Como criar o hábito de fazer exercícios físicos

Praticar exercícios diariamente pode ser muito difícil, principalmente no começo. Em vez de inventar mil motivos para desistir, aprenda como levar esse hábito a sério

0 5100
Praticar exercícios físicos regularmente é fundamental para a saúde do corpo e mente

Praticar exercícios físicos regularmente é fundamental para a saúde do corpo e mente

Ao nos matricularmos na academia, sempre bate aquela empolgação: compramos roupas novas, comidinhas light e nosso Instagram lota de fotos com hashtags motivacionais, no estilo #AdeusCelulite #2015Promete. Mas por que será que é tão difícil manter a rotina dos exercícios? Simples: atividade física demanda esforço, disciplina e dedicação. “Mesmo com a liberação da endorfina, substância que dá a sensação de felicidade, sentir prazer com essa prática leva algum tempo e dificilmente vamos ter pique para continuar com algo que não nos satisfaça a curto prazo”, diz a psicóloga Marisa de Abreu, de São Paulo. Mas não é por isso que você vai desistir. Siga esses cinco passos para levar a academia mais a sério. E VAMOS NESSA!!

1. Comece aos poucos
Para quem não tem o costume de acordar cedo, manter uma rotina de exercícios com quatro ou cinco dias por semana provavelmente não vai funcionar. Comece fazendo atividades duas vezes na semana, por 30 minutos. “Após um mês frequentando as aulas sem falta, estabeleça uma nova meta, como três vezes na semana, por exemplo”, explica Natalia Bruzzone, professora da Smart Fit Academias. Assim você não corre o risco de se frustrar e desistir caso precise faltar à academia um dia ou outro.

2. Acerte os ponteiros
Você é daquelas que funcionam melhor à noite? Nem pense em marcar com o personal ou com as amigas de malhar pela manhã. Caso contrário, se sentirá desmotivada antes mesmo de sair da cama. “Dê preferência àquele momento do dia em que você tem mais energia e sente que seu corpo e mente rendem mais”, diz Marcus Gouveia, professor da Bio Ritmo Academia. Depois que a motivação e a meta forem cumpridas, você poderá alterar seus horários tranquilamente, já que estará mais acostumada.

3. Mochila sempre à mão
Uma boa forma de inserir a atividade física na sua rotina, é vê-la como qualquer outra obrigação, como trabalhar, tomar banho, escovar os dentes… A professora Natalia Bruzzone explica que o ideal é sempre deixar uma mochila com a roupa da academia sempre pronta, onde você seja obrigada a vê-la várias vezes durante o dia. “Você não terá desculpas para NÃO IR a academia se for lembrada diariamente de que assumiu esse novo compromisso.” Não deu mesmo para encarar a esteira? Pule corda. Dá para levar o acessório na mochila e, vamos combinar, sempre dá para arranjar um cantinho para fazer o exercício — nem que seja no escritório com a porta fechada.

4. Não jogue dinheiro no lixo
Academias de ginástica podem ser um investimento alto. Já pensou que a cada dia em que você falta é um pouco do seu salário jogado fora? Para começar a enxergar a academia como uma boa aplicação, pense no lugar como um plano de saúde preventivo. “Mais valoroso do que o dinheiro, são os benefícios que a atividade física regular vão trazer a sua saúde”, reforça Marcus.

5. Não se sinta um patinho feio
Seja sincera: você se sente mais confortável fazendo exercícios aeróbicos ou morre de vergonha de se olhar no espelho durante as aulas de spinning? Você precisa estar confiante na hora de malhar. Não é porque todo mundo gasta horas na musculação que esse exercício também é o tipo certo para você. Natalia dá a dica: Pense no que você gosta de fazer ou que melhor recupere em sua memória os prazeres da infância, assim você saberá para qual área das atividades físicas recorrer. Fazer uma atividade que você curta também ajuda a não desistir. Quanto a vergonha, deixe para lá, pense nos benefícios que está ganhando! Com a maturidade, a gente liga menos para o que os outros pensam. Bora malhar?