Quer morar nos Estados Unidos?
Saiba o que pode impedir este sonho

0 1024

A ida de brasileiros para os Estados Unidos aumentou nos últimos anos. O “sonho americano” de oportunidades para todos, mesmo depois de, até eles, terem atravessado uma crise econômica significativa, ainda é atraente para muita gente no mundo todo. A maioria busca formas de conseguir o Green Card, visto que garante permanência no país durante 10 anos, através de programas oferecidos pelo governo americano como o EB5, visto de investidor, ou de relação com parentes que já moram no país.

Para quem vai apenas visitar ou passar um período de férias, o processo para obtenção do visto de turista, B1 e B2, é menos burocrático e, na maioria das vezes, mais tranquilo. Mas quando a intenção é residir em definitivo nos Estados Unidos, o processo pode ser bem mais complicado, pois é preciso comprovação renda e garantias financeiras. Além disso, são necessários muitos documentos. Apesar do acompanhamento jurídico e processual nos pedidos de imigração, alguns fatores podem complicar ou até mesmo gerar uma recusa para a sua solicitação de visto de imigrante.

United-States-Tourism

Pedi à advogada Ingrid Baracchini, especialista em imigração e visto EB5, que listasse para nós quais são os piores obstáculos para a obtenção do visto permanente. Se esse é o seu sonho, leia com atenção:

Não preencher os requisitos para obtenção do visto

Em muitos casos, algumas pessoas acreditam que se enquadram nos requisitos para obter o visto, mas não conseguem comprovar legalmente que estão aptos a recebê-lo. “É de extrema importância analisar cada caso e verificar se o cliente possui todos os requisitos para a obtenção daquele visto. Esta negativa é muito comum em processos de vistos de trabalho, habilidade extraordinária ou EB5 quando, muitas vezes, não se comprova a origem legal do valor a ser investido”, comenta a advogada de imigração.

USA6

Atraso na entrega de informações adicionais solicitadas

O departamento de imigração dos Estados Unidos pode solicitar o Request Further Evidence (RFE), uma espécie de pedido de informação adicional. Ingrid explica que isso significa que o processo não foi negado, mas sim que o setor de imigração quer mais informações antes de tomar uma decisão. “A imigração tem o direito de pedir o que quiser e julgar necessário para tomar uma decisão. Os documentos solicitados podem ser desde uma foto, um documento adicional ou uma carta de referência, por exemplo. O importante é não atrasar nunca na entrega desses documentos pedidos”, observa Ingrid Baracchini.

Antecedentes criminais

Uma pessoa com antecedentes criminais pode ter o visto de imigrante negado por ser considerada “persona non grata” nos Estados Unidos da América. Os crimes são analisados caso a caso, mas, geralmente, são os de natureza grave como crimes hediondos, os de natureza torpe ou os crimes de natureza moral, que podem causar a negativa de um visto de imigrante.

USA3

Ter algum tipo de impedimento para entrar no país

Se o interessado tiver algum problema anterior com o país, como visto negado, se esteve de forma ilegal no país, ou ultrapassou a data permitida pelo visto, por exemplo, pode enfrentar dificuldades para conseguir o visto de imigrante. Para pessoas que viveram ilegalmente durante um período, mas que desejam fazer o investimento para conseguir o visto de investidor, o pedido perdão não é concedido. “Nesse caso, a pessoa precisará cumprir a penalidade de 10 anos fora dos Estados Unidos para que possa voltar a ser elegível para um visto de investidor,” explica a advogada.

“Fiador” que não cumpre os requisitos exigidos

Alguns Green Cards exigem que haja alguém financeiramente responsável pelo processo de pedido de visto, como nos casos de visto por parentesco ou vistos de trabalho. O dito “fiador”, ou patrocinador no processo, deve ter renda para declarar e meios de comprovação como contracheques, por exemplo. “Se o cliente possui um patrocinador que não preencha os requisitos necessários, pode ter o processo negado ou suspenso por 01 ano até que forneça um patrocinador adequado”, completa Ingrid.

USA2

Portanto, se é esse o seu projeto de vida saiba que você terá que preparar muito bem o seu “dossiê” para ganhar a confiança de um dos departamentos de imigração mais rígidos do planeta. Cuide para que nenhum desses fatores a impeça de criar condições para uma vida nova na terra do exigente Tio Sam.

bj pra vcs

Fabi Scaranzi

Ingrid Baracchini é formada em Direito pela Universidade Paulista (UNIP), possui 11 anos de experiência na área imigratória e faz parte da AILA – Associação Americana de Advogados de Imigração.