O sabonete facial ideal para cada tipo de pele. Descubra o seu!

Sabonete facial não é tudo igual! Descubra qual escolher de acordo com o seu tipo de pele e não sofra mais com oleosidade excessiva, acne ou ressecamento!

0 614

sabonete liquido

Muito mais do que fazer uma maquiagem impecável e capaz de camuflar imperfeições, é mantendo a pele limpa, bem tratada e hidratada que mostramos cuidados com a saúde e qualidade de vida. O problema é que, com tantas opções nas prateleiras das farmácias, fica difícil descobrir quais produtos são, de fato, indicados (e eficazes!) para o nosso tipo de pele. Escolher um sabonete facial, por exemplo, pode se tornar um verdadeiro desafio!

Dermatologistas costumam dividir a pele em quatro grupos:

– Normal: pele macia, com poros discretos e sempre lisinha.
– Oleosa: pele com brilho excessivo, poros aparentes e forte presença de cravos e espinhas.
– Seca: pele áspera e porosa, com sensação de estar “craquelando” e soltando várias pelinhas mortas.
– Mista: pele oleosa na zona T (testa, nariz e queixo) e seca na região das bochechas, perto da boca e rente às sobrancelhas.

Tendo isso em mente, agora ficou mais fácil descobrir qual é o sabonete ideal para o seu tipo de pele. Dos mais agressivos (normalmente em barras e alcalinos) aos líquidos, existe um capaz de deixar sua pele saudável, limpa e hidratada. Exatamente como você merece. Escolha já o seu!

Resultado de imagem para mulher lavando o rosto

– Para quem tem pele normal: prefira sabonetes perfumados, com produtos que levam extrato de hamamélis, própolis, cânfora ou alantoína na formulação. O motivo? Eles mantêm a oleosidade sob controle e, de quebra, hidratam a pele após a lavagem.

– Para quem tem pele oleosa: o sabonete facial adstringente é fundamental para combater o excesso de sebo. Na hora da compra, prefira produtos à base de hamamélis e própolis. Quem sofre de pele oleosa deve sempre preferir o sabonete líquido ao em barra. Ácido salicílico, enxofre e sulfacetamina sódica também ajudam (e muito!) a manter a olesidade equilibrada.

– Para quem tem pele seca: esse tipo de pele exige um sabonete facial suave, mas de hidratação intensa. Por isso, procure por versões à base de substâncias oleosas e hidratantes, como manteiga de karité, lanolina, óleo de amêndoas, laurilsufato e extrato de semente de uva. Aplicando o sabonete facial pelo menos duas vezes ao dia, você vai sentir uma melhora na pele em poucos dias.

– Para quem tem pele mista: não tem jeito, se você sofre de pele mista, precisará usar dois tipos de sabonete facial – um para pele oleosa e outro para seca – e aplica-los nas regiões afetadas, até que elas se igualem, deixando seu rosto com aspecto saudável e hidratado, mas longe daquele brilho que passa a impressão de pele suja ou malcuidada.

– Para quem tem pele sensível: está passando por um período de alergia ou irritação? Então a escolha do seu sabonete líquido exige um cuidado ainda maior. Dermatologistas recomendam a versão em gel, contendo extratos de camomila e erva-doce – calmantes naturais capazes de amenizar manchas e erupções em poucos dias.

Ah, e uma última dica: cuidado com a temperatura da água! Mesmo no inverno, prefira água morna ou fria uma vez que a temperatura muito quente, junto com o sabonete, remove a camada natural protetora da pele, deixando o rosto seco, com manchas vermelhas e até com alguns machucados, sem contar que aumentam as chances de acne.

Fim das dúvidas?

Bjs,
Fabi Scaranzi