7 dicas para viajar de avião com crianças sem estresse

Viajar com crianças pequenas, ainda mais de avião, pode ser um verdadeiro desafio. Veja como tornar a viagem tranquila, segura e confortável para os pequenos

0 433

unnamed

Se só de pensar em passar horas dentro de um avião lotado, além de ter que pegar a fila do check-in, esperar o momento do embarque, passar por alfandega ou fazer conexão, tudo isso na companhia de crianças pequenas, faz você pensar em desistir das suas tão merecidas férias, calma!! Existem algumas dicas capazes de transformar a viagem em algo fácil e divertido para os pequenos.

Abaixo, separei sete atitudes simples, mas que fazem a maior diferença, pra você se organizar na hora de viajar com as crianças e ter férias livre de qualquer estresse. Espia só!

1. Relaxe nos kid-friendly lounges
Pouca gente sabe, mas na maioria dos aeroportos ao redor do mundo existem lounges criados especialmente para as crianças. Os famosos “kid-friendly lounges” contam com sala de jogos com brinquedos, TVs, vídeo-games e atividades para todas as idades. Muitos incluem ainda vestiários bem equipados para bebês e até espaços para dar banho nos pequenos antes de um voo ou conexão. Bacana, né?!

Para fazer uso desse serviço, tudo o que você precisa é checar, antes de ir ao aeroporto, se eles contam com um longe kid-friendly e como garantir acesso a ele. Ser passageiro frequente de uma companhia membro de uma aliança aérea é uma ótima ideia. Já ouviu falar da “oneworld”? A mais famosa aliança de companhias aéreas da América Latina dá acesso a mais de 650 salas VIP em todo o mundo, dependendo do status do seu cartão. Vale a pena ficar de olho!

2. Escolha seu lugar com antecedência
Quem viaja bastante sabe que muitas companhias aéreas permitem que os passageiros escolham os assentos online no momento da reserva, garantindo conforto e cortando um item da sua lista de tarefas no dia do embarque. Por isso, além de escolher assentos que possam ser mais confortáveis ou até distrair os pequenos (a maioria deles adora sentar na janela!) verifique se existe algum privilégio para quem vai viajar com crianças pequenas, como espaço maior entre as cadeiras ou poltronas na saída de emergência.

3. Anote todas as informações do voo
Aeroportos lotados e grandes filas podem deixar as crianças pequenas ainda mais irritadas. Portanto, é fundamental que você verifique com antecedência de onde decola o seu voo.  Lembre-se que muitos terminais são distantes e é necessário pegar um ônibus ou trem para chegar ao seu portão de embarque. Saber exatamente quais são e para onde ir evita que você se atrase ou faça percursos desnecessários. Os sites dos aeroportos normalmente contam com essas informações detalhadas. Anote tudinho!

thinkstockphotos-4880808341

4. Reserve o menu das crianças
Em voos internacionais, a maioria das companhias aéreas permite que os passageiros selecionem um menu para crianças. E o melhor: esse privilégio pode ser reservado antes mesmo de embarcar! Só quem tem filhos pequenos sabe como muitos torcem o nariz para as comidas de avião. Para evitar momentos de estresse e prevenir que os pequenos abram o maior berreiro, os menus infantis são uma boa pedida, uma vez que são especialmente selecionados para agradar o paladar dos jovens e crianças.

No caso das papinhas e mamadeiras, não tenha vergonha de pedir para que a tripulação as aqueça pra você. Só peça essa gentileza antes do serviço de bordo para não atrapalhar os comissários com os demais passageiros.

5. Sugira diferentes formas de entretenimento
Baixe jogos novos para tablet e videogame para distrair as crianças quando necessário, mas não deixe que elas passem a viagem inteira grudadas na tela. Livros, lápis de cor, jogos de memória, dominó, cartas, tudo isso pode entretê-lo. Só não leve brinquedos barulhentos ou que tenham potencial pra fazer sujeira, como massinhas e gelecas. Afinal, é preciso pensar no conforto dos outros passageiros, lembra?

6. Acerte na mala de mão
Ao viajar com crianças, é fundamental ficar com as mãos sempre livres. Por isso, prefira mochila em vez de bolsa na hora de montar sua mala de mão. Nela, coloque pelo menos duas trocas de roupa, paninhos para a boca, fraldas (considere o tempo de voo e eventuais atrasos na hora de contar a quantidade!), trocador, lenços umedecidos, remédios, casacos e um manta para proteger os pequenos do ar-condicionado. Lembre-se também de levar as mamadeiras já prontas com a fórmula (sem a água), além de uma outra varia para dar água ou suco do serviço de bordo.

7. Tenha guloseimas sempre por perto
Não conte só com os petiscos que serão servidos no avião. Levar um pacote da bolacha preferida do seu filho, salgadinhos, barrinhas de cereais e frutas secas podem ser um grande truque na hora de acalmar aqueles momentos de birra. Tudo isso pode entrar no avião, desde que as embalagens estejam fechadas!

Dicas anotadas? Tenho certeza que esses pequenos cuidados são deixar sua viagem muito mais tranquila e suas férias bem mais prazerosas!

Bjs,
Fabi Scaranzi

*Fonte: