Seu estilo de vida está envelhecendo você? Descubra já!

Um estudo garante que uma alimentação errada e a falta de exercício físico influenciam na velocidade com que a gente envelhece. Saiba mais!

0 1044

fabi estilo de vida

Será que as escolhas que fazemos diariamente para o nosso estilo de vida interferem diretamente na velocidade com que envelhecemos? Um estudo realizado pela Clínica Mayo, nos Estados Unidos garante que sim. Não é novidade que uma dieta pouco saudável e o sedentarismo são fatores de risco para a obesidade. Entretanto, a ciência comprovou que esses maus hábitos também são responsáveis pelo nosso envelhecimento precoce. Isso é, o que comemos e o quão ativos fisicamente somos, influenciam diretamente na rapidez com que envelhecemos. Alarmante, né?

Entenda o estudo
A pesquisa começa a partir de um estudo mais aprofundado sobre as células senescentes. Parece complicado, né, mas eu explico: senescência nada mais é do que o processo natural de envelhecimento das nossas células ou o conjunto de fenômenos associados a este processo.

Aí, fica fácil entender como isso acontece diariamente, uma vez que as nossas células são submetidas frequentemente por níveis de estresse, além de agressões de agentes externos, como excesso de sol, produtos químicos, poluição, inflamações… As células continuam crescendo e se dividindo desde que permaneçam saudáveis e tenham um DNA intacto. Entretanto, quando o estresse ou dano se torna “pesado” demais, elas param o processo de divisão e multiplicação para se recuperar das agressões sofridas, atrasando o processo natural. E mais: se essa fase de recuperação não for bem-sucedida, a célula morre ou perde sua capacidade de se dividir, se tornando improdutiva. Ruim, né?

O problema descoberto pelo estudo é que elas células senescentes mostraram contribuir para o aparecimento de doenças e condições associadas à idade – como artrite e até síndrome de Werner (doença que faz com que o portador envelheça 5 a 10 vezes mais rapidamente que o normal) – provando que um estilo de vida nada saudável pode acelerar o nosso processo de envelhecimento significativamente.

A importância da dieta saudável e dos exercícios físicos
Pesquisadores do Centro de Envelhecimento Robert and Arlene Kogod, nos Estados Unidos, dividiram ratos em dois grupos para certificar o estudo. Enquanto um dos grupos passava por uma dieta normal e saudável, o outro se submeteu pelo o que eles chamaram de “dieta fast food” – rica em gordura saturada, colesterol e açúcar. O resultado? Os ratos da dieta fast food apresentaram mudanças perigosas nos parâmetros de saúde, como o peso corporal e índice glicêmico. A quantidade de gordura chegou a aumentar quase 300% ao longo dos quatro meses.

A grande surpresa do estudo, porém é que os ratos apresentaram melhorias significativas na saúde depois que passaram a fazer exercícios. Apesar da má alimentação, a presença das atividades físicas os protegeram contra o acúmulo das células de envelhecimento. “Acreditamos que tanto em nível biológico, como em nível clínico, escolhas nutricionais fracas e estilo de vida inativo aceleram o envelhecimento”, diz Nathan LeBrasseur, Ph.D., diretor do Centro de Vida Saudável e Programa Independente de Envelhecimento. “As pessoas precisam lembrar que mesmo que você não tenha o diagnóstico de diabetes ou doença cardiovascular ou uma doença como o Alzheimer atualmente, quando estiver na meia-idade, a biologia presente nesses processos estará potencializada”.

O que você pode fazer
Não sabe por onde começar para colocar sua saúde nos eixos e adotar um estilo de vida saudável? Basta pensar quantas vezes você trocou a fruta por um brigadeiro ou uma saladinha por uma porção de batatas-frias e, principalmente, quantas vezes desistiu da academia ou da aula de bike pra dormir até tarde.

Coloque essas adaptações na sua lista de coisas pra fazer, assim como as reuniões de trabalho ou revisões do carro. A partir do momento que você vê o estilo de vida saudável como uma “obrigação”, fica mais fácil se acostumar com ele, até que essas escolhas mais assertivas se tornem naturais e nem um pouco “sofridas”. O resultado? Você vai se sentir melhor fisicamente, mentalmente e emocionalmente, além de garantir uma aparência jovem por muito mais tempo.

Bora começar?

Bjs,
Fabi Scaranzi