Os benefícios do óleo de rícino para a pele, unhas e cabelo

Queridinho das famosas, o óleo de rícino pode ser usado para hidratar a pele, fortalecer o cabelo, nutrir os lábios e muito mais. Veja como usar!

2 974

ricino

Você já deve ter ouvido falar dele! O óleo de rícino é um velho conhecido no universo da beauté, mas vem ganhando força e popularidade desde que famosas como Beyoncé, Catherine Zeta-Jones e o clã Kardashians confessaram que não abrem mão desse produtinho na hora de cuidar da pele da pele, unhas e cabelo.

Pra quem ainda não conhece, o óleo de rícino, também conhecido como óleo de mamona, é extraído da semente da planta e contém uma grande quantidade de ômegas 6 e 9, além de propriedades antioxidantes fundamentais na hora de combater o envelhecimento precoce. Poderoso, né?! Abaixo, separei os seis principais benefícios do óleo de rícino para pele, unhas e cabelo. Espia só!

1. Sobrancelhas volumosas
Se você sofre com falhas nas sobrancelhas ou tem cílios bem ralinhos, vale a pena usar o óleo de rícino algumas vezes na semana sobre os fios. O motivo? A esteticista Roseli Siqueira explica que ele graças ao seu poder de lubrificação e desintoxicação ele evita que os cílios caiam e ainda estimula o crescimento dos fios nessas áreas. Bom, né?!

2. Demaquilante natural
Rímel e delineador podem ser bem difíceis de tirar. Às vezes, a gente esfrega tanto a região que termina a limpeza da pele com o rosto ardendo e machucado. Nessas horas, conte com o óleo de rícino para remover bem as impurezas e nutrir a pele. A esteticista garante que tudo o que você precisa é colocar algumas gotinhas em um algodão e massagear suavemente. Sai tudinho! Depois, é só lavar bem o rosto com água fria.

3. Cabelos fortes e saudáveis
O óleo de rícino não só pode, como deve ser usado para fazer uma hidratação intensa no cabelo, de preferência uma vez por semana. Roseli indica usar o produto diretamente no couro cabeludo a fim de remover os resíduos do shampoo e até de outros químicos, como tintura. No momento da aplicação, faça uma boa massagem ativando a circulação e o metabolismo local, desobstruindo os poros e nutrindo o bulbo capilar para regenerar os fios, fechando as escamas do cabelo. Em seguida, enrole uma toalha quente esperando até ela esfriar e lave como de costume.

4. Pele macia e cheia de vida
Por ser bem viscoso, se usado em excesso o óleo de rícino pode deixar a pele oleosa, por isso seu uso exige cuidado. O ideal é preparar uma receita especial com ele e usá-la apenas uma vez por semana. Anote a mistura: uma colher (sopa) de iogurte natural, uma colher (sobremesa) rasa de aveia e três gostas do óleo. Misture bem e massageie todo o rosto. Espere alguns minutos e lave com água fria. O resultado? Pele livre de células mortas, textura macia e aparência saudável. Oba!

mulher-passando-algodão-pele

5. Lábios livres de rachaduras
Mesmo no verão seus lábios tendem a rachar com facilidade? A esteticista sugere usar três gotinhas do óleo de rícino misturadas a uma colher (sobremesa) de mel e um pouco de água. Ao massagear bem a região, você hidrata a pele sensível e diminui as rachaduras e vincos de ressecamento.

6. Unhas e cutículas hidratadas
Você já deve ter ouvido falar que retirar as cutículas não só aumenta o risco de infecção como enfraquece as unhas. E é verdade! Dermatologistas indicam usar o óleo de rícino para evitar as rachaduras nas unhas e cutículas a fim de hidrata-las e diminuir aquela necessidade de remover a pelinha protetora de vez. O mesmo vale para outros locais do corpo onde nossa pele costuma rachar, como joelhos, cotovelos e pés. Uma boa dica, aliás, é misturar um pouco de açúcar mascavo, massagear bem os pés e envolve-los em um saco plástico por alguns minutos. Depois, é só colocá-los em uma bacia com água morna para relaxar.

Viu só como é bom ter o óleo de rícino sempre à mão?! Produto natural e poderoso, tem coisa melhor?

Bjs,
Fabi Scaranzi

*Fonte: daquidali