Fechar
Fabiana Scaranzi
Menu
 1360
Ter um plano B na carreira nem sempre é uma boa ideia
O plano B passa segurança ou te deixa acomodada na carreira? Descubra o que pesquisadores europeus descobriram sobre o famoso “plano backup”

Mulher2

A intensão é boa e passa segurança: você cria um plano B de carreira, caso não consiga alcançar seus objetivos no trabalho. Assim, se você não conseguir a promoção que deseja ou até se for demitida inesperadamente, você não se vê obrigada a começar do zero.

Esperto, né? Nem tanto! Psicólogos europeus se reuniram em um estudo e descobriram que quem tem o famoso “plano backup”na carreira acaba sabotando seus objetivos reais já que eles acomodam e desmotivam você a correr atrás dos seus verdadeiros sonhos.

Entendendo a pesquisa
Pesquisadores da Universidade de Zurique, na Suíça, publicaram recentemente suas conclusões sobre esse estudo que avaliou o efeito da presença dos planos B na vida dos profissionais europeus. O diretor da pesquisa, Christopher Napolitano afirma que “quem tem planos de backup na carreira muda a maneira de perseguir seus objetivos, mesmo que nunca cheguem a usá-los”.

O efeito, porém, muda de acordo com a pessoa e a situação. Enquanto para uns o famoso plano B dá segurança e torna o indivíduo mais eficaz na corrida pelo sucesso, para a maioria dos participantes da pesquisa, eles minimizam o esforço do profissional em trabalhar em busca da promoção tão esperada.

É essa sensação de acomodamento e de ele não precisa “se preocupar demais e trabalhar duro”, que ele vê na segunda opção de carreira um plano de fuga caso não tenha sucesso na profissão escolhida. Entretanto, mesmo que o plano B garanta um curto período de desemprego e retomada na busca por um novo trabalho, não vai demorar pra que o profissional se veja mergulhado em uma carreira que não o satisfaça profissionalmente, levando a casos futuros de ansiedade, sensação de impotência e incapacidade, baixa autoestima e até depressão.

Prós e contras do plano B. O que vale mais a pena?
Assim como na carreira, é possível presenciar os efeitos negativos do plano B em questões afetivas da vida, como o casamento e o divórcio. Um estudo americano revelou que casais que não compartilham uma conta bancária, por exemplo, porque acreditam que vale a pena manter um dinheiro a parte caso eles não estejam mais juntos no futuro, estão muito mais propensos ao divórcio de fato.

Porém, a sugestão não é viver na “adrenalina” e torcer pra que nenhuma dificuldade apareça no caminho. A ideia de criar uma reserva financeira para a família, guardar economias para a faculdade dos filhos, para a troca de carro ou até mesmo para viver com conforto depois da aposentadoria é mais do que recomendada.

No campo profissional, nada impede você de se inscrever em cursos para melhorar suas habilidades na profissão e tornar seu currículo mais completo, aumentar sua rede de contatos e até fazer alguns trabalhos de freelancer se tiver um tempinho de sobra e a empresa permitir. Essa sensação de segurança, principalmente em tempos de crise, assegura você a deitar a cabeça no travesseiro e dormir em paz, mesmo que cortes no trabalho aconteçam na semana seguinte.

O plano B só não é visto com bons olhos quando passam a interferir diretamente no desempenho do profissional. A sensação de conforto que eles transmitem, acabam abalando a motivação necessária para concluir suas funções com êxito e até a melhorar seu rendimento, coisa que não acontece com aqueles que veem o emprego atual como chance única de sucesso.

Pra você, o plano B na carreira passa segurança ou acaba deixando o profissional acomodado e sem pretensões de crescer profissionalmente?

Conte sua opinião nos comentários!

Bjs,
Fabi Scaranzi


FAB PRODUÇÕES
BIOGRAFIA
PALESTRAS
APP VIVO MULHER
Stay Connected
Instagram
Instagram
Instagram
Instagram
Instagram
Instagram
Instagram
Instagram
Instagram
  • Mulheres muito além do salto alto
  • Albert Einstein
Fabiana Scaranzi
© Copyright 2017 - Fabiana Scaranzi. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido ou usado, exceto com a permissão prévia por escrito. Site by Miss Lily

Fabiana Scaranzi

Site feminino, com notícias, beleza, moda, saúde e bem-estar.

Coaching, Viagens, Vídeos, Como Fazer, Mundo Scaranzi

Por Fabiana Scaranzi

Miss Lily Comunicação