de celulares e computadores também pede um equilíbrio. Por isso, faça uma auto avaliação: como você gasta seu tempo livre? Brincando com os pequenos e namorando o parceiro ou grudada na telinha, curtindo posts no Facebook? Será que seu tempo com a família não perdeu a qualidade? E o mesmo vale para os filhos: nos finais de semana elas vão brincar com outras crianças ou preferem passar a tarde no videogame e computador? Se vocês dependem da tecnologia para se sentirem “felizes” e relaxados, algo está errado.

    “A tecnologia passou a fazer parte do que somos atualmente. Nós dependemos dela para que a nossa rotina funcione de forma eficaz. O problema aparece quando ela se torna responsável pelo nosso bem-estar”, explica o psicólogo de São Paulo, dr. João Demartini.

    Seja para falar, mandar mensagens, assistir filmes e séries, tirar fotos, aprender a cozinhar, nos localizar e até a arrumar o cabelo e a maquiagem, estamos nos tornando cada vez mais dependentes da tecnologia, o importante é usa-la da maneira correta e moderada. Sentiu que você e sua família estão passando dos limites e precisam de um detox digital? Dá uma olhada nessas dicas sugeridas pelo especialista para recuperar o equilíbrio!

    1. Retome as conversas
    Não basta arrancar o iPad do seu filho ou esconder o controle remoto da televisão. É preciso explicar para eles a importância desse detox digital – seus prós e contras – com antecedência e ajudar cada membro da família a encontrar outras maneiras criativas e agradáveis de passar o tempo. De acordo com João Demartini, dar o exemplo é sempre a melhor saída. “Não leve seu celular à mesa, não assista televisão enquanto seu filho faz os deveres da escola… assim você elimina os gatilhos de tecnologia e lidera o detox digital dando o exemplo”, diz.

    2. Procure se informar
    Assim como tudo na vida, a tecnologia também tem dois lados: o bom e o ruim. Explique para os seus filhos e marido que é válido usar o celular e computador para expandir seus horizontes e conhecimentos, mas que seu uso deve ser feito de forma prudente. O motivo? O excesso da tecnologia pode gerar efeitos negativos inclusive para a saúde, como problemas de visão, dores de cabeça, depressão… Peça inclusive para que esse seja um assunto debatido das escolhas, afinal, informação é tudo!

    o

    3. Seja uma boa líder
    “Quando crianças ou adultos se distraem de suas verdadeiras prioridades na vida e permitem que a tecnologia os governe, isso e um sinal de má governança”, alerta o especialista. Sentiu que seus filhos, seu marido ou até mesmo você se sentem ansiosos quando longe do telefone, ou quando estão sem sinal de internet, é preciso intervir e partir para um detox digital urgente. Como? Identificando quando são os usos de maior prioridade e cortando, gradativamente, o uso apenas por lazer. Quando a tecnologia se torna viciante e as pessoas compulsivas sentem que não “funcionam” sem ela, elas têm sintomas de abstinência, como nervosismo e confusão. “É quase como se elas se sentissem perdidas, uma vez que a tecnologia domina, inclusive, seu poder de interação”, diz João Demartini. Por isso, comece você liderando esse detox digital e mostre que é possível, sim, passar horas longe do celular sem sofrer. Pelo contrário, você vai ganhar mais tempo, energia e melhora na sua qualidade de vida, principalmente do sono.

    Para que isso dê certo o primeiro passo é estipular o um horário diário para desligar a internet da casa e todos os aparelhos celulares. No caso dos pequenos, experimente trocar também os iPads por livros de colorir, ou até mesmo jogos que você costumava brincar na sua infância e que eles mal ouviram falar. Numa viagem longa de carro, ao invés de entregar um iPhone para cada um, você e seu marido podem pensar em brincadeiras divertidas para passarem o tempo. Isso cria uma experiência interativa ao invés de isolada.

    4. Faça uma experiência
    Toda e qualquer mudança na rotina da sua família não pode ser feita de forma brusca. Mesmo que seja difícil começar esse detox digital, se todos vocês estiverem dispostos e engajados, de pouco em pouco essa redução de tecnologia vai receber cada vez menos queixas. Para que ninguém sofra um “baque” na rotina, sugira um teste de duas semanas. No final do prazo, todos devem expor suas opiniões sobre os prós e contras e como vocês, juntos, podem melhorar para reintroduzir a tecnologia na rotina de forma lenta, benéfica e saudável. Você não só vai ficar surpresa ao ver os velhos hábitos quebrados, como vai perceber que, indiretamente todos vocês encontraram opções diferentes de entretenimento que superam aquelas que necessitam de uma tomada – sendo mais saudáveis e, porque não, até mais divertidas!

    Bjs,
    Fabi Scaranzi