Conheça os benefícios dos chás para a saúde

Basta um pouco de água quente, ervas, açúcar a gosto e voilá, seu chá está pronto! Conheça os benefícios dos chás para a saúde e sabe para que são indicados

0 1188

chá

Nesses dias gelados, tem coisa melhor do que um chá quentinho? Fáceis de rápidos de preparar, os chás, além de darem aquela sensação gostosa de aconchego, também trazem incontáveis benefícios à saúde, que vão desde a melhora do sono, até estimular o metabolismo, relaxar o corpo e auxiliar na perda de peso.

Quem garante é a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). De acordo com uma pesquisa realizada por eles, existem aproximadamente 60 espécies de plantas com propriedades terapêuticas que além de fazerem super bem à saúde, podem ser consumidas sem prescrição médica. Só é preciso tomar cuidado com a quantidade ingerida. Quem gosta de tomar chás todos os dias deve procurar um nutricionista para ter certeza de que consumir a mesma erva em excesso não causa nenhum mal ao organismo. O chá de alho, por exemplo, se consumido diariamente, com o tempo pode causar um certo desconforto gastrointestinal. Aí, não, né?

Chás: como tomar?
Há quem precisa com açúcar, outros, com leite, mas dizem – principalmente os ingleses – que o jeito certo de tomar chás é preparando-os por infusão. Para não errar na hora de fazer seu chazinho, junte a água fervente às ervas e mantenha a mistura ababada por três minutos. O mesmo vale para os chás preparados com sachês já prontos. Agora, se no seu chá tiver qualquer tipo de casca ou caule da planta, o melhor é ferver a água esses pedaços, de preferência de dois a cinco minutos.

O ideal é usar 50 gramas da erva escolhida (aproximadamente 1 colher de sopa) para cada 350 mil de água quente. A maioria deles não é preciso adoçar!

Muitos sabores, vários benefícios
Sabia que os chás têm muitas propriedades terapêuticas? Tudo depende da erva que você escolhe. Na hora da compra, primeiro é preciso se certificar de que as embalagens estão bem fechadas e que elas contêm o nome científico da planta e a data de validade. Agora, basta dar uma olhadinha abaixo para escolher a erva perfeita para anemizar problemas, como inchaço, pressão alta e até dores de estômago. Olha só!

Pra quem precisa de: antivirais
Faça chás de: alho, eucalipto, gengibre, limão, sabugueiro, salgueiro, alcaçuz e guaco
Porque fazem bem: essas ervas blindam o sistema imunológico, além de terem propriedades anti-inflamatórias e analgésicas. Está resfriada? Aposte no chá de gengibre, já que ele dificulta o acesso do vírus às células.
Quanto tomar: recomenda-se uma xícara (chá) três vezes ao dia
Alerta vermelho: grávidas, lactantes e pessoas com problemas de gastrite devem consultar um especialista antes de incluir esse tipo de chá na rotina.

cha-de-gengibre-ajuda-a-emagrecer

Para quem precisa de: uma boa noite de sono
Faça chás de: camomila, erva-cidreira, erva-doce, maracujá e alfazema.
Porque fazem bem: A propriedade calmante dessas ervas ajuda a combater a ansiedade, stress, insônia, irritação e agitação, além de relaxar o corpo e ajudar a regular o sono. A alfazema, inclusive, é ótima para o combate de enxaquecas.
Quanto tomar: uma xícara (chá) à noite, 20 minutos antes de dormir ou sempre que se sentir ansiosa ou estressada.
Alerta vermelho: não tem. Essas ervas estão liberadas. Oba!

Para quem precisa de: digestivos
Faça chás de: alecrim, boldo-do-chile, camomila, hortelã-pimenta, maçã, cáscara sagrada, espinheira-santa e carqueja.
Porque fazem bem: essas plantas são poderosas na hora de relaxar o trato gastrointestinal, por isso, em muitos casos são mais eficazes para o alívio de cólicas e dores abdominais do que muitos remédios. O alecrim, ainda gera a sensação de saciedade, por isso é muito recomendado em dietas.
Quanto tomar: uma xícara (chá) meia hora depois das três principais refeições do dia.
Alerta vermelho: não é indicado para lactantes, grávidas e quem sofre de pressão baixa.

Para quem precisa de: diuréticos
Faça chás de: cavalinha, dente-de-leão, cano-do-brejo, bardana e quebra-pedra, chapéu-de-couro.
Porque fazem bem: além de atuarem diretamente na desintoxicação do organismo e no tratamento de infecções urinárias, essas ervas estimulam o bom funcionamento dos rins, incentivando a eliminação da urina, diminuindo o inchaço do corpo.
Quanto tomar: três xícaras (chá) por dia, de manhã, à tarde e à noite.
Alerta vermelho: grávidas, pessoas com pressão baixa e com insuficiência renal ou cardíaca devem passar por um especialista antes de ingerir esse tipo de erva.

cha-de-cavalinha

Para quem precisa de: termogênicos
Faça chás de: canela, gengibre, cravo-da-índia, chá verde, hibisco e laranja-amarga.
Porque fazem bem: elas aceleram a transformação da glicose e da gordura em energia, aumentando a queima de calorias e ajudando no processo de emagrecimento.
Quanto tomar: uma xícara (chá) no máximo quatro vezes por dia.
Alerta vermelho: contraindicados para grávidas e cardíacos.

E aí, qual chazinho é perfeito pra você?

Bjs,
Fabi Scaranzi