Menu
 5580
Baixe agora meu e-book: 10 erros mais comuns ao falar em público
Saiba como se prevenir da dengue, dentro e fora de casa!
Pequenas atitudes e mudanças no hábito diário são capazes de blindar você e sua família contra a doença mais temível de 2015
familia

(Foto: Shutterstock)

A dengue continua a fazer vítimas por todo o país, por isso, é fundamental não bobear e manter sua família protegida, dentro e fora de casa. O infectologista do Instituto Emilio Ribas, Jean Gorinchteyn explica que, além de tomar algumas atitudes preventivas, é fundamental repeti-las semanalmente. Por que? “Após depositarem seus ovos na água parada, leva-se uma semana para que ocorra a formação da lava e crescimento do mosquito”, diz. Agora que você já sabe de quanto em quanto tempo deve avaliar se a sua casa está protegida, criamos, com a ajuda do infectologista e do Ministério da Saúde, uma lista de pequenas atitudes que vão ajudar você a se prevenir contra o inseto. Siga à risca!

Área externa
– Certifique-se de ter deixado o reservatório de água bem fechado. O ideal é colocar também uma tela no ladrão da caixa d’água.
– Tonéis, poços, filtros, cisternas e barris de água devem estar sempre vedados ou bem tampados e sem água acumulada sobre as tampas.
– Lave semanalmente os tanques de armazém de água com uma escova e sabão.
– Remova folhas e qualquer tipo de sujeira que possam impedir a água de correr pelas calhas.
– Nunca deixe a água da chuva se acumular sobre a laje ou telhados.
– Entregue pneus velhos ao serviço de limpeza urbana ou guarde-os em local coberto e abrigados da chuva.
– Piscinas devem estar sempre limpas e cobertas durante o inverno. A água deve ser tratada com cloro semanalmente.

Com as plantas e jardins
– Encha de areia até a borda os pratinhos com vasos de plantas.
– Para quem não gosta de colocar areia nos potinhos, certifique-se se lavar os vasos com escova, água e sabão pelo menos uma vez por semana.
– Troque a água dos vasos de plantas aquáticas semanalmente.
– Plantas como as bromélias e as gravatas retém muita água, por isso devem estar sempre secas.

Com o lixo
– Separe o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre fechada. E nada de jogá-lo em terrenos baldios.
– Jogue no lixo todo objeto que possa acumular água, como potes, copos, garrafas. Mas tenha certeza de que eles estão sequinhos por dentro.
– Os sacos de lixo devem estar sempre bem fechados e fora do alcance de animais até que o serviço de limpeza urbana passe recolhê-los.

Dentro de casa
– Lave por dentro (com água e sabão!) os utensílios usados para guardar água em casa.
– Guarde garrafas sempre com a boca para baixo.
– Tampe os vasos sanitários menos utilizados e use água sanitária com frequência.
– Desinfete regularmente os ralos.
– Mantenha os subsolos, garagens e elevadores secos.
– Verifique se as bandejas de ar-condicionado não estão acumulando água.
– Algumas geladeiras têm sistema de descongelamento, portanto é jogar fora a água acumulada a cada 15 dias.

Com os animais
– Lave os bebedouros e os potinhos de comida dos bichinhos com bucha, água e sabão pelo menos uma vez por semana.
– Troque a água do potinho do seu pet diariamente.

Ao viajar
– Antes de ir, tenha certeza de não deixar água parada, tanto dentro quanto fora de casa. E cubra bem qualquer lugar que possa vir acumular água caso chova.

 

Além dos portões
De acordo com o infectologista, Jean Gorinchteyn, além de redobrar a atenção dentro de casa, algumas medidas bem simples – e pra lá de surpreendentes – podem ser tomadas no nosso dia a dia para manter o mosquito da dengue sempre longe. Espia só!

Repelente
Já ouviu falar do Exposis? O repelente é eficaz contra o Aedes Aegypti por conter um princípio ativo poderoso chamado Icaridina. “Esse composto é a base de pimenta, por isso ele muda a temperatura e odor da pele, criando uma condição hostil para o mosquito”. O produto pode (e deve!) ser usado em adultos e crianças, sem qualquer restrição e deve ser reaplicado diversas vezes ao dia.

No pulso
Em meio ao atual surto de dengue, as pulseiras de citronela têm sido cada vez mais procuradas. “Devido ao cheiro forte da planta, muitas pessoas usam a pulseira de borracha e silicone para afastar o mosquito transmissor”, explica Jean. Ela pode ser encontrada em farmácias de manipulação pelo preço médio de 5 reais e seu efeito dura, em média, cinco dias. E uma dica: velas feitas com a substância da planta também têm a mesma eficácia e podem ser espalhadas em diferentes cômodos da casa.

Direto do guarda-roupas
Por essa você não esperava, mas de acordo com o infectologista, peças de roupas claras (principalmente as brancas) também tem o efeito de afastar o tão temido mosquito. Como? “Além de identificarmos facilmente a presença do inseto, o branco tem o poder de ofuscar sua visão, tornando-se uma barreira contra as picadas”.


VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DISSO
FAB PRODUÇÕES
BIOGRAFIA
PALESTRAS
  • Mulheres muito além do salto alto
  • Albert Einstein
Fabiana Scaranzi
© Copyright 2017 - Fabiana Scaranzi. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido ou usado, exceto com a permissão prévia por escrito. Site por Design Ideal

Fabiana Scaranzi

Site feminino, com notícias, beleza, moda, saúde e bem-estar.

Coaching, Viagens, Vídeos, Como Fazer, Mundo Scaranzi

Por Fabiana Scaranzi

Miss Lily Comunicação