Fechar
Menu
 1140
Mariah Carey revela sofrer de transtorno bipolar. Entenda a doença!
A cantora Mariah Carey contou que trata o transtorno bipolar há dois anos e como as variações de humor mudaram a sua vida para sempre
Mariah Carey

(Imagem: Chris Pizzello/Invision/AP)

Na última terça-feira a cantora Mariah Carey revelou ao mundo que em 2001 foi diagnosticada com transtorno bipolar. À revista People, ela abriu o jogo e falou sobre o momento em que descobriu a doença, ao ser internada depois de um colapso físico e mental. “Eu não queria acreditar”.

Em negação, demorou até que Mariah Carey aceitasse o diagnóstico e pedisse ajuda, contando que passou anos sofrendo em silêncio. “Até pouco tempo atrás, eu vivia em estado de negação e isolamento e com medo constante de alguém me expor. Era um fardo pesado demais de carregar e eu simplesmente não conseguia fazer mais isso”, disse em entrevista.

A cantora só começou a fazer tratamento para transtorno bipolar há poucos anos. “Recebi tratamento, mantenho pessoas positivas à minha volta e voltei a fazer o que eu amo — escrever canções e fazer músicas”, revelou. Segundo Mariah, sua doença (transtorno bipolar do tipo 2) envolve períodos de depressão, alterações de humor, insônia e irritabilidade. “Na verdade, estou tomando medicações que parecem ser muito boas. Elas estão fazendo com que eu não me sinta cansada, fraca, nem nada desse tipo. Encontrar o equilíbrio é o mais importante”, afirmou a cantora para a People.

mariah

Entenda a doença
O transtorno bipolar é responsável por causar períodos de oscilações de humor. Essas variações – que vão desde excesso de energia até depressão – podem ser rápidas e ocorrer com muita ou pouca frequência. Entre os sintomas mais comuns estão:

Exaltação do humor, com aumento de energia, humor eufórico, irritável, depressivo e até arrogante
Hipomania: distração, sono irregular, compulsão alimentar, agitação, autoestima elevada, afobação, pensamentos acelerados e grande envolvimento em atividades diversas
Depressão: desânimo diário, tristeza, perda de interesse no trabalho ou em hobbies diversos, fadiga ou falta de energia, afastamento de amigos e eventos sociais

Apesar das causas do transtorno bipolar ainda não serem totalmente conhecidas, a ciência acredita que diversos fatores podem estar envolvidos no surgimento da doença:

Peculiaridades biológicas (como desequilíbrios nos neurotransmissores)
Desequilíbrio hormonal
Hereditariedade e histórico familiar
Meio ambiente (estresse, abuso sexual, morte de algum ente querido…)
Uso e abuso de drogas e/ou álcool
Mudanças repentinas de vida e experiências traumáticas

Para facilitar o diagnóstico, especialista sugerem que o paciente anote os sintomas mais comuns e os descreva ao médico em detalhes. Essa conversa é fundamental para que o especialista possa concluir, ou não, a presença do transtorno bipolar. Em seguida, são feitos exames físicos e testes laboratoriais, exames de urina e de sangue. Então, são feitas análises psicológicas a fim de avaliar o comportamento do paciente e as tais alterações de humor.

Comprovado o transtorno bipolar, inicia-se um tratamento intenso (e na maioria das vezes duradouro) com psicólogos, psiquiatras ou neurologistas, normalmente aliado a medicamentos antipsicóticos e antiansiedade para problemas de humor, bem como remédios antidepressivos.

Bjs,
Fabi Scaranzi

*Fonte: Associação Brasileira de Psiquiatria


VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DISSO
FAB PRODUÇÕES
BIOGRAFIA
PALESTRAS
APP VIVO MULHER
  • Mulheres muito além do salto alto
  • Albert Einstein
Fabiana Scaranzi
© Copyright 2017 - Fabiana Scaranzi. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido ou usado, exceto com a permissão prévia por escrito. Site by Miss Lily

Fabiana Scaranzi

Site feminino, com notícias, beleza, moda, saúde e bem-estar.

Coaching, Viagens, Vídeos, Como Fazer, Mundo Scaranzi

Por Fabiana Scaranzi

Miss Lily Comunicação