Mini wedding! Conheça a nova tendência dos casamentos

Já ouviu falar de mini wedding? Com o mesmo luxo de um casamento convencional, essa tendência é muito mais intimista e procura aproximar ao máximo noivos e convidados na celebração do grande dia

0 4312

Mini-Wedding

Casar de véu e grinalda ainda é o sonho da maioria das mulheres, mas muitas tendências estão mudando quando o assunto é casamento. Enquanto o branco e o vestido longo continuam em alta, parece que agora o chique é transformar seu casamento em um mini wedding, uma celebração intimista para, em média, 50 pessoas. Assim, além de aproximar ainda mais os noivos dos convidados, é possível ter uma festa linda e inesquecível, mesmo nos tempos de crise.

Como tudo começou!
Enquanto no Brasil o mini wedding ainda é novidade, nos Estados Unidos essa tendência já rola há algum tempo. O motivo? Os americanos são muito mais práticos e menos exorbitantes quanto o assunto é casamento. Sabia que pouquíssimos lugares do mundo investem tanto na celebração do casamento quanto o Brasil? Tanto que, quando as noivas brasileiras se casam fora do país, elas sentem falta dos mimos dos fornecedores e da capacidade de personalização que possuímos aqui.

como-organizar-um-mini-wedding00007

Mas o que é exatamente um mini wedding?
Para saber mais sobre a tendência do mini wedding, conversei com Caroline Galhardo, Editora da Revista iCasei, que conta também com o o site mais conhecido do país quando o assunto é casamento. Descobri que, como o próprio nome diz, essa festa de casamento é menor e geralmente se convida de 60 a 70 pessoas. “O mini wedding é um evento mais intimista, aconchegante e super personalizado, escolhido pelos noivos que querem celebrar a união com os familiares e amigos mais próximos”, explica Carolina. Mas engana-se quem pensa que os noivos só escolhem o mini wedding pelos custos. Esse tipo de casamento pode até ter os gastos reduzidos pelo número de convidados, mas permite personalizações infinitas de itens, que podem gerar, inclusive, altos custos dependendo do sonho dos noivos.

Atenção com o orçamento
O mini wedding só será mais econômico que os casamentos convencionais se os noivos não colocarem em prática todos os sonhos que planejam para o grande dia. No entanto, é possível, sim, gastar menos se os noivos optarem por fazer algumas partes da festa por conta própria, com os famosos DIY (Do It Yourself), como a decoração, lembrancinha e por aí vai. De acordo com Caroline, entretanto, dá fazer um mini wedding super requintado. “Justamente por ser para menos pessoas, os noivos podem optar por oferecer o melhor, pois o que gastariam em uma festa para 200 pessoas, por exemplo, eles preferem investir em bons fornecedores e momentos únicos para seus 50 convidados. E isso tem um alto custo, o que acaba compensando o valor e deixando elevado da mesma forma”.

17

Mini wedding: a ideia pegou!
A sociedade brasileira vem mudando tanto a forma com que ocorrem os relacionamentos, antes super convencionais, em que as mulheres só saiam de casa ao se casar, quanto a forma que a própria família enxerga o casamento. Antes, as festas eram para mostrar para a sociedade que seus filhos estavam se unindo. Hoje, os noivos, além de morarem junto por um tempo, para só depois fazerem o casamento, são os responsáveis pelos custos da festa e podem escolher não convidar aqueles amigos e parentes distantes. “A festa se tornou mais dos noivos do que dos familiares, o que era o oposto no passado. Isso é uma grande mudança social. Claro que ainda existem pais que ajudam nas festas e isso é super positivo, mas com uma sociedade mais prática e aberta a essas mudanças, as festas estão tendo cada vez mais um caráter dos noivos e não de seus pais”, explica a editora.

As vantagens do mini wedding
Mesmo com os tempos de crise como o que estamos vivendo agora, ainda é possível realizar o sonho do casamento e, de acordo com a editora da revista do iCasei, o mini wedding se encaixa perfeitamente nisso. “Serão procuradas cada vez mais formas de economia e comemoração sem ‘ostentação’. Uma noiva não vai deixar de fazer o seu vestido, por exemplo, mas ao invés de buscá-lo nos Estados Unidos, ela irá procurar os excelentes estilistas brasileiros. E assim por diante em todos os fornecedores”.

casamento

E engana-se quem pensa que só porque a festa será um mini wedding, que ela não pode ter banda, buffet e decoração. Muito pelo contrário! Justamente por ser menor e para amigos e familiares bem próximos, o mini wedding permite uma personalização muito maior. A decoração, mesmo que com toques dos noivos, precisa estar presente; a banda ou DJ é super necessário para animar a festa; comida é essencial, assim como todos os itens de um casamento grandioso. A única diferença é o caráter intimista, aconchegante e mais personalizado neste tipo de celebração.

Eu adorei a ideia! E você?
Deixe sua opinião nos comentários!

Bjs,
Fabi Scaranzi

*Imagens: Pinterest