Fechar
Menu
 2424
10 erros comuns na hora de passar rímel
Usar rímel velho, não acertar nos movimentos, esquecer o curvex... é normal ter dúvidas na hora de usar um produto de maquiagem tão comum quanto o rímel! Abaixo eu desvendo todas elas

erros-ao-passar-rimel

Bom e velho conhecido no mundo da beauté, o rímel é item fundamental na hora de fazer uma make, das mais simples às mais poderosas! E parece tão fácil pensar nele, né? Afinal, quem é que consegue sair de casa sem rímel? Fica até difícil de imaginar!

A verdade é que até um produto tão popular quanto o rímel pode causar algumas dúvidas na hora de aplicar e não é à toa: as cerdas têm tamanhos e curvaturas diferentes, cada um deles têm uma finalidade (alongar, dar volume…) e até o movimento do rímel dos cílios influencia há hora de criar o efeito desejado.

Pensando nisso, separei abaixo as principais dúvidas quando o assunto é aplicação do rímel! Tenho certeza que você vai se tornar uma expert no assunto!

1. Não passar rímel na raiz dos cílios
Para criar um efeito de cílios alongados e volumosos não adianta passar o rímel apenas nas pontinhas. É preciso também se dedicar a raiz dos cílios e, então, levar o pincel até as pontas. Assim, eles não correm o risco de ficarem pesados e vão criar um visual incrível!

2. Não fazer movimentos de “vai e vem”
Pouca gente sabe, mas o diferencial das maquiagens de salão é que os experts fazem um movimento de vai e vem com o pincel do rímel para que os cílios se encaixem melhor entre os espaços do aplicador. É com essa técnica que seus cílios vão receber mais camadas do produto e ficarão mais firmes e alongados.

3. Não “encaixar” os cílios completamente no aplicador
Infelizmente, só encostar o aplicador do rímel nos cílios não adianta. Você precisa sentir que seus cílios estão sendo puxados, senão o resultado não será visível.

4. Não reforçar as camadas
Na hora da pressa, é normal passar uma camada de rímel e pronto. Mas o efeito fica bem melhor se você caprichar nas camadas e passar quantas achar necessário. Se preferir, espere alguns minutos e, então, recomece a aplicação.

Tutorial-de-como-passar-rímel

5. Não considerar o sentido que os cílios nascem
Pois é, tem isso também! Já percebeu como a pálpebra dos nossos cílios é um pouco curvada? Por isso, não adianta passar o rímel sem considerar o sentido e o movimento dos fios. Preste atenção no sentido natural de cada um deles e, com o aplicador, puxe gentilmente os fios para fora. O resultado fica muito mais natural.

6. Não fechar completamente a embalagem na hora de guardar
A qualidade da sua maquiagem interfere (e muito!) no efeito da sua make. Se seu rímel não for fechado completamente após o uso, em pouco tempo ele vai ficar duro e as mudanças no produto serão visíveis na próxima aplicação, como cílios empelotados e cheios de resíduos. Por isso, rímel velho, fora do prazo de validade ou seco devem ir diretamente para o lixo. Seu rímel precisa ter consistência mole para, somente depois da aplicação, secar em poucos minutos.

7. Não deixar os fios espaçados
É por isso é que tão importante escolher o pincel perfeito para o seu tipo de cílios antes de comprar seu rímel. Na hora de fazer a aplicação, tome um tempo para caprichar no visual e garantir que seus cílios não fiquem colados uns aos outros. Nada mais feio do que aquele olho de “Emília”, né?

8. Não usar ou manusear errado o curvex
Além de alongar os cílios, o curvex é imprescindível para quem precisa levantar o olhar, então, arranje já um curvex pra chamar de seu. Uma dica dada por experts para fazer o aparelho dar um efeito ainda mais bonito na sua make é esquentá-lo um pouco com o secador e só então prensar os fios. Ah, e pra acabar de vez com as dúvidas: o curvex deve ir sempre (sempre mesmo!) antes do rímel. Ao usar o instrumento depois de passar a máscara de cílios, os fios correm o risco de grudarem uns nos outros, além de borrar todo o olho.

eyelash-curler

9. Não abrir mão de certas manias
Sabe aquela mania de fazer movimentos de “vai e vem” com o pincel do rímel dentro do tubinho? Essa prática acaba com a qualidade do produto, já que, com o movimento, você coloca ar para dentro do tubinho, envelhecendo o produto e fazendo com que ele seque muito mais rápido. Se você não gostar do estado líquido da sua máscara nova, o melhor é usar um pincel velho e bem gasto para fazer seu rímel chegar no ponto que você gosta.

10. Não escolher um rímel no mesmo tom do seu cabelo
Muitas mulheres têm a mania de passar a máscara um tom acima do seu cabelo, o que tira o efeito de aparência natural do produto. Loiras devem usar rímel marrom no dia-a-dia, enquanto as ruivas estão liberadas para usarem e abusarem do preto.

Fim das dúvidas? Tenho certeza que agora sua maquiagem vai ficar muito mais bonita!

Bjs,
Fabi Scaranzi


VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DISSO
FAB PRODUÇÕES
BIOGRAFIA
PALESTRAS
APP VIVO MULHER
  • Mulheres muito além do salto alto
  • Albert Einstein
Fabiana Scaranzi
© Copyright 2017 - Fabiana Scaranzi. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido ou usado, exceto com a permissão prévia por escrito. Site by Miss Lily

Fabiana Scaranzi

Site feminino, com notícias, beleza, moda, saúde e bem-estar.

Coaching, Viagens, Vídeos, Como Fazer, Mundo Scaranzi

Por Fabiana Scaranzi

Miss Lily Comunicação