Menu
 2574
Baixe agora meu e-book: 10 erros mais comuns ao falar em público
Ciúmes! Não deixe que ele atrapalhe sua relação
Um pouquinho até pode, mas ao se tornar possessivo e passar dos limites, o ciúmes pode pôr um fim no seu relacionamento

ciumes

Tente se lembrar do seu começo de namoro. Aquele friozinho na barriga, ansiedade, grude e um excesso de cuidado e proteção. Você passava o dia sorrindo só de perceber como o outro se importava com você e queria sua companhia só pra ele, 100% do tempo. Mas com o passar dos meses, esse “zelo” exagerado passou a incomodar e você sentiu saudades da época em que era mais independente. Acertei?

O ciúmes nada mais é do que demonstração de insegurança e em alguns casos pode até ser saudável. O problema começa quando ele se torna mais obsessivo e doentio. Para a terapeuta sexual de São Paulo, Arlete Gravanic, o ciúmes se transforma quando a preocupação e o querer bem se transformam em apego e posse. “O ciúmes explícito é a consequência da insegurança pessoal e a falta de confiança no parceiro”, diz.

Será que é igual?
Tendencialmente, homens e mulheres sentem e demonstram ciúmes de formas diferentes. Enquanto os homens chegam junto e tomam posse, olhando feio para o adversário e em alguns casos, até partindo para a briga, a mulher faz bico, emburra, belisca e chegam ainda a dar chiliques em público. “Para as mulheres, é mais fácil culpar o parceiro e não outras mulheres, alegando que se ele foi paquerado é porque deu abertura. Isso é um reflexo do medo da traição”, explica Arlete.

Atenção redobrada aos homens que tendem a culpar as mulheres por suas crises de ciúmes. Eles normalmente são mais agressivos e, na maioria dos casos, são o principal perfil de agressores domésticos.

Mas qual o motivo?
De acordo com Arlete Gravanic, mulheres tendem a usar de alguns artifícios para provocar ciúmes, como uma roupa mais provocante. Mas a verdade é que o problema não está na roupa em si, mas sim nas atitudes da mulher quando ela veste tal peça. Roupas mais sedutoras tendem a deixar a mulher mais confiante e chamativa, e isso, naturalmente causa insegurança ao homem. Antigas namoradas, amigos que o outro conheça pouco ou pessoas de um contato distante – como colegas de trabalho e faculdade – que tenham um histórico ou rotina com o seu parceiro também podem ser motivo de ciúmes na relação. Por que? “Eles tendem a conhecer um lado seu que o parceiro desconhece, além de terem vivido momentos com você em que o parceiro não estava presente. Isso gera insegurança e competitividade”.

58_1_casal-ciume-camisa-sofa-sala(1)

Perda de controle
Muito mais do que afetar seu relacionamento, quem é naturalmente ciumento vive colocando sua vida profissional e social em risco. Arlete lembra como é difícil se concentrar e manter o rendimento no estudo ou no trabalho quando se tem uma neurose de controle tão grande. “A pessoa ciumenta sentirá necessidade de parar o que está fazendo para ligar, mandar mensagens e cobrar satisfações pelo menos cinco vezes por dia. Ela ainda vai checar o rastreador do celular, as redes sociais do parceiro e até mesmo extratos do banco e pedágio. Isso leva tempo e faz com que ele perca horas importantes do dia para apurar a vida do outro”. Esse tempo mal-gasto quebra o ritmo das atividades que estava executando e, dificilmente conseguirá recobrar o foco e a atenção necessários para ser um bom funcionário ou até mesmo, amigo.

Um pouquinho até pode!
Nada de usar essa parte da matéria para justificar suas crises de ciúmes. Ele só está liberado (e em doses homeopáticas!) se fizerem um efeito positivo em você e não afetarem a sua relação. Por exemplo: se o seu namorado está acostumado a trabalhar com mulheres sempre arrumadas, de salto alto, será que você não precisa se produzir um pouco mais, mesmo dentro de casa? Às vezes, um relacionamento de anos pode levar ao comodismo e a falta de atitudes mais sedutora pode gerar a ameaça de uma terceira pessoa na relação. O mesmo vale para os homens. Se a mulher passa o dia cercada de homens bem arrumados, de terno e gravata, talvez se a hora de finalmente se inscrever na academia e perder aquela barriguinha!

Bye, bye amor
Se no começo ele pode até ser interessante, com o tempo esse ciúmes limitante vai gerar conflito e sensação de sufoco. Frases como: “você não vai”, ou “não quero ir no aniversário da sua amiga porque você não me dá atenção quando está com ela”, deixa o outro desconfortável e só agrega algo positivo em relações co-dependentes (onde os dois são inseguros e precisam se sentir controlados pelo outro).

A terapeuta ressalta que relações com demonstrações que não são de carinho e atenção, acabam gerando atitudes contrárias como ter um celular escondido, criar um perfil falso nas redes sociais, inventar que terá que trabalhar até tarde só para ir ao happy hour com os amigos… Quem quer a companhia de alguém que vai controlar não só suas companhias, como a sua roupa, o jeito que você dança, etc.

ciumento

Santo tratamento
A boa notícia é que existe, sim, uma forma de tratar esse ciúmes possessivo! Com a ajuda de um tratamento psicoterápico é possível descobrir de onde vez essa insegurança forte e porquê o ciumento tem uma autoestima tão baixa. É porque você está a cima do peso? Ou porque ganha menos que o parceiro? “Procuramos descobrir quais são os motivos que geram o ciúmes e buscar no histórico da pessoa as causas dessas crises possessivas”, diz Arlete, afinal, enquanto os problemas internos não forem resolvidos, o ciumento nunca se achará merecedor do amor de ninguém. Ela lembra ainda que em casos extremos – onde quem sofre de ciúmes agride o parceiro, o tranca em casa, esconde seus pertences (chave do carro, celular) – nem sempre só o tratamento psicoterápico é suficiente. Aí, o melhor é procurar também ajuda psiquiátrica.

E se o ciumento for ele
Mesmo que você esteja apaixonada, é preciso gostar primeiro de você, senão você passará a aceitar e achar natural a atitude exagerada do outro. Além de muita paciência é preciso se impor e ter muita clareza na hora de colocar limites, não só sobre as roupas que usa, mas também sobre os amigos que tem e os lugares que vai. Lembre o parceiro que você era assim quando se conheceram e que foi a sua autenticidade que fez ele se interessar por você e finalmente: que se entre tantos outros você o escolheu para ser seu companheiro, é porque existe amor de sobre e ele não tem motivos para se sentir inseguro.

Bjs,
Fabi Scaranzi

*Imagens: Shutterstock


VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DISSO
FAB PRODUÇÕES
BIOGRAFIA
PALESTRAS
  • Mulheres muito além do salto alto
  • Albert Einstein
Fabiana Scaranzi
© Copyright 2017 - Fabiana Scaranzi. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido ou usado, exceto com a permissão prévia por escrito. Site por Design Ideal

Fabiana Scaranzi

Site feminino, com notícias, beleza, moda, saúde e bem-estar.

Coaching, Viagens, Vídeos, Como Fazer, Mundo Scaranzi

Por Fabiana Scaranzi

Miss Lily Comunicação