Menu
 2431
Baixe agora meu e-book: 10 erros mais comuns ao falar em público
O lado positivo dos videogames na vida das crianças
Seria mil vezes melhor encontrar seu filho lendo um livro do que sentado na frente da tv concentrado no videogame, né? Mas saiba que, dependendo do jogo, ele pode estar estimulando a coordenação motora e aprendendo lições valiosas

videogame

Diferente do que muitas pessoas pensam, os videogames não precisam ser vistos como um vilões na vida das crianças. Se usados com limite e na hora certa, eles não atrapalham os estudos e a rotina dos pequenos e ainda trazem muitos benefícios à saúde. Pedi à psicopedagoga Fernanda Bengezen, de São Paulo, que respondesse as principais dúvidas dos pais quanto ao assunto. Dá uma olhada nas respostas!

O que os videogames pode ensinar de positivo?
Deixando os jogos violentos de lado, eles podem ensinar disciplina, necessidade de seguir regras, além de trabalhar com a paciência, tolerância a frustrações, agilidade, estímulo de sentidos, percepção visual e potencialização da imaginação. A criança aprende a se relacionar com os colegas, desenvolvendo noções de divisão, troca e cumplicidade, além de desenvolver seu intelectual, sua motricidade, capacidade de concentração e seu emocional, cada vez que ganha ou perde uma fase.

O videogame é capaz de estimular na criança sensos de coordenação, estratégia e habilidade?
Sim, mas é preciso ficar atenta se o jogo condiz com a faixa-etária do seu filho. Jogos de ação e estratégia estimulam o pequeno a encontrar sozinho a solução correta para passar cada fase e a cada etapa este desafio vai se tornando mais difícil, fazendo a criança exercitar suas noções de planejamento para encontrar novas soluções. Quando o videogame permite que a criança jogue sem controle remoto, ela ainda trabalha a coordenação e, de quebra, realiza atividades físicas.

Qual é o papel dos pais nesse tipo de atividade?
É preciso que eles escolham o melhor horário e até mesmo quais os jogos mais indicados para o seu filho jogar. É importante verificar quanto tempo a criança gasta jogando videogames e se a atividade não está influenciando negativamente na sua rotina escolar ao deixar de estudar, praticar esportes ou até mesmo curtir um tempo com a família. Cuidado também com a postura do pequeno enquanto ele se diverte em frente a tv. Que tal se divertir com ele? Além de se divertirem juntos, você ainda fica se olho se o jogo está beneficiando ou prejudicando a formação intelectual do seu filho.

Qual é o tempo ideal que a criança deve gastar com a atividade?
Vendo pelo lado médico – principalmente o oftalmológico – o ideal é que ela descanse a cada 50 minutos, já que tanto tempo em frente à tv pode deixar a vista cansada e causar dores de cabeça. Agora, se formos avaliar sua diversão e aprendizado, duas horas gastas com videogames é o ideal.

Viu, só? Sabendo dosar, eles podem até ajudar o processo de aprendizagem dos seus filhos!

Bjs,
Fabi Scaranzi

*Imagem: Shutterstock


VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DISSO
FAB PRODUÇÕES
BIOGRAFIA
PALESTRAS
  • Mulheres muito além do salto alto
  • Albert Einstein
Fabiana Scaranzi
© Copyright 2017 - Fabiana Scaranzi. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido ou usado, exceto com a permissão prévia por escrito. Site por Design Ideal

Fabiana Scaranzi

Site feminino, com notícias, beleza, moda, saúde e bem-estar.

Coaching, Viagens, Vídeos, Como Fazer, Mundo Scaranzi

Por Fabiana Scaranzi

Miss Lily Comunicação