3 modalidades de luta pra você praticar já na academia

Pensando em trocar a academia por uma luta marcial? Conheça as três modalidades mais comuns entre as mulheres e escolha a que mais se adequa ao seu objetivo

0 1251

299f90d55edb921b63d9749213eb41f5cb5f2079

Já notou como a mulherada tem trocado cada vez mais os treinos de musculação pelas lutas marciais? E não é só por “modinha” ou influência de celebridades como Sabrina Sato e Giovanna Ewbank, não. Alessandro Brufato, personal trainer e professor da academia Bio Ritmo garante que diferentes tipos de luta trazem diferentes benefícios tanto para a saúde, quanto para o físico, além de melhorar as relações sociais. “Esses esportes melhoram a sociabilização, a autoconfiança, a “arte” de fazer amigos e o incentivo a práticas saudáveis”, explica.

Mas pra quem não está acostumada a incluir a luta na rotina de exercícios, fica até difícil escolher qual é a melhor modalidade para o seu objetivo, né? Conversando com Alessandro, descobri que três tipos de luta são mais populares entre as mulheres: Boxe, Muay Thai e Jiu Jitsu. Abaixo, ele conta os benefícios de cada uma delas, para quem é indicada e com que frequência devem ser realizadas. Aí, é só escolher a que melhor se adequa a você e correr fazer a matrícula na academia.

Boxeshutterstock_231351523-20160122170947

Benefícios para a saúde: Precisando aliviar o stress? Então aposte fundo no boxe! “Esse tipo de luta ainda melhora o condicionamento físico já que faz um trabalho cardiorrespiratório excelente”, diz o professor. O boxe exercita também nossa coordenação motora, o foco e a concentração, resultando em melhores rendimentos no trabalho. Bom, né?
Benefícios para o físico: De acordo com Alessandro, é através do boxe que você reduz significativamente seu percentual de gordura, melhora a resistência muscular e define as regiões do abdômen e dos membros superiores. Oba!
Para quem é indicado: “Costumo dizer que o boxe se adequa a qualquer pessoa, dos 8 aos 80. As únicas pessoas que devem evitar essa atividade são aquelas que têm algum problema articular ou cardíaco”, diz.
Com que frequência deve ser praticado: Alessandro recomenda a prática dessa luta de duas a três vezes por semana, em dias alternados para que as musculaturas trabalhadas tenham um bom tempo de recuperação.
Em quanto tempo os resultados começam a aparecer: Em média, é possível ver os efeitos do boxe de três a seis meses praticando o exercício regularmente, unindo-o sempre com uma alimentação balanceada e hábitos de vida saudáveis.

Muay Thaymuay-thai-feminino-treino

Benefícios para a saúde: Por ser uma atividade aeróbica, ela trabalha excessivamente o condicionamento físico. A luta marcial ainda auxilia o psicológico já que dentro das regras da luta, você aprende a encara o adversário ou até mesmo os desafios e dificuldades sociais e profissionais.
Benefícios para o físico: Esse tipo de luta é famoso por usar oito armas de combate: os punhos, cotovelos, joelhos e canelas. Por isso, dá pra imaginar como as aulas (que duram de 1h a 1h30) são dinâmicas e trabalham bem todas as áreas do corpo, né? A sequência de golpes, além de outros exercícios físicos, como corrida, flexões e abdominais são ótimos para fortalecer toda a musculatura e definir o corpo. Sabia que é possível perder até mil calorias por aula?
Para quem é indicado: A mulher que pratica Muay Thai é aquela que precisa liberar as energias e as tensões do dia-a-dia, além de trabalhar na liberação natural de GH, o famoso hormônio da longevidade. Quem quer ganhar força e estabilidade muscular na cintura, abdômen e lombar deve procurar já esse tipo de luta já que ela aumenta sua capacidade de praticar exercícios “sem cansar”, ajudando, inclusive nos esforços diários, como carregar compras, levar a mochila das crianças, tirar as sacolas do porta-malas…
Com que frequência deve ser praticado: De acordo com o personal, lutando três vezes por semana e seguindo uma alimentação saudável e balanceada à risca com uma nutricionista dá para secar mais de 4 kg por mês. Já pensou?
Em quanto tempo os resultados começam a aparecer: Depois de uma aula com duração de 60 a 90 minutos e com repetições de golpes de 20 a 30 vezes em sacos de areia e com movimentos ensaiados, é fácil começar a notar os resultados. A aula é puxada, você sua muuuuito e as mais de mil calorias gastas em uma única aula começam a surtir efeito na perca de medidas em poucas semanas.

Jiu Jistutumblr_static_bkrp4pxv3agoow0k8oc4og08k

Benefícios para a saúde: Em especial para as mulheres, essa modalidade de luta acelera o metabolismo e aumenta a resistência do organismo, melhora a capacidade cardiovascular e respiratória, aumenta a flexibilidade, os reflexos, a coordenação motora, além de ajudar no controle emocional e acalmar os ânimos e desinibir os mais tímidos.
Benefícios para o físico: “Além de reduzir o percentual de gordura e melhorar a resistência e força muscular, por se tratar de uma luta que tem o chão como base de treinamento, são utilizados exercícios de alongamento, melhorando a flexibilidade para que seja possível realizar movimentos de ataque e defesa”, explica Alessandro Brufato.
Para quem é indicado: Por ser um exercício de aquecimento e em maior parte aeróbico, o Jiu Jitsu exige habilidade. Para quem quer trabalhar principalmente a área do abdômen, esse tipo de luta é uma boa pedida.
Com que frequência deve ser praticado: O personal recomenda a prática do Jiu Jitsu de duas a três vezes por semana, em dias alternados. Assim você vê resultados sem forçar demais a musculatura.
Em quanto tempo os resultados começam a aparecer: Sabia que em cada aula é possível perder de 750 a 1.500 calorias? Por isso, Alessandro garante: “de quatro a seis meses já é possível perder as gorduras em excesso”.

E aí, pronta pra colocar as luvas e partir pra luta?

Bjs,
Fabi Scaranzi