Como fazer o cabelo crescer mais rápido

Log, bob, pixie... a bateria de cabelos mais curtos desfilou pela cabeça das brasileiras no verão, mas agora que as temperaturas baixaram, vamos voltar às raizes – ou melhor, ao comprimento?

0 21055
Você não precisa contar apenas com a ajuda do tempo para ter cabelos compridos novamente

Você não precisa contar apenas com a ajuda do tempo para ter cabelos compridos novamente

É verdade: nós, brasileiras, sempre fomos adeptas do cabelón, mas parece que no último verão, a moda dos cabelos mais curtos finalmente subiu à nossa cabeça – literalmente. Grazi Massafera, Andreia Horta e Maria Casadevall foram algumas que ditaram moda. Mas vamos combinar que toda mudança é bem-vinda — mas nem sempre fácil. Afinal, cortar leva apenas alguns minutinhos. Já crescer… Por isso, tiramos todas as suas dúvidas sobre crescimento dos fios

Existe uma fórmula para acelerar?
Olha, o band-aid dói menos quando tirado rápido, então direto à dura realidade? Não, não há uma fórmula mágica para acelerar o crescimento dos fios. “O cabelo cresce, em média, um centímetro a cada 30 dias. Essa medida pode variar de pessoa a pessoa, mas se mantém constante para cada uma”, avisa Carla Albuquerque, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Ou seja: se os seus crescem um dedo por mês, eles continuarão nesse ritmo, não importa quantas rezas você faça.

Então por que o da minha amiga cresce mais que o meu?
O que acontece na verdade é o contrário: nenhuma ação acelera o processo, mas algumas condições retardam. Couro mal tratado ou obstruído por oleosidade são alguns exemplos. Então invista em um bom shampoo, evite químicas frequentes e procure massagear a área, para ativar a circulação sanguínea e incentivar o metabolismo do bulbo capilar (de onde nascem os fios).

Resumindo: desisto?
Na verdade, não. “As pessoas têm a impressão de que o cabelo cresce devagar por nunca passar de certo comprimento. Se suas pontas quebram sempre, vai ser difícil chegar ao cabelón”, avisa a dermato. Portanto, em vez de procurar métodos milagrosos, invista em um tratamento de fortalecimento, uma dieta balanceada e rica em proteínas (carne, ovos e iogurtes são boas pedidas), que vão deixar os fios mais fortes. Pode até parecer papo para Bela Adormecida, mas acredite, apenas esses truques já vão fazer você se sentir a Rapunzel em apenas alguns meses.

Sem paciência?
Tudo bem, a gente entende. Ninguém consegue passar mais de três meses sem uma visita ao cabeleireiro para cortar umas pontinhas. E nem deve. A técnica de bordado consiste em remover apenas as pontas duplas, fortalecendo os fios sem tirar n-a-d-a do longo que você está tentando cultivar. O método é simples: cada mecha de cabelo é segurada entre três dedos, passando o tufo primeiro por baixo do indicador, por cima do dedo do meio e por baixo de novo do anelar, de maneira que, na medida que os dedos descem pelo comprimento, as pontas soltas saltam à vista e são então removidas com uma tesoura de corte a laser, que sela o folículo. O preço médio flutua entre 200 e 300 reais.

Já se a ideia é deixar o fio comprido imediatamente – custe o que custar –, aposte no alongamento de queratina, aquele feito com mechas naturais coladas à raiz dos fios da sua cabeça através do aquecimento da proteína. O preço médio fica em torno de 3,5 mil reais e a colocação demora cerca de 4 horas por se tratar de aplicação mecha a mecha. Mas se você não quer perder tempo, parta para o adesivamento, que consiste em faixas inteiras de cabelo coladas à raiz com silicone. A cada camada do cabelo falso, fica uma fina camada do natural, misturando assim os dois – e dando liberdade para um corte repicado de arrasar. O preço se inicia em 1,2 mil reais, dependendo do comprimento e volume desejado.