Menu
 1957
Baixe agora meu e-book: 10 erros mais comuns ao falar em público
3 maneiras de investir seu dinheiro em pequenos caprichos sem deixar o orçamento no vermelho
Você não precisa abrir mão de fazer o que gosta, desde que você use seu dinheiro com inteligência. Aprenda como curtir todos os seus caprichos sem se afundar em dívidas!

dinheiro - caprichos foto de destaque

(Imagem: Shutterstock)

Como tudo na vida, caprichos também exigem moderação. São eles que dão aquela quebra na rotina do trabalho ou estudo e fazem a gente se sentir mais animada, motivada, feliz… Afinal, ser adulta não significa viver exclusivamente em função das nossas responsabilidades.

Quando trabalhamos duro todos os dias, passamos a poupar onde podemos e, especialmente nos momentos de crise, são os nossos caprichos que normalmente sofrem cortes rigorosos. Abrimos mão do cinema no final de semana, do cafezinho depois do almoço, da balada, dos tratamentos estéticos…

Entretanto, é preciso lembrar de “se tratar” de tempos em tempos e se dar pequenos mimos, mesmo com o saldo bancário um pouco apertado. Esses caprichos vão ajudar você a manter corpo e mente sã e vão gerar combustível pra você se empenhar ainda mais no mês seguinte.

Quer aprender como gastar com responsabilidade e ainda criar oportunidades para cuidar do seu bem-estar? Confira minhas dicas!

1. Fala uma lista dos caprichos que você não abre mão e monte um orçamento
O primeiro passo para encontrar uma brecha em meio a tantas responsabilidades é determinar quais são os caprichos que mais fazem você feliz. Seja comer fora uma vez por semana, assistir a shows, viajar ou aproveitar liquidações, não importa, desde que você seja honesta consigo mesma. Até porque existe uma grande diferença entre gastar dinheiro em coisas que você realmente gosta e em coisas que você acaba comprando por impulso.

Depois de identificar seus maiores caprichos, você deve calcular mais ou menos o quanto eles devem custar e o quanto você tem para gastar com eles. Se você se sente mais confortável com um orçamento rigoroso, minha dica é determinar quanto dinheiro extra você terá em sua conta todos mês, subtraindo o restante dos seus gastos necessários com contas fixas, como aluguel, conta de luz, condomínio… O valor restante vai te permitir calcular o quanto você pode gastar com esses caprichos e com que frequência. Seu salário pode, por exemplo, permitir que você almoce fora toda semana, mas pode ser que ele exija que você economize por alguns meses se quiser comprar algo mais caro ou fazer uma viagem no final de semana.

dinheiro - caprichos foto de dentro

(Imagem: Shutterstock)

2, Se possível, programe seus caprichos
Agora que você sabe quais caprichos não abre mão e o quanto pode gastar, minha dica é que você determine com que frequência vai se render a eles. Será que você precisa mesmo comprar uma peça de roupa nova todo mês?

Programar seus caprichos com antecedência evita que você passe por cima de gastos fixos e não corra o risco de perder o sono por ver sua conta no vermelho. Com um pouco de planejamento, você avalia melhor suas opções e aproveita ao máximo aquelas vontades que você não abre mão, mesmo que isso signifique aumentar o espaço entre elas.

3. Faça trocas inteligentes
A dica aqui não é trocar seu restaurante italiano favorito por um fast food, mas fazer trocas que te permitam economizar sem que você deixe de aprovar ao máximo os caprichos que não abre mão.

Quer um exemplo? Se você gosta de ler, mas sabe que comprar livros novos todo mês fazem um rombo significativo no seu orçamento, que tal pedir livros emprestados para amigos e parentes, frequentar uma biblioteca pública ou até mesmo comprar o exemplar no formato digital, que costuma ser bem mais em conta?

Outra alternativa é cortar os gastos com a academia, ainda mais se você for o tipo de pessoa que não frequenta aulas e treinos religiosamente. Como? Comprando alguns halteres, caneleiras e um tapete de ioga e seguindo canais específicos de exercícios disponíveis no YouTube.

Guarde cupons de desconto, aguarde liquidações e black Fridays, experimente fazer compras em brechós, frequente xepas, espere por dias grátis ou com descontos para fazer passeios em museus, cinemas e teatros. Assim, você garante que não está gastando mais do que precisa e se diverte da mesma forma.

Não importa o tamanho da sua renda, você não só pode, como deve fazer o seu melhor para priorizar as coisas que você gosta. Afinal, a vida pode ser curta demais para ser irresponsável com seu dinheiro – mas também é curta demais para não se divertir.

Agora eu quero saber de você: com qual capricho você gasta mais dinheiro? Conte pra mim nos comentários.

Bjs,
Fabi Scaranzi


VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DISSO
FAB PRODUÇÕES
BIOGRAFIA
PALESTRAS
  • Mulheres muito além do salto alto
  • Albert Einstein
Fabiana Scaranzi
© Copyright 2017 - Fabiana Scaranzi. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido ou usado, exceto com a permissão prévia por escrito. Site por Design Ideal

Fabiana Scaranzi

Site feminino, com notícias, beleza, moda, saúde e bem-estar.

Coaching, Viagens, Vídeos, Como Fazer, Mundo Scaranzi

Por Fabiana Scaranzi

Miss Lily Comunicação