Cansada do seu trabalho? Veja como não perder a motivação

Se sentindo cansada ou frustrada de fazer todo dia a mesma coisa no trabalho? Veja como recuperar a motivação, dar uma guinada na vida e volta a amar o que faz

0 1646

    Burnout-Belgique-dépression-travail-maladie-FEB-1024x683

    Não é todo dia que a gente ama nosso trabalho. Às vezes bate um certo desânimo, uma vontade de jogar tudo pro alto, tirar longas férias, começar algo novo… é normal! O sinal vermelho aparece quando você se vê deprimida todo domingo à noite pensando na semana que está pra começar, ou sente aquela injeção de ânimo ao final de cada expediente. Afinal, tudo indica que você está cansada do próprio trabalho, ou até pior: está infeliz!

    Se pra você é praticamente impossível pensar no seu trabalho como uma maneira de se sentir motivada, feliz e até valorizada pela sua competência e contribuição, está na hora de reavaliar seu posicionamento ou até reconsiderar se esse cargo ou empresa é mesmo a melhor opção pra você.

    O primeiro passo, de acordo com José Roberto Marques, presidente do Instituto Brasileiro de Coaching, é identificar os fatores responsáveis por essa insatisfação e infelicidade no trabalho, especialmente porque, em muitos casos, a solução pode surgir a partir de uma conversa franca com o gestor. “O mais comum é encontrar profissionais infelizes no trabalho por não terem escolhido a profissão que gostariam, mas que sofreram pressão para seguir carreiras pelas quais não sentiam nenhuma identificação”, explica.

    Seja para começar do zero ou encontrar novos motivos para morrer de amores pelo seu antigo emprego novamente, separei dicas infalíveis pra você acordar motivada para trabalhar todos os dias.

    1. Analise sua vida como um todo: Se algo na sua família, no amor, na sua conta bancária ou na sua saúde não vai bem, além de tirar o seu sono, você corre o risco de perder a concentração e o ânimo para trabalhar. Entenda que tudo está interligado e uma simples mudança pode interferir em todos os campos da sua vida.

    2. Procure novos significados para o seu emprego atual: “Comece a olhar para o seu trabalho de um jeito diferente, dando um novo significado para a sua função. Muitas vezes, permanecemos com o foco voltado para algo negativo e acabamos não percebendo o que há de bom na mesma situação”, diz o coaching José Roberto Marques.

    3. Tente uma mudança interna de cargo: Pra muita gente, o problema não está nas funções em si, mas nos colegas de trabalho ou até no chefe. Se esse for o seu caso, confira com o pessoal do RH se existem outras vagas abertas e se você tem as aptidões necessárias para assumir esse novo cargo. O “não” você já tem! Caso a resposta seja negativa, fica mais fácil decidir o que fazer a seguir.

    Resultado de imagem para mulher sendo promovida no emprego

    4. Avalie se aquele ambiente de trabalho é o ideal pra você: Preste atenção nos seus valores e principalmente, no seu comportamento pessoal. Uma pessoa tímida dificilmente se dará bem numa empresa que presa a criação em equipe, da mesma forma que quem morre de medo de se apresentar em público, vai odiar trabalhar numa empresa em que os projetos precisem ser apresentados diante de uma grande plateia.

    5. Solucione problemas de relacionamento: “Tente se aproximar dos colegas com quem você tem mais afinidade, estreite laços e fortaleça as relações interpessoais. Isso te ajudará a lidar melhor com os colegas que você não tem afinidade e até mesmo ignorar possíveis desavenças”, diz o expert. Saber que você vai encontrar grandes amigos todos os dias, com certeza vai deixar seu trabalho mais animado e interessante. Quem tem amigos tem tudo!

    6. Inspire-se em filmes e séries: Você não é a única que se sente cansada ou infeliz no próprio trabalho. A boa notícia é que existem vários personagens da ficção com frases ou situações tão inspiradoras que podem, sim, transformar a sua carreira. Alguns exemplos? Filmes como: “O Diabo Veste Prada”, “Um Senhor Estagiário”, ou séries como “Grey’s Anatomy” e “Scandal” são boas opções. Depois de uma sessão “cineminha”, anote as frases e comportamentos que chamaram a sua atenção e tente incluí-los na sua vida profissional, sempre de forma positiva.

    Resultado de imagem para grey's anatomy

    6. Não deixe suas redes socais “às moscas”: a premissa de que quem não é visto, não é lembrado, é verdadeira! Deixe seu currículo sempre atualizado no LinkedIn e interaja em redes sociais, como Instagram, Twitter e Facebook. Mas sempre de forma positiva, hein? Nada de ficar postando reclamação do trabalho. Além de ser desrespeitoso, a atitude pega mão e queima seu filme diante de novas oportunidades.

    7. Participe de palestras, cursos, workshops: Às vezes, tudo o que você precisa é pensar um pouco fora “da caixa” para se apaixonar novamente pelo seu trabalho. Que tal então se inscrever em palestras e workshops, tanto online, quanto presenciais? Além de aprender um pouco mais sobre aquela carreira que te encantou lá atrás, você conhece gente nova, frequenta lugares diferentes… e o melhor: muitas delas são de graça e você ainda tem a chance de fazer um networking interessante!

    8. Tire férias e faça uma viagem bem diferente: Será que você não está cansada de fazer todo dia a mesma coisa? Nessas horas, viajar para um lugar completamente desconhecido pode agir como uma boa injeção de ânimo e mais: aumentar sua imaginação e criatividade. Além de conhecer novas pessoas, novas culturas, gastronomias e costumes diferentes, tire esse tempo para pensar como você gostaria de voltar, quais habilidades emocionais deseja aprimorar e avaliar do que sente falta no trabalho nesses dias que passou fora. Essa autorreflexão ajuda muito.

    9. Organize suas finanças: Não dá pra pensar em jogar tudo pro alto se você não tiver uma boa reserva financeira para garantir sua segurança enquanto não encontra um novo trabalho. Antes de tomar qualquer atitude drástica, monte uma planilha online e anote todos os seus gastos diários, até mesmo aquela balinha que você comprou no semáforo. Tente fazer uma reserva financeira que lhe sustente pelos próximos seis meses. Assim, você consegue pagar suas contas sem crise até se estabilizar numa nova empresa.

    contas

    10. Mude de carreira com segurança e assertividade: “Se você chegar à conclusão de que o melhor a ser feito é mudar de carreira, faça isso de forma planejada e assertiva. Procure um Coach de Carreiras para que você possa fazer esta transição com segurança tanto financeira quanto profissional”, explica José Roberto Marques.

    Lembre-se que nunca é tarde para recomeçar e não há vergonha nenhuma em pedir ajuda. Seu trabalho faz parte da sua vida e não deve ser motivo de frustração. Você merece ser feliz!

    Bjs,
    Fabi Scaranzi