Pesquisa comprova: uso do protetor solar reverte os sinais da idade!

Mais longo estudo realizado sobre fotoproteção conclui que uso diário de filtro solar não só previne, como também reverte sinais de envelhecimento da pele

1 698

protetor

Mais uma pesquisa muito bacana foi divulgada e eu faço questão de dividir com vocês! A ROC, marca de dermocosmético da Johnson&Johnson, realizou um estudo clínico ao longo de um ano para avaliar a eficácia do uso constante do protetor solar.

A pesquisa era simples: provar que o uso contínuo de protetor solar ao longo de 52 semanas ajudaria a prevenir danos na pele e a melhorar os sinais visíveis de fotoenvelhecimento.

Para quem não conhece, fotoenvelhecimento são basicamente as rugas, despigmentações, alterações na textura da pele, tidas como feias e podem, muitas vezes, ser acompanhadas de fotocarcinogênese – manchas que podem se tornar cancerígenas no futuro. E são exatamente os filtros solares nossos principais aliados na hora de prevenir essas anomalias na pele. O que o estudo mostra, entretanto, é que, além de prevenir, o protetor solar também é capaz de reverter esse fotodano. Bom, né?

Entenda a pesquisa
Os pesquisadores estudaram 33 mulheres de 40 a 55 anos, com pele branca e exposição moderada ao sol. O estudo chegou ao fim depois de um ano, com 32 mulheres (uma delas desistiu por motivos pessoais!) aplicando protetor solar FPS 30 fotoestável, ou seja, a molécula não sobre danos ao absorver a luz do ambiente e de amplo espectro, protege a pele da radiação solar e também dos raios UVA e UVB se for aplicado todas as manhãs no rosto inteiro. O protetor solar aplicado possuía ingredientes básicos, sem aditivos antienvelhecimento.

Todos os parâmetros de fotoenvelhecimento avaliados por dermatologistas melhoraram significativamente já na 12ª semana. Foram analisados superfície e tom de pele, considerando textura, clareza, uniformidade de tom e pigmentação discreta diferente da natural da pele, e manchas. Um ano depois, as melhoras clínicas foram de 52% em manchas, 40% na textura e 41% na clareza da pele. Já a melhora que ocorreu em tom e pigmentação da pele foi particularmente notável, uma vez que as avaliações finais foram realizadas no final do verão, período em que a pele tende a apresentar um tom desigual e manchas mais evidentes.

Conclusão: não abra mão do filtro solar!!
Deu pra notar a importância da fotoproteção para a prevenção do envelhecimento na aparência da pele, né? Mais que isso, ela garante que os sinais já presentes sejam minimizados e que a aparência da pele melhore significativamente se o protetor solar for usado diariamente. Por isso, nada de preguiça! Inclua esse cuidado com a pele na sua rotina, nem que pra isso você precise acordar cinco minutinhos mais cedo. Sua pele agradece!

Bjs,
Fabi Scaranzi