Menu
 3406
Baixe agora meu e-book: 10 erros mais comuns ao falar em público
Estudo mostra como homens e mulheres levantam capital para suas empresas (e o que aprender com eles!)
Descubra quais são as principais diferenças entre homens e mulheres empreendedores na hora de conseguir capital e entenda como usar o jeito impulsivo dos homens para o seu sucesso!

dinheiro - levantar capital foto de destaque

(Imagem: Shutterstock)

Homens e mulheres administram seus negócios de maneiras muito diferentes e isso não é de hoje. Quer um exemplo? Enquanto nós, mulheres, tendemos a nos preparar para evitar o aumento de uma dívida, os homens preferem juntar um dinheiro extra para fazer seu negócio ir mais longe, mesmo que apostando em jogadas mais ambiciosas.

De acordo com o artigo “Acesso à análise de literatura de capital”, resultado de uma pesquisa conduzida pela economista americana Alicia Robb e pela professora de Finanças na Universidade de Hartford, Susan Coleman, homens e mulheres diferem não apenas na forma que adotam para levantar capital, mas também em quanto capital eles gastam e de que forma preferem gastá-lo.

Ficou curiosa para conhecer os detalhes dessa pesquisa mais à fundo e, porque não, aprender um pouco com os homens? Confira abaixo as cinco principais conclusões desse estudo.

Mulheres levantam quantidades menores de capital

As especialistas descobriram que as mulheres preferem confiar em fontes pessoais de financiamento e são três vezes menos propensas a se aproximarem de “investidores-anjos” – pessoa física ou jurídica que faz investimentos com seu próprio capital em novas empresas com um alto potencial de crescimento, como as startups – para financiamento de capital. E mais: o time feminino é menos propenso a usar contatos pessoais (como amigos íntimos e conhecidos) para pedir ajuda com o financiamento, preferindo sempre recorrer aos bancos para conseguir a quantia desejada.

Homens e mulheres usam os chamados “bootstraps” de maneiras diferentes

Nunca ouviu falar de “bootstrap”? O termo é usado para denominar quem abre uma startup usando somente recursos próprios, sem recorrer a investidores externos. Mulheres tendem a ser mais dependentes do capital próprio e do financiamento interno do que os homens. Ou seja, mulheres preferem usar o capital próprio ao invés de recorrerem ao cheque-especial, enquanto os homens preferem usar uma pequena parcela do capital próprio para cobrir o cheque-especial mais tarde.

Mulheres têm mais controle de suas empresas do que os homens

Outro resultado interessante da pesquisa é que as mulheres se mostram mais preocupadas com possíveis riscos e preferem ter controle total sobre seus empreendimentos. Isso explica, por exemplo, porque empreendedoras preferem manter suas empresas pequenas e gerenciáveis, evitando cair em situações em que um financiamento ou o uso do cheque-especial é inevitável. O lado negativo, porém, é que elas demoram mais para impulsionar o crescimento da empresa, preferindo se manter numa zona segura.

dinheiro - levantar capital foto de dentro

(Imagem: Shutterstock)

Mulheres são mais propensas a terem seu pedido de crédito negado

Quando o assunto é dinheiro, a diferença de gênero é uma das razões para dados alarmantes. Ao analisar as taxas de aprovação de empréstimos nos bancos americanos, a pesquisa descobriu que mulheres têm uma taxa de aprovação muito mais baixa que a dos homens. Dois motivos explicam essa diferença: 1. Crédito pessoal abaixo do ideal (uma vez que elas preferem usar o capital próprio a recorrer a terceiros) 2. Muitos negócios dirigidos por mulheres tendem a ser domésticos. Resultado: mulheres precisam adiar várias etapas do seu negócio a fim de promover o crescimento da empresa por conta própria.

Mulheres se dão melhor com o financiamento coletivo

Que tal buscar um financiamento coletivo para levantar capital para sua empresa? Para quem não conhece, esse tipo de financiamento (também chamado de crowdfunding) consiste em captar capital para iniciativas de interesse coletivo através da união de múltiplas fontes de financiamento, normalmente pessoas físicas. O estudo mostrou, por exemplo, que as mulheres têm um sucesso rápido em levantar pequenas quantias de capital de muitas pessoas, especialmente ao usar o apelo emocional naturalmente ligado ao gênero. O fato de pedir quantias menores, aliás, ajuda com que nós, mulheres, alcancemos nossas metas mais facilmente.

Conclusão: mulheres criam metas mais realistas e jogam mais na defensiva. Homens são mais ousados e ambiciosos. A verdade é que, no mundo dos negócios, não existe uma fórmula mágica na hora de levantar capital ou fazer seu empreendimento crescer e ser um sucesso. Assim como num jogo de cartas, quando chegar o momento de tomar uma decisão importante, avalie os prós e contras, meça seus riscos e possíveis prejuízos.

Deu coragem e sentiu que a oportunidade vale a pena? Inspire-se nos homens e arrisque. Se der medo, vai com medo mesmo, desde que ele não tire o seu sono ou faça você se sentir insegura.

Bjs e boa sorte,
Fabi Scaranzi


VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DISSO
FAB PRODUÇÕES
BIOGRAFIA
PALESTRAS
  • Mulheres muito além do salto alto
  • Albert Einstein
Fabiana Scaranzi
© Copyright 2017 - Fabiana Scaranzi. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido ou usado, exceto com a permissão prévia por escrito. Site por Design Ideal

Fabiana Scaranzi

Site feminino, com notícias, beleza, moda, saúde e bem-estar.

Coaching, Viagens, Vídeos, Como Fazer, Mundo Scaranzi

Por Fabiana Scaranzi

Miss Lily Comunicação