Menu
 1686
Baixe agora meu e-book: 10 erros mais comuns ao falar em público
7 erros de comunicação pra você evitar ao abrir seu próprio negócio
Conquiste o respeito de sua equipe e se destaque como uma empreendedora de sucesso corrigindo rapidinho 7 erros comuns de comunicação!

comunicação - erros negocio proprio foto de destaque

(Imagem: Shutterstock)

Na teoria, comunicação significa passar informações de uma fonte pra outra, seja de maneira escrita, verbal ou não verbal. Na realidade, ela é muito mais que isso.

Ao abrir um negócio próprio e se tornar uma empreendedora, a comunicação vai ser a sua ferramenta mais eficaz para aumentar a rede de contatos, fortalecer a lista de clientes, fazer a propaganda dos seus produtos e, principalmente, comandar uma equipe toda!

Para garantir que você não pise na bola e cometa falhas na sua comunicação, separei uma lista de 7 erros bem comuns que a maioria das pessoas comete ao abrir um negócio próprio pra você começar a evitar já. Anote aí!

1. Subestimar a importância de uma comunicação eficaz
Vencer na vida e se tornar uma empreendedora de sucesso exige que a gente seja bem-sucedida também nos relacionamentos. Um dos primeiros passos para se tornar uma comunicadora melhor é gastar tempo avaliando como você se comunica com seus clientes e funcionários. Acredite: os melhores comunicadores reconhecem o valor dessa ferramenta de liderança e valorizam a garantia de melhores resultados através de um diálogo claro, objetivo e coeso.

2. Construir barreiras na sua comunicação
Muitas vezes em nossas interações com outras pessoas, a mensagem que pretendemos enviar se perde no processo de transmissão (e tradução). Isso acontece porque vezes ou outra construímos algumas barreiras, mesmo sem querer. Esses bloqueios variam, mas as barreiras mais importantes são a falta de interesse e distração. Seus clientes e seguidores nas redes sociais podem dizer quando você não está interessada no que eles estão dizendo ou sugerindo, ou quando você deixa as distrações te afastar de ouvir as queixas, sugestões e questionamentos no momento presente. Resultado? Eles passam a se sentirem desvalorizados e diminuídos.

Para garantir que sua mensagem não se perca e que a sua comunicação seja sempre eficaz, evite usar jargões que possam causar “ruídos”. A cada interação (seja presencial, por telefone, mensagem ou e-mail), minha dica é que você verifique o perfil da pessoa com quem você está falando e qual a melhor forma de linguagem para se dirigir a ela. Isso vai garantir que você envie, de fato, a mensagem que deseja transmitir.

3. Falar demais
A comunicação é uma via de mão dupla. Ao mesmo tempo que a falta do diálogo pode atrapalhar o seu negócio, é preciso resistir à tentação de dominar uma conversa, no caso de uma reunião com a equipe ou com potenciais clientes e fornecedores, por exemplo.

Para abrir seu próprio negócio e garantir que ele se consolide no mercado de trabalho, é fundamental trabalhar a sua escuta ativa. Acredite:  ouvir é uma habilidade poderosa! Ao ouvir o outro com atenção, damos a ele a oportunidade de expressar suas preocupações, ideias e pensamentos sem se sentirem intimidados, mas com a impressão de que fazem parte de algo. Ouça com atenção e empatia e tente abrir mão daquela necessidade de responder e contra argumentar imediatamente. Essa prática vai te dar, inclusive, a oportunidade de responder com precisão e bom-senso.

comunicação - erros negocio proprio foto de dentro

(Imagem: Shutterstock)

4. Ignorar o estilo de comunicação dos seus funcionários e clientes
Todas nós nos comunicamos de maneiras diferentes, que geralmente se enquadram em um dos quatro estilos básicos: passivo, agressivo, passivo-agressivo ou assertivo. Compreender as diferenças desses estilos de comunicação dos nossos funcionários, sócios, clientes e parceiros, é essencial para efetivamente construir um relacionamento “ganha-ganha” com eles.

5. Desconsiderar mensagens não verbais
Às vezes, o que estamos dizendo através de palavras e o que nossas ações estão indicando, podem estar completamente desalinhadas. Imagine a cena: um membro da sua equipe vem ao seu escritório para falar sobre suas preocupações. Você garante que ele tem toda a sua atenção, mas que você está totalmente focada na tela do computador, finalizando aquele relatório que precisa ser entregue em uma hora. Parece inofensivo, mas inconscientemente você está enviando a mensagem de que está muito ocupada para ouvir o que o outro tem a dizer e que as preocupações dele não são uma prioridade.

Para corrigir esse hábito ruim, tente exibir uma linguagem corporal positiva que sinalize uma escuta ativa através do contato visual. Feche o laptop ou desligue o computador. Guarde o telefone ou vire a tela par abaixo, dando ao outro sua total atenção. Se você estiver realmente ocupada, peça ao seu funcionário que retorne em um momento melhor, quando você puder dar a ele a atenção que ele merece.

6. Não ser assertiva o suficiente
Agora que você abriu seu próprio negócio, precisa se lembrar que não tem ninguém acima de você. Ou seja, as decisões finais serão sempre suas, por mais difícil que isso seja. Pode parecer bem intimidador, né, mas para se dar bem como empreendedora, uma dica para levar pra vida toda é ser o mais assertiva possível e permanecer fiel ao que você acredita ser o melhor para uma determinada situação, mesmo que você esteja se apoiando apenas na sua intuição.

Ser assertiva é simplesmente declarar seus desejos, mas sempre considerando os sentimentos e opiniões dos outros. Só não confunda: é importante considerar o que os outros pensam e sentem, desde que você não encolha e se sinta insegura diante das suas próprias escolhas. Essa falta de confiança ficará evidente para a sua equipe e afetará negativamente os resultados que deseja alcançar.

7. Evitar conversas difíceis
Todas nós precisamos de feedback para crescermos profissionalmente. Você agora, como empreendedora, terá a obrigação de fornecer feedbacks aos membros da sua equipe, mesmo que negativos. Só assim você será capaz de ajuda-los a melhorar o trabalho que realizam.

Para muitas pessoas, entretanto, criar a atitude, o trabalho ou o desempenho alheio é um verdadeiro desafio. Mas não tem jeito, ao abrir seu próprio negócio, essa prática terá que ser feita se você quiser evitar problemas futuros.

Vale ter em mente que é possível amenizar qualquer reação ao preparar com antecedência como esse feedback será feito e o que será dito. Uma abordagem que funciona muito pra mim é primeiro fazer um comentário positivo, seguido do negativo e, finalizar com um elogio. Isso ajuda a amortecer o golpe da crítica, ao mesmo tempo que mantém os funcionários motivados a crescer e se aprimorar.

Dicas anotadas? Ao desenvolver suas habilidades de liderança ao longo do tempo, você vai se tornar uma mestra em comunicação e exemplo de empreendedora. Só não se esqueça: mesmo depois de abrir seu próprio negócio, nada de se acomodar, hein? Nunca pare de aprender, nunca pare de crescer.

Bjs,
Fabi Scaranzi


VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DISSO
FAB PRODUÇÕES
BIOGRAFIA
PALESTRAS
  • Mulheres muito além do salto alto
  • Albert Einstein
Fabiana Scaranzi
© Copyright 2017 - Fabiana Scaranzi. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido ou usado, exceto com a permissão prévia por escrito. Site por Design Ideal

Fabiana Scaranzi

Site feminino, com notícias, beleza, moda, saúde e bem-estar.

Coaching, Viagens, Vídeos, Como Fazer, Mundo Scaranzi

Por Fabiana Scaranzi

Miss Lily Comunicação