Como manter sua cozinha à prova de germes

Você sabia que a cozinha é um dos lugares mais contaminados da nossa casa? Mesas, balcões e eletrodomésticos são os lugares preferidos dos germes – micro-organismos que fazem um mal e tanto a nossa saúde

0 1658

cozinha

Detergente, água sanitária, desinfetante… você tem todas as armas para blindar sua cozinha de germes e bactérias. Será? De acordo com o Ministério da Saúde, 45% das contaminações transmitidas por alimentos no Brasil ocorrem dentro de casa, ou seja: pia, fogão, panos de prato, esponjas… todos esses lugares são moradias fáceis para esses bichinhos invisíveis. E o pior: uma única bactéria é capaz de gerar outras 130 mil em apenas seis horas. Socorro!

O cuidado precisa ser tão minucioso que, se contaminada, nossa cozinha pode ser atacada por quatro tipos de germes diferentes – coliformes fecais, salmonela, staphylococcus aureus e clostridium perfringens – que provocam infecção alimentar, vômito, diarreia e nos casos mais graves, febre.

Mas, calma! É possível blindar sua cozinha desse mal e cuidar da saúde de toda a família. Veja como:

Pia: Lave a pia com água morna e detergente antes e depois de cada refeição. Retire o excesso de água com um rodinho e seque toda a área. Deixe o rádio sempre limpo e livre de restos de alimentos.

Fogão: Com uma esponja, esfregue todos os cantos do fogão com detergente. Retire o excesso de espuma com um papel toalha e lave as grades e os acendedores com água corrente.

Lixo: Nada de deixar baldinhos de lixo sobre a pia. Mantenha o lixo no chão e fechado, de preferência na lavanderia. Lave o cesto de lixo dia sim, dia não, com água, sabão e cloro e troque o saco diariamente.

Escorredor de louça: Seja de inox ou de plástico, você precisa higienizá-lo todos os dias, de preferência com detergente. Depois, é só secar com álcool e deixar secar.

Chão: A ordem aqui é varrer, varrer muuuuito! Depois do café da manhã, almoço e jantar e, se possível, passe um pano umedecido em água sanitária diluída em água por todo o chão. Uma vez por semana, lave o chão esfregando-o com detergente, principalmente perto do fogão, geladeira e pia. Não se esqueça de secar bem!

limpar-cozinha

Esponja: Pode parecer exagero, mas o ideal é trocar sua esponja a cada semana, mesmo que ela pareça nova. O motivo? O acúmulo de gordura, restos de alimentos e umidade são um prato cheio para os germes e bactérias. Para garantir que ela esteja bem seca na hora de guardar, experimente coloca-la ainda úmida no micro-ondas por três minutos todos os dias.

Panos: Mesmo que pareçam limpos, o certo é trocar os panos (inclusive os de prato!) todos os dias. Coloque-os em balde com água sanitária diluída em água e leve ao fogo para ferver por 10 minutos. E na hora de passar, use o ferro bem quente.

Tábua de corte: Na hora de comprar a sua tábua, deixe de lado as de madeira, já que elas têm rachaduras que favorecem o acúmulo de líquido e sujeira. Escolha sempre por modelos de plástico duro ou vidro inquebrável e na hora de lavar, use água morna, detergente e álcool 70.

Mesa: Sempre depois de cada refeição, faça uma limpeza por toda a área com uma esponja embebida em sabão neutro. Em seguida, passe um pano úmido deixe secar naturalmente.

Geladeira: Além de checar a qualidade e o prazo de validade dos alimentos, limpe o interior da geladeira com água e sabão neutro uma vez por mês. Evite o acúmulo de gelo no freezer, já que ele prejudica a conservação das comidas e na hora de organizar sua geladeira, separe os alimentos cruz dos prontos pois a variação constante de temperatura pode estraga-los.

E de nada adianta tomar todo esse cuidado se você não lavar as mãos constantemente, hein? Afinal, as bactérias aproveitam a carona para ir de um canto para o outro, infestando todos os cantos da sua cozinha!

Bjs,
Fabi Scaranzi

*Imagens: Pinterest