Fechar
Menu
 1254
Exercícios deixam nossas células mais jovens, diz estudo
Pesquisa confirma que exercícios diários podem retardar em até nove anos nosso envelhecimento celular! Confira já todos os detalhes desse estudo

fabi tenis

Quanto mais nos exercitamos, menos nossas células parecem envelhecer! Segundo um novo estudo publicado na Preventive Medicine, pessoas que se exercitam mais apresentam um envelhecimento biológico nove anos mais jovem do que os sedentários.

Pesquisadores analisaram os telômeros de quase 6 mil adultos ao mesmo tempo que perguntaram sobre as atividades físicas realizadas no último mês e com que força e intensidade foram feitas. Os inscritos na pesquisa forneceram amostras de DNA, a partir das quais os pesquisadores mediram o comprimento dos tais telômeros – protetores das extremidades dos cromossomos humanos, responsáveis por marcar nosso envelhecimento e saúde em geral.

Explicando melhor, toda vez que uma célula se replica, perdemos um pouquinho de telômero, que ficam mais curtos conforme a idade vai avançando. Segundo Larry Tucker, professor de Ciência do Exercício, na Universidade Brigham Young, os telômeros podem encolher mais rápido ou mais devagar, dependendo da pessoa. “Sabemos que, em geral, pessoas com telômeros mais curtos morrem mais cedo e têm maior probabilidade de desenvolver muitas de nossas doenças crônicas”, diz Tucker. “Não é perfeito, mas é um índice muito bom de envelhecimento biológico.”

Os grandes vilões do envelhecimento precoce
Tabagismo, obesidade, uso de álcool e sedentarismo são os maiores responsáveis pelo envelhecimento precoce das nossas células, além de questões como gênero, raça e agentes externos.

O que a pesquisa descobriu, porém, é que pessoas que se exercitam mais tem telômeros significativamente mais longos do que os sedentários. Os preguiçosos têm menos de 140 pares de base de DNA nas extremidades de seus telômeros em comparação com quem se exercita todos os dias, ou seja: uma diferença de aproximadamente nove anos de envelhecimento celular.

fabi tenis2

Recomendação dos especialistas
De acordo com Larry Tucker, o ideal é que sejam feitos pelo menos 30 a 40 minutos de corrida, cinco dias por semana. A carga e intensidade dos exercícios também é importante. Enquanto atividades de nível moderado podem desacelerar o envelhecimento em nove anos, exercícios pesados aumentam ainda mais esse número.

O estudo mostrou também que quanto maior a quantidade de exercícios, maior o comprimento dos telômero e, consequentemente, melhora significativa no sono, e na queda nos quadros de depressão e estresse, fatores que afetam diretamente a saúde e beleza do nosso corpo.

Embora não haja garantia de que pessoas com telômeros mais longos tenham vidas mais longas e saudáveis, as expectativas são favoráveis, diz Larry Tucker. “Todos conhecemos pessoas que parecem mais jovens do que a idade real“, diz ele. “Sabemos que exercícios podem ajudar com isso e agora sabemos que parte disso se deve ao efeito da atividade física em nossos telômeros”.

Bjs,
Fabi Scaranzi


VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DISSO
FAB PRODUÇÕES
BIOGRAFIA
PALESTRAS
APP VIVO MULHER
  • Mulheres muito além do salto alto
  • Albert Einstein
Fabiana Scaranzi
© Copyright 2017 - Fabiana Scaranzi. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido ou usado, exceto com a permissão prévia por escrito. Site by Miss Lily

Fabiana Scaranzi

Site feminino, com notícias, beleza, moda, saúde e bem-estar.

Coaching, Viagens, Vídeos, Como Fazer, Mundo Scaranzi

Por Fabiana Scaranzi

Miss Lily Comunicação